Príncipe de Carignano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Brasão de armas dos Príncipes de Carignano

Príncipe de Carignano foi um título criado em 1620 pelo duque Carlos Emanuel I de Saboia para seu filho mais novo, Tomás Francisco. O título fazia referência a comuna de Carignano.[1]

Príncipes de Carignano[editar | editar código-fonte]

  1. 1620–1656: Tomás Francisco (1595 – 1656)
  2. 1656–1709: Emanuel Felisberto (1628 – 1709)
  3. 1709–1741: Vítor Amadeu I (1690 – 1741)
  4. 1741–1778: Luís Vítor (1721 – 1778)
  5. 1778–1780: Vítor Amadeu II (1743 – 1780)
  6. 1780–1800: Carlos Emanuel (1770 – 1800)
  7. 1800–1831: Carlos Alberto (1798 – 1849)

Referências

  1. Wikisource-logo.svg Vários autores (1911). «Carignano». In: Chisholm, Hugh. Encyclopædia Britannica. A Dictionary of Arts, Sciences, Literature, and General information (em inglês) 11.ª ed. Encyclopædia Britannica, Inc. (atualmente em domínio público) 

Fonte[editar | editar código-fonte]