Prêmio Guarani de Melhor Atriz Coadjuvante

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Prêmio Guarani de Melhor Atriz Coadjuvante
Vencedora mais recente: Zezita de Matos (2021)
Descrição Melhor Performance de uma Atriz no Papel Coadjuvante
País  Brasil
Primeira cerimónia 1996
Detentor atual Zezita de Matos, Pacarrete (2021)
Apresentação Academia Guarani de Cinema
Sítio oficial

O Prêmio Guarani de Melhor Atriz Coadjuvante é um dos prêmios oferecidos pelo Prêmio Guarani do Cinema Brasileiro, concedido pela Academia Guarani de Cinema e entregue em honra às atrizes que se destacam em um papel secundário de obras cinematográficas de determinado ano. Esta categoria está presente no Guarani desde a primeira cerimônia, ocasião em que Marília Pêra venceu por sua interpretação em Jenipapo.[1] A comissão de indicação é composta por mais de quarenta profissionais da crítica cinematográfica, que convidam mais críticos para a fase de seleção dos ganhadores.[2]

Nos anos iniciais, a quantidade de atrizes de indicadas nesta categoria variou a cada ano. No primeiro ano, três atrizes foram indicadas.[1] Já no segundo ano, cinco atrizes receberam indicações. Entre 1998 e 2000, quatro atrizes foram nomeadas a cada ano. A partir de 2001, a categoria foi padronizada contemplando cinco atrizes coadjuvantes por ano.[3]

Desde sua criação, 18 atrizes já foram premiadas com o Guarani de Melhor Atriz Coadjuvante. Dira Paes é a maior vencedora desta categoria com três vitórias.[4] Cássia Kis, Fernanda Montenegro, Maeve Jinkings, Marcélia Cartaxo, Marieta Severo e Marília Pêra já venceram duas vezes esta categoria. Cássia Kis e Fernanda Montenegro são recordistas de indicação, com cinco cada.[5][6]

Mariana Ximenes detém o título de indicada mais jovem, com vinte e dois anos no papel em O Invasor (2003).[7] Leona Cavalli, por sua vez, detém o de vencedora mais jovem, quando venceu com trinta e cinco anos por Amarelo Manga (2004).[7] Por outro lado, Fernanda Montenegro foi a indicada e a vencedora mais velha, aos 91 anos, pelo filme A Vida Invisível (2020).[8]

O ano indicado refere-se ao do que ocorreu a entrega do prêmio, relativo à melhor atriz coadjuvante do ano anterior.

Indicados e vencedores[editar | editar código-fonte]

O ano indicado refere-se ao ano em que ocorreu a cerimônia de premiação, na maioria das vezes relativo ao catálogo de filmes produzidos no ano anterior. As vencedoras aparecem no topo da lista e destacados em negrito, de acordo com o site Papo de Cinema:

