Praça da Cruz Vermelha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Arborização da praça.

A Praça da Cruz Vermelha é uma praça situada no bairro do Centro, na Zona Central da cidade do Rio de Janeiro. Localiza-se no cruzamento da Avenida Henrique Valadares com a Avenida Mem de Sá.

A praça surgiu no local onde ficava o Morro do Senado, desmontado entre 1880 e 1906. Nos arredores da praça, durante a gestão do prefeito Pereira Passos, foram implantados os primeiros projetos de arruamento e loteamento da cidade, constituindo um marco no processo de evolução do desenho urbano.[1] O formato da praça, circular, era uma das marcas do urbanismo da época.

A praça recebeu esse nome por estar situada em frente ao Hospital da Cruz Vermelha. O prédio do hospital, projetado pelo arquiteto Pedro Campofiorito, foi inaugurado em 1923.[2]

Atualmente, há planos de se construir uma estação do Metrô do Rio de Janeiro sob a praça. A estação, que se chamaria Estação Cruz Vermelha, atenderia à Linha 2.[3]

Pontos de interesse[editar | editar código-fonte]

Os seguintes pontos de interesse situam-se nas redondezas da Praça da Cruz Vermelha:

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Cruz Vermelha. Dec. 11883-92.» (PDF). Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro. Consultado em 19 de julho de 2017 
  2. «100 anos da Cruz Vermelha Brasileira». Folha do Centro. Novembro de 2008. Consultado em 19 de julho de 2017 
  3. «Obras de ampliação da linha 2 do metrô começam em 2017, diz governo». G1. 18 de novembro de 2015. Consultado em 19 de julho de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Praça da Cruz Vermelha