Praia de Ponta Negra (Natal)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde setembro de 2016). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Disambig grey.svg Nota: Para a Praia de mesmo nome em Manaus, veja Praia de Ponta Negra (Manaus).
Praia de Ponta Negra
Natal aerea praia1312 11.jpg

Praia de Ponta Negra com o Morro do Careca ao fundo.

Localização
Coordenadas
Endereço
Altitude
0 mVisualizar e editar dados no Wikidata
Descrição
Tipo de praia
oceânica
Extensão da orla
4km.
Banhada por
Funcionamento
Acesso público
terrestre

A Praia de Ponta Negra é uma praia localizada no bairro de mesmo nome em Natal, capital do estado brasileiro do Rio Grande do Norte. Depois da urbanização, a praia se tornou a mais famosa da capital e a mais visitada pelos turistas.[1]

A Praia[editar | editar código-fonte]

A praia de Ponta Negra tem cerca de 4 km de extensão e pode ser considerada uma pequena baía.[2] No extremo sul fica o Morro do Careca, o ponto turístico mais famoso de Natal. Caminhando em direção ao norte, percorrem-se primeiramente ao redor de 2 km da avenida Erivan França, os quais são repletos de bares, restaurantes, hotéis, boates, pequenas galerias de shopping, etc.

Ao final do trecho beira-mar da avenida Erivan França, ocorre uma bifurcação: a avenida sobe uma íngreme colina, em direção ao bairro de Ponta Negra, e o calçadão prossegue por mais 2 km, frequentados por praticantes de caminhadas (nesse trecho, existe absoluta predominância de pousadas, ocasionalmente entremeadas por barracas).

A noite em Ponta Negra é agitada, entre os atrativos, são as ruas com vários bares e discotecas para animar os turistas e visitantes, além do tradicional forró pé de serra, dança tipicamente nordestina.

Investidores[editar | editar código-fonte]

Faixa de areia, com o Morro do Careca ao fundo.

Entre o inicio e a metade da década de 2000, investidores estrangeiros (principalmente italianos, portugueses e outros europeus) começaram a investir dinheiro na região, trazendo desenvolvimento para a área. Até recentemente, Ponta Negra era a mais visitada pelos natalenses e local de trabalho de pescadores e local de lazer de natalenses (à época, a Praia do Meio era o local mais turístico de Natal); somente em 1990, o turismo começou a crescer na área, depois da construção da Via Costeira.

Problemas[editar | editar código-fonte]

Em 2012, o forte avanço do mar destruiu boa parte do calçadão da praia. Estão em curso uma série de obras para a recuperação do trecho e o calçadão já foi totalmente recuperado.[3]

Morro do Careca, Praia de Ponta Negra e bairro Ponta Negra.

A Praia de Ponta Negra é um dos sete pontos da "Area Especial de Interesse Turístico" do litoral, por isso, a praia é vigiada 24 horas por dia por algumas das 23 câmeras instaladas ao longo do litoral de Natal.[4]

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

SEQUÊNCIA DE PRAIAS
Oceano Atlântico
precedida por:
Via Costeira

(Natal)
 Rio Grande do Norte

Praia de Ponta Negra

(Natal)
 Rio Grande do Norte

sucedida por:
Praia de Cotovelo

(Parnamirim)
 Rio Grande do Norte

Bandeira do Rio Grande do Norte.svgA Wikipédia possui o Portal do Rio Grande do Norte. Artigos sobre história, cultura, atrações, personalidades e geografia.
Ícone de esboço Este artigo sobre uma praia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.