Marília Pêra foi a primeira vencedora, pela atuação em Jenipapo em 1996. Ela também venceu por Tieta do Agreste (1997)
Marieta Severo venceu duas vezes, por Guerra de Canudos (1998) e Castelo Rá-Tim-Bum, O Filme (2001).
Fernanda Montenegro venceu pelo desempenho em Traição (2000) e A Vida Invisível (2020).
Irene Ravache conquistou o prêmio por Amores Possíveis (2002).
Marcélia Cartaxo conquistou duas vitórias: Madame Satã (2003) e A História da Eternidade (2016).
Leona Cavalli ganhou na categoria por Amarelo Manga (2004).
Dira Paes detém o recorde de vitórias nesta categoria com três prêmios ao total.
Léa Garcia conquistou o prêmio por O Maior Amor do Mundo (2007).
Cássia Kiss venceu duas vezes, por A Festa da Menina Morta (2010) e Bróder (2012).
Maeve Jinkings venceu a categoria por O Som ao Redor (2014) e Boi Neon (2017).
Fabiula Nascimento venceu pelo desempenho em O Lobo Atrás da Porta (2015).
Ano Atriz Papel Filme Ref.
1996
Marília Pêra Renata Jenipapo [1]
Maria Padilha Magda Blum Sábado
Patrícia Pillar Mãe O Menino Maluquinho
1997
Marília Pêra Perpétua Esteves Batista Tieta do Agreste [1]
Cláudia Abreu Leonora Cantarelli Tieta do Agreste
Gloria Pires Isabel O Guarani
Joana Fomm Josefa Quem Matou Pixote?
Patrícia Pillar Amula O Monge e a Filha do Carrasco
1998
Marieta Severo Penha Guerra de Canudos [9]
Cláudia Abreu Renée O Que É Isso, Companheiro?
Maria Padilha Isabel Os Matadores
Mônica Torres Josefa Pequeno Dicionário Amoroso
1999
Clarice Niskier Luiza Amores [10]
Florinda Bolkan Mãe Ana Bela Donna
Giulia Gam Olga Policarpo Quaresma, Herói do Brasil
Marília Pêra Irene Central do Brasil
2000
Fernanda Montenegro Joana Traição [11]
Betty Gofman Lulu Até que a Vida nos Separe
Ester Góes Alexandra Por Trás do Pano
Maitê Proença Susana / Lyla Van A Hora Mágica
2001
Marieta Severo Losângela Stradivarius / Madame Wandete Castelo Rá-Tim-Bum, o Filme [3]
Ana Beatriz Nogueira Lucília Guimarães Villa-Lobos Villa-Lobos: Uma Vida de Paixão
Débora Bloch Tânia Bossa Nova
Denise Fraga Dora O Auto da Compadecida
Drica Moraes Nadine Bossa Nova
2002
Irene Ravache Mãe de Pedro Amores Possíveis [12]
Cássia Kiss Meire Bicho de Sete Cabeças
Débora Bloch Isabelle Vielmond, Marquesa de Sevilha Caramuru: A Invenção do Brasil
Paloma Duarte Laura da Costa A Partilha
Sônia Braga Marcela Memórias Póstumas
2003
Marcélia Cartaxo Laurita Madame Satã [7]
Eliane Giardini Constança Uma Vida em Segredo
Juliana Carneiro da Cunha Mãe Lavoura Arcaica
Malu Mader Fátima Bellini e a Esfinge
Mariana Ximenes Marina O Invasor
2004
Leona Cavalli Lígia Amarelo Manga [13]
Luana Piovani Marinês O Homem que Copiava
Maria Luísa Mendonça Dalva Carandiru
Natália Lage Érica O Homem do Ano
Virgínia Cavendish Inaura Lisbela e o Prisioneiro
2005
Myriam Muniz Dona Eulália Nina [14]
Ana Beatriz Nogueira Ângela O Vestido
Débora Falabella Carolina A Dona da História
Fernanda Montenegro Dona Isaura Redentor
Marieta Severo Maria Lúcia "Lucinha" da Silva Araújo Cazuza: O Tempo Não Para
2006
Dira Paes Helena Siqueira de Camargo 2 Filhos de Francisco [15]
Camila Pitanga Cassandra Sal de Prata
Cláudia Mello Mônica Quanto Vale ou é por Quilo?
Leona Cavalli Clara Quanto Vale ou é por Quilo?
Marieta Severo Helena Quase Dois Irmãos
