Portal:Tanzânia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Bem vindo ao
Portal da Tanzânia
School kids in Tanzania.jpgLake Duluti.jpgMarangu.jpgStone Town-2.jpg
Tanzania Portal
Cartella verde.jpg
Brosen windrose-fr.svg
ver    
Flag of Tanzania.svg
Coat of arms of Tanzania.svg
LocationTanzania.svg

A Tanzânia ou Tanzania (em suaíli, Tanzania), oficialmente República Unida da Tanzânia (em suaíli, Jamhuri ya Muungano wa Tanzania) é um país da África Oriental, limitado a norte pelo Uganda e pelo Quénia, a leste pelo Oceano Índico, a sul por Moçambique, pelo Malaui e pela Zâmbia, e a oeste pelo Burúndi, por Ruanda e pela República Democrática do Congo (fronteira exclusivamente lacustre, através do lago Tanganica). Ademais de sua parte continental, a Tanzânia inclui o arquipélago de Zanzibar, no Oceano Índico.

A República Unida da Tanzânia é um estado unitário composto por 26 regiões. O atual chefe de estado é o presidente Jakaya Kikwete, eleito em 2005. A capital é Dodoma, sede oficial do governo e do parlamento. Entre a independência e 1996, Dar es Salaam, a maior cidade do país, foi a capital, e continua sendo a principal cidade e o local de facto da maioria das instituições governamentais.

O nome Tanzania é um portmanteau de "Tanganica" e "Zanzibar". Os dois estados foram unidos em 1964, formando a República Unidade de Tanganica e Zanzibar, que posteriormente no mesmo ano foi renomeado para o atual nome.




Artigo selecionado

AngloZanzibarWar.jpg
A Guerra Anglo-Zanzibari foi um conflito militar travado entre Reino Unido e Zanzibar em 27 de agosto de 1896, que durou aproximadamente quarenta minutos, sendo a guerra mais curta na história. Sua causa imediata foi a morte do sultão pró-britânico Hamad bin Thuwaini e a subsequente sucessão do Sultão Khalid bin Barghash. As autoridades britânicas preferiam Hamud bin Muhammed, mais favorável a eles, como governante. Uma condição para a ascensão ao sultanado era que o candidato tivesse a permissão do cônsul britânico, e Khalid não havia cumprido esse requisito. Os britânicos consideraram este um casus belli e enviaram um ultimato para Khalid exigindo que ele ordenasse suas tropas a deixar o palácio. Em resposta, Barghash mobilizou sua guarda palaciana e montou uma barricada dentro da morada.

O ultimato expirou às 9h (fuso horário local), quando os britânicos reuniram três cruzadores, dois navios de guerra, 150 fuzileiros navais e marinheiros e 900 zanzibaris na área portuária. A Marinha Britânica esteve sob o comando do Contra-almirante Harry Rawson, enquanto seus zanzibaris foram comandados pelo general-de-brigada Lloyd Mathews do exército nacional. Do outro lado, cerca de 2800 zanzibaris defenderam o palácio. Os defensores possuíam várias peças de artilharia e metralhadoras que foram postas em frente ao palácio. O palácio foi bombardeado e uma pequena ação naval teve lugar com os britânicos afundando um iate real zanzibari e dois barcos menores, e alguns tiros foram disparados ineficazmente contra as tropas zanzibaris pró-britânicas. As forças do sultão totalizaram aproximadamente quinhentas baixas, enquanto apenas um marinheiro britânico foi ferido. Hamad escapou para Tanganica e os britânicos rapidamente colocaram Hamud no poder à frente de um governo fantoche. A guerra marcou o fim de Zanzibar como um estado soberano e o início de um período de forte influência britânica.

Mais artigos selecionados Leia mais...


Biografia selecionada

Imagem selecionada

Sabia que?

  • ... que as Cataratas Rusumo adquiriram repercussão internacional durante o genocídio de Ruanda em 1994 visto que milhares de cadáveres fluíram por baixo da ponte, enquanto um fluxo simultâneo de refugiados a atravessavam fugindo para a Tanzânia para escapar dos combates?
  • ... que a Guerra Anglo-Zanzibari, considerada a guerra mais curta da história, durou cerca de quarenta minutos?
  • ... que os membros da comunidade chimpanzé Kasakela foram os primeiros animais não-humanos observados fazendo ferramentas?



WikiProjetos

Categorias

Como colaborar

Colabore!

Agradecemos o seu interesse por ampliar e melhorar os artigos relacionados com a Tanzânia na Wikipédia! Abaixo algumas coisas que esperam a sua colaboração.

Predefinições


Associados Wikimedia

Tanzânia no Wikinotícias     Tanzânia no Wikiquote     Tanzânia no Wikilivros     Tanzânia no Wikisource     Tanzânia no Wikcionário     Tanzânia na Wikiversidade     Tanzânia no Wikivoyage     Tanzânia no Commons
Notícias Citações Livros didáticos e manuais Biblioteca Definições Recursos de aprendizado Guias de viagem Imagens e mídia
https://pt.wikinews.org/wiki/Special:Search/Tanz%C3%A2niaWikinews-logo.png
https://pt.wikiquote.org/wiki/Special:Search/Tanz%C3%A2niaWikiquote-logo.svg
https://pt.wikibooks.org/wiki/Special:Search/Tanz%C3%A2niaWikibooks-logo.png
https://pt.wikisource.org/wiki/Special:Search/Tanz%C3%A2niaWikisource-logo.svg
https://pt.wiktionary.org/wiki/Special:Search/Tanz%C3%A2niaWiktionary-logo.svg
https://pt.wikiversity.org/wiki/Special:Search/Tanz%C3%A2niaWikiversity-logo.svg
https://pt.wikiversity.org/wiki/Special:Search/Tanz%C3%A2niaWikivoyage-Logo-v3-icon.svg
//pt.wikipedia.org/wiki/Especial:Search/Commons:Tanz%C3%A2niaCommons-logo.svg

Recarregar