Príncipe de Espanha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Juan Carlos de Borbón, Príncipe de Espanha, em 1971.

Príncipe de Espanha (em castelhano: Príncipe de España ) foi o título criado em 22 de julho de 1969, designado pela lei que proclamou Juan Carlos de Borbón como sucessor de Francisco Franco.[1] Juan Carlos manteve o título até 22 de novembro de 1975, quando tornou-se Rei da Espanha após a morte de Franco. A única pessoa a ter este título foi Juan Carlos; o título atribuído ao herdeiro do trono espanhol desde então tem sido o de Príncipe das Astúrias.

Ao título foi associado o estilo de Sua Alteza Real e as honras militares de Capitão-General do exército espanhol. Os desenhos do brasão de armas e da bandeira real foram regulamentados pelo decreto de 22 de abril de 1971 para o uso pessoal do Príncipe de Espanha.[2]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Ley 62/1969 Boletín Oficial del Estado (BOE) (em castelhano)
  2. (em castelhano) Decreto 814, de 22 de abril de 1971. Boletín Oficial del Estado, no. 99. Acesso em: 10 de dezembro de 2015.

Ligações externas (em inglês)[editar | editar código-fonte]