2007
Léa Garcia Dona Zezé (Mãe Santinha) O Maior Amor do Mundo [16]
Bianca Comparato Inês Anjos do Sol
Darlene Glória Vera Anjos do Sol
Leona Cavalli Rosário Cafundó
Mary Sheila Celeste Anjos do Sol
2008
Dira Paes Bela Baixio das Bestas [17]
Andréa Beltrão Marilda Maria Rei A Grande Família: O Filme
Camila Pitanga Silene Marghera Saneamento Básico: O Filme
Glória Pires Juliana Primo Basílio
Sílvia Lourenço A Viciada O Cheiro do Ralo
2009
Darlene Glória Mércia Feliz Natal [18]
Andréa Beltrão Fernanda Romance
Cássia Kiss Marici Chega de Saudade
Djin Sganzerla Brida "Briducha" Falsa Loura
Júlia Lemmertz Maria Lu Estrella Meu Nome Não É Johnny
2010
Cássia Kis Magro Mãe A Festa da Menina Morta [19]
Denise Weinberg Ruiva Salve Geral
Fernanda Torres Lúcia A Mulher Invisível
Júlia Lemmertz Julieta Paz Do Começo ao Fim
Mariana Ximenes Diana Hotel Atlântico
2011
Denise Fraga Camila As Melhores Coisas do Mundo [20]
Andrea Beltrão Dulcinéia Cajazeira O Bem-Amado
Elke Maravilha Avó de Paulo A Suprema Felicidade
Mariana Lima Sofia A Suprema Felicidade
Natália Lage Lisa Como Esquecer
2012
Cássia Kis Magro Dona Sonia Bróder [21]
Débora Falabella Manuela Meu País
Drica Moraes Larissa Bruna Surfistinha
Fabiula Nascimento Janine Bruna Surfistinha
Marjorie Estiano Sueli Malu de Bicicleta
2013
Dira Paes Rosa À Beira do Caminho [22]
Maria Flor Marina Villas Bôas Xingu
Maria Gladys Stella Maris Febre do Rato
Zezé Motta Priscila Gonzaga: de Pai pra Filho
Zezita de Matos Mãe Mãe e Filha
2014
Maeve Jinkings Bia O Som ao Redor [23]
Fernanda Montenegro Bibiana Terra Cambará O Tempo e o Vento
Laila Zaid Ana Cláudia Somos Tão Jovens
Nathalia Timberg Maria Eudóxia Vendo ou Alugo
Simone Spoladore Ana A Memória que me Contam
2015
Fabiúla Nascimento Sylvia O Lobo atrás da Porta [24]
Drica Moraes Alzira Vargas do Amaral Peixoto Getúlio
Gilda Nomacce Miranda Quando Eu Era Vivo
Martha Nowill Drica Entre Nós
Thalita Carauta Bete O Lobo Atrás da Porta
2016
Marcélia Cartaxo Querência A História da Eternidade [25]
Gilda Nomacce Luzia Ausência
Irene Ravache Ângela Entre Abelhas
Karine Teles Bárbara Bragança Que Horas Ela Volta?
Nash Laila Shelly Amor, Plástico e Barulho
2017
Maeve Jinkings Domingas Boi Neon [26]
Adriana Esteves Dilza Mundo Cão
Dani Nefussi Aracy/Glória Mãe Só Há Uma
Marcélia Cartaxo Mãe de Francisco Big Jato
Mayana Neiva Raquel Para Minha Amada Morta
2018
Clarisse Abujamra Clarice Fabri Como Nossos Pais [27]
Ana Lúcia Torre Marta Mendes Bingo: O Rei da Manhãs
Caroline Abras Cristina Gabriel e a Montanha
Cássia Kis Marta Redemoinho
Suely Franco Gilda Era o Hotel Cambridge
2019
Marjorie Estiano Ana As Boas Maneiras [28]
Adriana Esteves Sônia Benzinho
Camila Morgado Verônica O Animal Cordial
Drica Moraes Nena Rasga Coração
Fernanda Montenegro Dona Matilde O Beijo no Asfalto
2020
Fernanda Montenegro [29][30] Eurídice Gusmão Campelo A Vida Invisível [8]
Eliane Giardini Lúcia Deslembro
Grace Passô Selma No Coração do Mundo
Luciana Paes Cristina A Sombra do Pai
Sônia Braga Domingas Bacurau
2021
Zezita de Matos[31] Chiquinha Pacarrete [32]
Bárbara Colen Karina Breve Miragem de Sol
Dandara de Morais Alessandra Açúcar
Hermila Guedes Cosma e Damiana Fim de Festa
Soia Lira Maria Pacarrete

