Porto de Brisbane

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Porto de Brisbane
Vista do Porto de Brisbane a partir da localidade de Pinkenba.
Localização
País  Austrália
Localização Brisbane, Flag of Queensland.svg Queensland
Estatísticas
Website Porto de Brisbane

O Porto de Brisbane é um porto e subúrbio de Brisbane, capital do estado australiano de Queensland.[1] Situado no curso inferior do Rio Brisbane na Ilha Fisherman, uma ilha artificial construída a partir do grupo de ilhotas Fisherman na foz do rio.

De acordo com o antigo Departamento de Indústrias Primárias de Queensland, o porto de Brisbane foi o ponto de entrada mais provável das formigas-lava-pés, oriundas da América do Sul, na Austrália.[2]

Por volta de 60% do carvão transportado através do porto origina-se da mina de New Acland.[3]

Instalações[editar | editar código-fonte]

O porto é administrado pela Port of Brisbane Pty Ltd (PBPL) sob um arrendamento de 99 anos com o governo de Queensland. O Porto de Brisbane possui 29 cais em operação. No total, o porto atende a mais de 2 600 embarcações anualmente, transportando mais de 28 000 000 de toneladas de carga por ano.[4]

Depósitos de lodo e sedimentos nos canais do porto e embarcadouros causaram atrasos de até cinco dias no desembarque, inclusive em suprimentos de combustíveis.[5] Isto ocorrer em 2011, 2013 e 2014. Milhões de dólares australianos são gastos em dragagem anualmente.[5]

Infraestrutura de transportes[editar | editar código-fonte]

A Port of Brisbane Motorway é uma pequena rodovia ligando Gateway Motorway ao porto.

Em 1980, a ferrovia de bitola estreita (1 067 mm) Fisherman Islands line foi aberta entre o porto e uma junção próxima à estação de Lindum na linha de Cleveland. Em 1997 essa linha foi convertida para bitola mista, passando a conter também a bitola padrão (1 437 mm prevista no programa de desenvolvimento de infraestrutura Our Nation, promovido pelo primeiro-ministro Paul Keating.[6][7]

Expansão[editar | editar código-fonte]

O Porto de Brisbane está passando por um processo de expansão. Em janeiro de 2008, a Port of Brisbane Corporation assinou um acordo com a Brisbane Container Terminals, uma subsidiária da Hutchison Port Holdings, ela mesma subsidiária da Hutchison Whampoa, que operará os cais de números 11 e 12 por 42 anos.[8]

Referências

  1. QPN, código 47770, nome=Port of Brisbane, acesso em: 15 de setembro de 2013.
  2. «Queensland faces possibly worst ever introduced pest». The 7.30 Report. 5 de março de 2001. Consultado em 28 de abril de 2008. Arquivado do original em 3 de janeiro de 2005 
  3. «Western - Metropolitan Rail Systems Coal Dust Monitoring Program: Pre-veneering monitoring period results» (PDF). Department of Science, Information Technology, Innovation and the Arts. 2013. Consultado em 16 de novembro de 2014 
  4. Bpa.net.au. Bpa.net.au. Retrieved on 2013-07-16.
  5. a b Tony Moore (5 de dezembro de 2014). «Brisbane's oil supplies blocked by Moreton Bay silt problems». Brisbane Times. Fairfax Media. Consultado em 2 de abril de 2015 
  6. Philip Laird (2001). «Australia's gauge muddle and prospects». Back on Track: Rethinking Transport Policy in Australia and New Zealand. UNSW Press. p. 191. ISBN 0-86840-411-X. Consultado em 16 de agosto de 2008 
  7. «A Critique of the Dual Gauge Link to the Port of Brisbane.». www.rag.org.au. Consultado em 30 de março de 2008 
  8. «HPH to invest A$200 million in port of Brisbane». Hutchison Whampoa. 29 de janeiro de 2008. Consultado em 24 de março de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]