Prácrito magádi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: "Magádi" redireciona para este artigo. Este artigo é sobre a língua antiga. Para a língua moderna, veja Língua magahi. Para a cidade indiana, veja Magadi.
Magádi (māgadhī, prácrito de Mágada)
Outros nomes:Ardhamāgadhī
Falado em: Subcontinente indiano
Extinção: Evoluiu para várias línguas, nomeadamente o magahi
Família: Indo-europeia
 Indo-iraniana
  Indo-ariana
   Magádi
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: ---
ISO 639-3: pka

O prácrito magádi, magadhi (em sânscrito: मागधी), prácrito de Mágada ou ardhamāgadhī foi um prácrito (ou seja, uma forma popular do sânscrito) antigamente falado no leste do subcontinente indiano (atualmente, Bangladesh, Nepal e leste da Índia). Era a língua das cortes do reino de Mágada e do império Máuria. Acredita-se ter sido falada por Sidarta Gautama e Mahavira. Posteriormente, o magádi deu origem a várias das línguas faladas atualmente na região, como o magahi (ou magádi) assamês, o bengali, o oriá, o bhojpuri e o maithili. O magádi é frequentemente confundido com o páli, uma língua mais antiga e a língua litúrgica do budismo teravada.[1]

Referências

  1. Darmapadaː a Doutrina Budista em Versos. Tradução de Fernando Cacciatore de Garcia. Porto Alegre/RS. L&PM Editores. 2010. p. 33.


Ícone de esboço Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.