Portal:Texas/Artigo em destaque

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Dallas, Texas Skyline 2005.jpg

Dallas (também Dalas) é a segunda maior cidade do estado americano do Texas e centro da mais populosa região metropolitana do Estado. Apenas Houston possui mais habitantes, embora sua região metropolitana seja menor do que a de Dallas. A região metropolitana de Dallas possui mais de 5,8 milhões de habitantes, abrigando aproximadamente de um de cada quatro habitantes do Texas. Dallas é a nona maior cidade do país. É a sede do Condado de Dallas, e a maior parte da cidade localiza-se dentro deste condado. Porém, certas partes da cidade de Dallas estendem-se em direção a quatro condados vizinhos: Collin, Denton, Kaufman e Rockwall.

Dallas foi fundada em 1841 por um comerciante e advogado, John Neely Bryan. Por três décadas a cidade pouco cresceu. Porém, durante a década de 1870, várias ferrovias conectaram a cidade com o resto do país, e Dallas tornou-se rapidamente um grande pólo ferroviário, o que muito estimulou seu crescimento económico e populacional. Actualmente, Dallas é uma cidade global gama. A economia da cidade continua a depender muito do sector de transportes. Dallas é o principal pólo ferroviário e aeroportuário da região centro-sul do Estados Unidos. Seu aeroporto é um dos aeroportos mais movimentados do mundo. Dallas, além disso, é o principal centro financeiro do Texas. (leia mais...)


Nueces River at Cotulla, TX IMG 0452.JPG

A batalha de Lipantitlán foi um enfrentamento entre o Exército Mexicano e insurgentes texanos, como parte da Revolução do Texas, ocorrido em 4 de novembro de 1835. O combate aconteceu na margem leste do Rio Nueces a três milhas da localidade de San Patricio, no atual estado do Texas, e em frente ao Forte Lipatintlán, que deu nome à batalha.

Após a vitória texana na Batalha de Goliad, restaram no Texas apenas duas guarnições mexicanas: Forte Lipantitlán, perto de San Patricio, e Misión Alamo, em San Antonio de Béxar. O comandante texano Philip Dimmitt temia que Lipantitlán pudesse ser usada como base para o exército mexicano retomar Goliad e, por isso, ordenou ao capitão Ira Westover que capturasse o forte.

Do lado mexicano, o comandante do Forte Lipantitlán, Nicolás Rodríguez, foi ordenado a assediar as tropas texanas em Goliad. Ele reuniu a maior parte de seus homens e partiu. As tropas inimigas não se cruzaram neste primeiro momento e os insurgentes chegaram antes a seu destino, San Patricio. Em 3 de novembro, um homem local convenceu a guarnição mexicana a se render, e no dia seguinte os texanos desmantelaram o forte. (leia mais...)


Sam Houston at San Jacinto.jpg

A Revolução do Texas ou Guerra de Independência do Texas foi um confronto militar entre o México e colonos na porção texana do estado mexicano de Coahuila y Tejas. A guerra ocorreu de 2 de outubro de 1835 a 21 de abril de 1836, embora as hostilidades no mar tenham se prolongando até 1840.

Descontentes com a política cada vez mais centralizadora do presidente Antonio López de Santa Anna, vários estados mexicanos se revoltaram. No Texas, os colonos de língua inglesa (chamados de texians) iniciaram uma pequena revolta que culminou com a batalha de Gonzales, marco inicial da revolução. A vitória dos texanos neste primeiro combate teve importante significado político, motivando outros insurgentes da região na criação do Exército Texano.

Após os sucessos iniciais dos revoltosos em La Bahía e no cerco de Béxar, os texanos se depararam com uma esmagadora ofensiva mexicana nas mesmas posições, alguns meses depois, comandada pessoalmente pelo presidente Antonio López. Mas o êxito do exército mexicano foi interrompido por uma inesperada derrota na decisiva batalha de San Jacinto, na qual, em apenas 18 minutos, o Exército Texano liderado pelo General Sam Houston venceu os mexicanos e capturou Antonio López. (leia mais...)


Presidio La Bahía.jpg

A Batalha de Goliad foi o segundo combate da Revolução do Texas. Nas primeiras horas da manhã de 10 de outubro de 1835, colonos texianos rebeldes atacaram os soldados do Exército Mexicano guarnecidos em Presidio La Bahía, um forte próximo ao assentamento de Goliad, no Texas Mexicano. La Bahía estava localizada no caminho entre a única outra grande guarnição de soldados mexicanos (em San Antonio de Béxar) e o principal porto do Texas, na Baía de Copano.

Em setembro, os texanos começaram a planejar o sequestro do General mexicano Martín Perfecto de Cos, que estava en route a Goliad para tentar suprimir o tumulto no Texas. O plano foi inicialmente rejeitado pelo comitê central que coordenava a rebelião. No entanto, alguns dias após da vitória texana na Batalha de Gonzales, o Capitão George Collingsworth e membros da milícia texana em Matagorda começaram a marchar rumo a Goliad. Os texanos logo perceberam que Cos e seus homens já haviam partido para San Antonio de Béxar, porém continuaram a marcha. (leia mais...)


Montage Houston.jpg

Houston (pronúncia /ˈhjuːstən/) é a quarta maior cidade dos Estados Unidos da América e a maior cidade do estado do Texas. De acordo com as estimativas do censo de 2009, a cidade tem uma população de 2,2 milhões de habitantes, dentro de uma área de 1.600 km². Houston é a sede do condado de Harris e o centro econômico da área metropolitana da Grande Houston — a sexta maior do país, com uma população de cerca de 5 milhões de pessoas.

Houston foi fundada em 30 de agosto de 1836 pelos irmãos Augustus Chapman Allen e John Kirby Allen junto à baía de Búfalo. A cidade foi incorporada em 5 de junho de 1837, tendo recebido o nome do então presidente da República do Texas, General Sam Houston, que comandou a Batalha de San Jacinto, que ocorreu a 40 quilômetros a leste de onde a cidade foi estabelecida. A crescente atividade portuária e a indústria ferroviária, combinadas à descoberta do petróleo em 1901, induziram ao rápido aumento da população da cidade. Na metade do século XX, Houston passou a comportar o Texas Medical Center — o maior aglomerado de instituições médicas e de pesquisa do mundo — e o Lyndon B. Johnson Space Center da NASA, onde está o Centro de Controle de Missões. (leia mais...)