Pousada do Solar da Rede

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pousada do Solar da Rede

Mapa de Portugal - Distritos plain.png

-

Concelho Mesão Frio
Região Douro
Tipo de Pousada Histórica
Património associado

A Pousada do Solar da Rede ou Pousada de Mesão Frio - Solar da Rede, é um solar setecentista situado em Mesão Frio, distrito de Vila Real num encosta sobranceira ao Rio Douro.

Integrava a rede Pousadas de Portugal com a classificação de Pousada Histórica, mas está ao abandono desde 2012.[1]

História da propriedade[editar | editar código-fonte]

Com origem no século XV, a casa foi reconstruída no século XVIII por José Maria Borges Rebelo de Queirós.

Transposto o pórtico em granito encimado por 4 grifos alados, que permite o acesso à propriedade, pode-se observar a extensa edificação atribuída a Nicolau Nasoni,[2] com fachada em arquitectura chã[3] com paredes brancas e janelas de sacada, de lintel recto e caixilharias em madeira.

No centro da fachada uma fonte em granito e, no topo, a pedra de armas "Borges e Cabral" revelando a família dos proprietários do século XVIII. No extremo nascente do edifício uma pequena capela dedicada a S. Sebastião com altar em talha e azulejos da época. Frente à fachada um amplo terreiro e o acesso por escadas a um jardim de buxos e camélias.

A propriedade viria a ser herdada por José Maria de Alpoim Cerqueira Borges Cabral, o conselheiro Alpoim, político da monarquia e da república, orador e jornalista.

O destino do solar está ligado ao fim da descendência directa do conselheiro, vindo a propriedade a ser vendida em 1962 a um viticultor que, apesar de ter respeitado a fachada do edifício, não impediu a sua degradação até ser adquirido pelo actual proprietário que, após importantes obras de recuperação, conseguiu a sua integração na rede das Pousadas.

A Pousada[editar | editar código-fonte]

Uma das poucas Pousadas de propriedade particular, a Pousada do Solar da Rede ostenta o nome das "Pousadas de Portugal" na sequência de um acordo de franchising.

Inserido numa vinha de 27 hectares, o solar permite obter vistas deslumbrantes sobre os vinhedos e o rio Douro.

No interior painéis de azulejos do século XVIII, tectos em madeira de carvalho trabalhada e numeroso mobiliário e quadros a óleo da época.

Inaugurada a 15 de Maio de 1999, a pousada tem 21 quartos e 8 suites com varandas que permitem a vista sobre o rio Douro. Uma parte dos quartos encontra-se distribuída por pequenos edifícios instalados no meio da propriedade.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Directório das Pousadas - 2003, Lisboa, Ed. Enatur.

Referências

  1. «Hotel de luxo em Mesão Frio fecha as portas e deixa 40 pessoas sem emprego». RTP. 16 Mar, 2012  Verifique data em: |data= (ajuda)
  2. Guia das Pousadas e Hotéis de Sonho - Vol.3 - 2001 - Lisboa - Ed. Expresso.
  3. Arquitectura chã portuguesa

Ligações externas[editar | editar código-fonte]