Pra Quem Fica, Tchau

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Pra quem fica, tchau!
Pra quem fica, tchau! (BR)
 Brasil
1971 •  cor •  90 min 
Direção Reginaldo Faria
Roteiro Reginaldo Faria
Elenco Reginaldo Faria
Stepan Nercessian
Flávio Migliaccio
Irma Álvarez
José Lewgoy
Tânia Scher
Gênero Comédia
Idioma Português
Página no IMDb (em inglês)

Pra quem fica, tchau! é um filme brasileiro de 1971, do gênero comédia, com direção, roteiro e atuação de Reginaldo Faria. Trilha sonora com regência de Cipó e interpretação de Leonardo Bruno e Ney (Ney Matogrosso em sua primeira gravação profissional). Outros canções ouvidas são de Tim Maia, Serguei, Luiz Carlos Vinhas e Ely[1] .

Elenco[editar | editar código-fonte]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Luisinho é um rapaz do interior de Minas Gerais que chega ao Rio de Janeiro para morar com o primo Didi, dizendo que a mãe morrera e o pai lhe abandonara. O primo aceita ficar cuidando dele quando Luisinho lhe mostra uma grande soma de dinheiro que trouxera na bagagem. Didi é um grande boêmio e Luisinho logo o acompanha nessa vida, apesar da pouca idade. Mas o rapaz se apaixona por uma mulher casada com um marido ciumento e logo vai experimentar uma decepção amorosa.

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]