Portal:Tanzânia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bem vindo ao
Portal da Tanzânia
School kids in Tanzania.jpgLake Duluti.jpgMarangu.jpgStone Town-2.jpg

Conteúdo · Temas gerais · Resumo do conhecimento · Portais · Categorias · Listas · Glossários · Índices · Índice A-Z

Tanzania Portal
Cartella verde.jpg
Brosen windrose-fr.svg
ver    
Flag of Tanzania.svg
Coat of arms of Tanzania.svg
LocationTanzania.svg

A Tanzânia ou Tanzania (em suaíli, Tanzania), oficialmente República Unida da Tanzânia (em suaíli, Jamhuri ya Muungano wa Tanzania) é um país da África Oriental, limitado a norte pelo Uganda e pelo Quénia, a leste pelo Oceano Índico, a sul por Moçambique, pelo Malaui e pela Zâmbia, e a oeste pelo Burúndi, por Ruanda e pela República Democrática do Congo (fronteira exclusivamente lacustre, através do lago Tanganica). Ademais de sua parte continental, a Tanzânia inclui o arquipélago de Zanzibar, no Oceano Índico.

A República Unida da Tanzânia é um estado unitário composto por 26 regiões. O atual chefe de estado é o presidente Jakaya Kikwete, eleito em 2005. A capital é Dodoma, sede oficial do governo e do parlamento. Entre a independência e 1996, Dar es Salaam, a maior cidade do país, foi a capital, e continua sendo a principal cidade e o local de facto da maioria das instituições governamentais.

O nome Tanzania é um portmanteau de "Tanganica" e "Zanzibar". Os dois estados foram unidos em 1964, formando a República Unidade de Tanganica e Zanzibar, que posteriormente no mesmo ano foi renomeado para o atual nome.




Artigo selecionado

Spice Islands (Zanzibar highlighted).svg
A Revolução de Zanzibar foi responsável pela deposição do sultão de Zanzibar e de seu governo de maioria árabe por revolucionários africanos em 1964. Um estado etnicamente diverso consistindo de uma pequena quantidade de ilhas situadas à costa leste de Tanganica, Zanzibar ganhou sua independência da Grã-Bretanha em 1963. No entanto, uma série de eleições parlamentares culminaram com a minoria árabe retendo o poder político herdado da época em que Zanzibar era um território ultramarino de Omã. Frustrados pela pouca representação no parlamento apesar de obterem 54% dos votos, o Partido Afro-Shirazi (PAS), de maioria africana se aliou ao Partido Umma, de inclinação esquerdista, e no começo da manhã do dia 12 de Janeiro de 1964 o membro do PAS John Okello mobilizou entre 600 e 800 revolucionários na ilha de Unguja. Tendo uma vez saqueado a polícia do país e se apropriado de suas armas, os insurgentes seguiram para a Cidade de Zanzibar, onde depuseram o sultão e seu governo. Represálias contra os civis árabes e austro-asiáticos na ilha se seguiram; a contagem de mortos é disputada, com estimativas variando de muitas centenas a 20000. O líder moderado do PAS Abeid Karume se tornou o novo presidente e chefe de estado do país e posições de poder também foram cedidas a membros do Partido Umma.

As aparentes simpatias comunistas do novo governo preocuparam o Ocidente e uma vez que Zanzibar se situava dentro da esfera de influência britânica, o governo britânico preparou uma série de planos de intervenção. Entretanto, a temida retomada comunista nunca se materializou e os cidadãos britânicos e americanos foram evacuados com sucesso, logo, tais planos nunca foram postos em prática. Enquanto isso, potencias do bloco comunista como a China, Alemanha Oriental e União Soviética estabeleciam relações amistosas com o novo governo, reconhecendo o país e enviando conselheiros. Karume negociou uma fusão de Zanzibar com Tanganica — um ato julgado pela mídia contemporânea como uma tentativa de prevenir a subversão comunista em Zanzibar. A revolução pôs fim a 200 anos de domínio árabe em Zanzibar e seu aniversário é comemorado todos os anos no arquipélago com celebrações e um feriado público.

Mais artigos selecionados Leia mais...


Biografia selecionada

Imagem selecionada

Dar es Salaam before dusk.jpg

Dar es Salaam, a maior cidade da Tanzânia. É também a cidade mais rica do país e um centro econômico regionalmente importante.

Sabia que?

  • ... que as Cataratas Rusumo adquiriram repercussão internacional durante o genocídio de Ruanda em 1994 visto que milhares de cadáveres fluíram por baixo da ponte, enquanto um fluxo simultâneo de refugiados a atravessavam fugindo para a Tanzânia para escapar dos combates?
  • ... que a Guerra Anglo-Zanzibari, considerada a guerra mais curta da história, durou cerca de quarenta minutos?
  • ... que os membros da comunidade chimpanzé Kasakela foram os primeiros animais não-humanos observados fazendo ferramentas?



WikiProjetos

Categorias

Como colaborar

Colabore!

Agradecemos o seu interesse por ampliar e melhorar os artigos relacionados com a Tanzânia na Wikipédia! Abaixo algumas coisas que esperam a sua colaboração.

  • Ajude a manter este portal atualizado.
  • Dê suas sugestões, críticas ou elogios na página de discussão.
  • Crie artigos de destaque relacionados a esse país dando visibilidade ao assunto escolhido.
  • Adicione novas imagens na galeria.

Predefinições


Associados Wikimedia

Tanzânia no Wikinotícias     Tanzânia no Wikiquote     Tanzânia no Wikilivros     Tanzânia no Wikisource     Tanzânia no Wikcionário     Tanzânia na Wikiversidade     Tanzânia no Wikivoyage     Tanzânia no Commons
Notícias Citações Livros didáticos e manuais Biblioteca Definições Recursos de aprendizado Guias de viagem Imagens e mídia
https://pt.wikinews.org/wiki/Special:Search/Tanz%C3%A2niaWikinews-logo.png
https://pt.wikiquote.org/wiki/Special:Search/Tanz%C3%A2niaWikiquote-logo.svg
https://pt.wikibooks.org/wiki/Special:Search/Tanz%C3%A2niaWikibooks-logo.png
https://pt.wikisource.org/wiki/Special:Search/Tanz%C3%A2niaWikisource-logo.svg
https://pt.wiktionary.org/wiki/Special:Search/Tanz%C3%A2niaWiktionary-logo.svg
https://pt.wikiversity.org/wiki/Special:Search/Tanz%C3%A2niaWikiversity-logo.svg
https://pt.wikiversity.org/wiki/Special:Search/Tanz%C3%A2niaWikivoyage-Logo-v3-icon.svg
//pt.wikipedia.org/wiki/Especial:Search/Commons:Tanz%C3%A2niaCommons-logo.svg

Recarregar