Praça dos Voluntários

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Está localizada na cidade de São Carlos, SP, no quadrilátero formado pela Avenida São Carlos, ruas Geminiano Costa, Jesuíno de Arruda e Dona Alexandrina.

Originalmente chamava-se Praça Siqueira Campos, mas seu nome foi alterado em 1936, quando foi inaugurado o monumento em homenagem aos combatentes carlopolitanos ou são-carlenses da Revolução de 1932.

No centro da praça, há um obelisco com alguns símbolos históricos. Na parte de cima, tem a estátua de um soldado constitucionalista e o brasão de São Paulo. Embaixo, a peça está rodeada por duas outras estátuas, a de um bandeirante e a de uma mulher (esta representa a Constituição).

Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde fevereiro de 2011). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A Praça dos Voluntários, nome oficial; é um espaço público, caracterizado como jardim ou como um pequeno parque com aproximadamente oito mil metros quadrados localizado na região central da (símbolo paulista).

Tempos depois da inauguração em 9 de julho de 1957, ano em que a cidade completou o seu centenário, o monumento serviu de túmulo para os restos mortais dos quatro são-carlenses mortos na revolução: Luiz Röher, Alípio Benedito, Modesto Sant'Anna e Benedito da Silva.

Na praça também há um busto em homenagem a Germano Fehr, patrono da indústria são-carlense, e uma homenagem ao ex-prefeito que inaugurou a praça em 1936, que foi João Sabino.

Atualmente a praça é muito visitada por turistas, e todo dia 9 de julho, quando há homenagem aos ex-combatentes da revolução de 1932.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]


Ligações externas[editar | editar código-fonte]