Porto (empresa)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Porto
Porto
Razão social Porto Seguro S.A.
Empresa de capital aberto
Cotação B3PSSA3
Atividade Serviços Financeiros
Gênero Sociedade anônima
Fundação 27 de agosto de 1945 (77 anos)
Fundador(es)
  • José Alfredo de Almeida
  • José da Cunha Júnior
  • José Andrade de Sousa
Sede São Paulo, SP, Brasil
Presidente Roberto Santos
Empregados +13 000 (2021)[1]
Produtos
Valor de mercado Aumento R$ 13,5 bilhões (dez/21)[1][2]
Ativos Aumento R$ 41,6 bilhões (2021)[1]
Lucro Baixa R$ 1,5 bilhão (2021)[1]
LAJIR Baixa R$ 1,7 bilhão (2021)[1]
Faturamento Aumento R$ 21,6 bilhões (2021)[1]
Website oficial www.portoseguro.com.br
  • Notas de rodapé / referências
  • [1][2]

A Porto (anteriormente Porto Seguro Seguros)[3] é uma holding brasileira fundada em 1945. A atuação da empresa se baseia em três verticais de negócios: Porto Seguros, Porto Saúde e Porto Seguro Bank.[4]

Além de 11,7 milhões de clientes únicos, 13 mil funcionários, 12 mil prestadores de serviço e 36 mil corretores independentes,[1] a empresa conta ainda com 101 sucursais e escritórios regionais em todo o Brasil. Ao todo, 27 empresas fazem parte do universo Porto Seguro – entre elas: Azul Seguros, Itaú Seguros de Auto e Residência, Porto Seguro Saúde, Porto Seguro Serviços e Porto Seguro Uruguai.[4] Em 2021, o lucro líquido da companhia foi de R$ 1,54 bilhão.[1]

História[editar | editar código-fonte]

A empresa foi fundada em 27 de agosto de 1945 por iniciativa de José Alfredo de Almeida, José da Cunha Júnior e José Andrade de Souza. No início, a Porto Seguro atuava em operações de seguro e resseguros e estava posicionada como a 44ª companhia de seguro do país.[5]

Em 1972, Abrahão Garfinkel, ex-diretor da Boa Vista Seguros e pai de Jayme Garfinkel, comprou a Porto Seguro. Na época, Jayme era assistente de diretoria na empresa. Após o falecimento do seu pai, Jayme assumiu o comando da seguradora.

A Porto Seguro ingressa no ramo de consórcio de automóveis em 1976. Em 1986, a companhia funda a Porto Seguro Vida e Previdência e começa a atuar no ramo de seguros de vida e previdência,[6] e em 1991, funda a Porto Seguro Saúde, empresa de planos de saúde privados.

Em janeiro de 2008, a Porto Seguro, em parceria com a rede de estacionamento Estapar, lança o projeto UseBike. As empresas emprestaram bicicletas em 22 estações do metrô e bicicletários na cidade de São Paulo e também ofereceram locais para o estacionamento das bicicletas.[7][5]

Matriz Porto em São Paulo/SP

Em 2009, a empresa lançou a campanha Trânsito+gentil para conscientização no trânsito e prevenção de acidentes.[8]

A Porto Seguro foi eleita pela Millward Brown, consultoria americana, a marca mais confiável entre os brasileiros, de acordo com a pesquisa “Além da Confiança” em 2010,[9] e eleita pela Revista Carta Capital a empresa mais admirada do Brasil no setor de seguros nos anos de 2011, 2012 e 2013.[10] A Porto Seguro também foi eleita pelo Diário Comércio Indústria Serviço (DCI) a empresa mais admirada na categoria de seguros em 2013.[11]

A Porto Seguro recebeu da Revista Apólice o prêmio destaque nacional no ramo de seguro de transporte em 2013.[12]

A Porto Seguro Serviços Médicos comprou a Bioqualynet, atual Porto Seguro Saúde Ocupacional, em 2013.[13] No mesmo ano, a companhia foi eleita a melhor seguradora de veículos pelo ranking da Revista Quatro Rodas e a marca mais poderosa do Brasil, na categoria distribuição pela Interbrand, consultoria de branding.[14][15]

Associação com o Itaú Unibanco[editar | editar código-fonte]

