Pralinê

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pralinês franceses de cor rosa: à esquerda de amêndoas inteiras e à direita de amêndoas em pedaços
Pralinês belgas

Pralinê ou pralina (do francês praline)[1] é um doce feito com amêndoa torrada, envolvida em açúcar e cristalizada: ou seja, é uma amêndoa caramelizada.[2]

Os pralinês são também bombons de chocolate recheados, inventados na Bélgica ,em que são utilizadas amendoas, mas também nozes, avelãs, etc.[3]

Nos Estados Unidos, os pralinês são uma especialidade tradicional de Nova Orleans, baseada na receita de bombons franceses que os emigrantes franceses trouxeram consigo para o novo mundo.

O praliné também pode ser um preparado pastoso de pastelaraia e confeitaria, elaborado con ingredientes similares. É feito com amêndoas raladas ou avelãs, com açúcar e cacau, que serve de base para o recheio de bombons e pastéis.

Referências

  1. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 1 377.
  2. «Cópia arquivada». Consultado em 11 de agosto de 2014. Arquivado do original em 19 de agosto de 2014 
  3. O Globo. Disponível em http://ela.oglobo.globo.com/vida/as-pralines-originaisda-belgica-completam-cem-anos-5224664. Acesso em 13 de março de 2015.
Ícone de esboço Este artigo sobre culinária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.