Múltiplas vitórias e indicações[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d «1º Prêmio Guarani :: Premiados de 1995». Consultado em 25 de outubro de 2021 
  2. «23º Prêmio Guarani :: Academia Guarani de Cinema Brasileiro». Consultado em 26 de outubro de 2021 
  3. a b «6° Prêmio Guarani :: Premiados de 2000». Consultado em 25 de outubro de 2021 
  4. «Dira Paes – Papo de Cinema». Consultado em 8 de novembro de 2021 
  5. «Cássia Kis – Papo de Cinema». Consultado em 8 de novembro de 2021 
  6. «Fernanda Montenegro – Papo de Cinema». Consultado em 8 de novembro de 2021 
  7. a b c «8º Prêmio Guarani :: Premiados de 2002». Consultado em 25 de outubro de 2021 
  8. a b Cinevitor (1 de julho de 2020). «Bacurau é consagrado no 25º Prêmio Guarani de Cinema Brasileiro». CINEVITOR. Consultado em 3 de novembro de 2021 
  9. «3º Prêmio Guarani :: Premiados de 1997». Consultado em 25 de outubro de 2021 
  10. «4º Prêmio Guarani :: Premiados de 1998». Consultado em 25 de outubro de 2021 
  11. «5° Prêmio Guarani :: Premiados de 1999». Consultado em 25 de outubro de 2021 
  12. «7º Prêmio Guarani :: Premiados de 2001». Consultado em 25 de outubro de 2021 
  13. «9º Prêmio Guarani :: Premiados de 2003». Consultado em 25 de outubro de 2021 
  14. «10° Prêmio Guarani :: Premiados de 2004». Consultado em 25 de outubro de 2021 
  15. «11° Prêmio Guarani :: Premiados de 2005». Consultado em 25 de outubro de 2021 
  16. «12º Prêmio Guarani :: Premiados de 2006». Consultado em 25 de outubro de 2021 
  17. «13º Prêmio Guarani :: Premiados de 2007». Consultado em 25 de outubro de 2021 
  18. «14º Prêmio Guarani :: Premiados de 2008». Consultado em 25 de outubro de 2021 
  19. «15º Prêmio Guarani :: Premiados de 2009». Consultado em 25 de outubro de 2021 
  20. «16° Prêmio Guarani :: Premiados de 2010». Consultado em 25 de outubro de 2021 
  21. «17° Prêmio Guarani :: Premiados de 2011». Consultado em 25 de outubro de 2021 
  22. «18° Prêmio Guarani :: Premiados de 2012». Consultado em 25 de outubro de 2021 
  23. «19° Prêmio Guarani :: Premiados de 2013». Consultado em 25 de outubro de 2021 
  24. «20° Prêmio Guarani :: Premiados de 2014». Consultado em 25 de outubro de 2021 
  25. «21º Prêmio Guarani :: Premiados de 2015». Consultado em 25 de outubro de 2021 
  26. «22º Prêmio Guarani :: Premiados de 2016». Consultado em 26 de outubro de 2021 
  27. «23º Prêmio Guarani :: Melhor Filme». Consultado em 26 de outubro de 2021 
  28. «Prêmio Guarani 2019: 'As Boas Maneiras' lidera com 13 indicações». SRzd. 29 de julho de 2019. Consultado em 3 de novembro de 2021 
  29. «Prêmio Guarani | 'Bacurau' é o maior vencedor; confira». Quarta Parede POP. 2 de julho de 2020. Consultado em 26 de outubro de 2021 
  30. Redação (3 de julho de 2020). «Os Vencedores do Prêmio Guarani de Cinema Brasileiro 2020». Vertentes do Cinema. Consultado em 3 de novembro de 2021 
  31. «"Sertânia" é consagrado como o Filme do Ano, e "Pacarrete" o mais premiado no 26º Prêmio Guarani do Cinema B». Clube Cinema. 9 de dezembro de 2021. Consultado em 11 de dezembro de 2021 
  32. «26º Prêmio Guarani :: Indicados de 2020». Consultado em 24 de novembro de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]