Em 24 de agosto de 2009, é anunciada a junção das operações de seguro com o Itaú Unibanco.[16] A operação consiste na transferência, por parte do Itaú Unibanco da totalidade de ativos e passivos de sua carteira de seguros residenciais e de automóveis para o Itaú Unibanco Seguros de Automóvel e Residência, que por sua vez será transferida para a Porto Seguro. Em seguida, os controladores da Porto Seguro e do Itaú Unibanco criarão uma nova empresa, Porto Seguro Itaú Unibanco Participações S.A. (PSIUPAR),[17] que será detida pelos atuais donos da Porto Seguro. Após a conclusão das operações, o Itaú Unibanco passou a deter 43% da PSIUPAR, enquanto os controladores da Porto Seguro, o restante.[18] A PSIUPAR vai deter 70% da Porto Seguro S.A. O restante das ações ficará nas mãos do mercado.[16]

Empresas[editar | editar código-fonte]

Atualmente, a Porto alega possuir 27 empresas atuando em vários segmentos:[4]

Segmento de seguros Porto Seguro
  • Porto Seguro Companhia de Seguros Gerais
  • Porto Seguro Vida e Previdência S.A.
  • Porto Seguro Saúde S.A.
  • Porto Seguro Serviços de Saúde S.A. (Portomed)
  • Porto Seguro Serviços Odontológicos S.A.
Segmento de seguros do grupo
  • Itaú Seguros de Auto e Residência S.A.
  • Azul Seguros
  • Porto Seguro Seguros Del Uruguay S.A.
Outros segmentos
  • Portoseg S.A.
  • Porto Seguro Administradora de Consórcios Ltda.
  • Porto Seguro Saúde Ocupacional
  • Crediporto Promotora de Serviços Ltda.
  • Porto Seguro Atendimento S.A.
  • Porto Seguro Capitalização S.A.
  • Porto Seguro Faz
  • Porto Seguro Investimentos
  • Porto Seguro Proteção e Monitoramento Ltda.
  • Porto Seguro Renova
  • Porto Seguro Serviços Médicos Ltda.
  • Porto Seguro Uruguai

Referências

  1. a b c d e f g h i «Resultados 2021». Porto RI. 2022. Consultado em 16 de novembro de 2022 
  2. a b «"Porto Seguro SA"». Bloomberg. Consultado em 3 de Maio de 2015 
  3. «Porto (PSSA3) tira "Seguro" do nome e pretende dobrar número de clientes até 2025; Credit vê impacto neutro para as ações». InfoMoney. 12 de abril de 2022. Consultado em 14 de abril de 2022 
  4. a b c «Porto – Empresas do Grupo». Porto. Consultado em 3 de maio de 2022 
  5. a b «Porto – Nossa História». Porto. Consultado em 16 de novembro de 2022 
  6. «Os melhores seguros de vida segundo a proteste». Exame. 1 de abril de 2013. Consultado em 4 de Agosto de 2014 
  7. «UseBike Porto Seguro» (PDF). Agenda Sustentavel. Consultado em 4 de Agosto de 2014 [ligação inativa] 
  8. «"Seguradoras dao enfase para autos"». Valor Econômico. Consultado em 4 de Agosto de 2014 
  9. «Porto Seguro é a marca mais confiável do Brasil». Exame. 10 de Outubro de 2010. Consultado em 4 de Agosto de 2014 
  10. «"Confira a lista das empresas mais admiradas do Brasil por segmento"». Carta Capital. Consultado em 4 de Agosto de 2014 [ligação inativa] 
  11. «Porto Seguro diversifica para crescer». DCI. Consultado em 4 de Agosto de 2014 [ligação inativa] 
  12. «Revista Apólice realiza entrega do Prêmio Melhores do Seguro». Revista Apólice. 9 de setembro de 2013. Consultado em 4 de Agosto de 2014 
  13. «Porto Seguro». Econoinfo. Consultado em 4 de Agosto de 2014 [ligação inativa] 
  14. «Itaú é a marca mais valiosa do Brasil em 2013; veja lista». Exame. 26 de novembro de 2013. Consultado em 4 de Agosto de 2014 
  15. «As cinco melhores seguradoras de carros, segundo os clientes». Quatro Rodas. 10 de abril de 2013. Consultado em 4 de Agosto de 2014 
  16. a b «Itaú Unibanco faz associação com Porto Seguro». G1. 14 de agosto de 2009. Consultado em 14 de outubro de 2022 
  17. «Itaú Unibanco assume participação na Porto Seguro». Reuters. 24 de agosto de 2009 
  18. «Fusão entre Porto Seguro e Itaú Unibanco foi fechada em 9 dias». Época Negócios. Consultado em 4 de agosto de 2014. Arquivado do original em 29 de janeiro de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]