Predefinição Discussão:Linux-distro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Comecei uma limpeza na predefinição.

Haviam muitas ligações para artigos com problemas de wikificação, notoriedade, etc. Sem contar incosistências como um que estava listado duas vezes, diversas distribuições baseados no Ubuntu (incluindo a Goobuntu, que nem sequer está disponível ao público... As outras recolhi em um parêntese após o próprio Ubuntu).

Precisamos estabelecer critérios de relevância para listar as distribuições nesta predefinição. Restrigir a edição por IPs talvez...

--Rhe (discussão) 19h23min de 8 de Maio de 2008 (UTC)

Não sei esta discussão ainda é válida, mas gostei do modo como está agora. O principal problema seria definir quais distribuições são notórias, podemos manter estas como as principais e adicionar um gatilho "[...]" para aceder a lista completa.

-- Daemorris discussão 22h09min de 4 de Janeiro de 2009 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo Não dá para colocar todos são milhares, mas como marcar como relevante?Marcus (discussão) 02h02min de 11 de março de 2009 (UTC)

Creio que o meio mais objetivo para a comunidade em questão, a wikipédia, seria analisar a qualidade dos artigos em si. Isso motivaria a criação e melhoria de vários artigos sobre o tema. -- Daemorris discussão 06h27min de 10 de junho de 2009 (UTC)


Acredito que seja importante deixar as nacionais(Brasileiras e Portuguesas) com as distribuições ativas no pais. Aline o comentário precedente deveria ter sido assinado por 201.82.166.227 (discussão • contrib.) 20h22min de 3 de fevereiro de 2010 (UTC)

Não entendi o que você quis dizer, poderia ser mais especifica? Talvez um exemplo ajude. Daemorris discussão 20h23min de 3 de fevereiro de 2010 (UTC)

Quando incluí a do Kalango e de onde ela partiu (Kubuntu) não foi com a intenção de aumentar a ocorrência do Kubuntu na mesma página e sim dizer de onde a do Kalango provém. O critério de não-inclusão é complicado de ser estabelecido pois o Linux ainda costuma gerar novas distribuições porém a Wikipédia já inclui entre seus verbetes algumas delas e estas devem ser ligadas em predefinições/categorias para que não venham a diminuir seu isolamento contextual. A perspectiva histórica das distros não deve ser perdida. Sugiro a quem se animar que crie a categoria distros ativas e não-ativas e limitemos a 30/40 distro por cada linha da tabela mas este também é um valor escolhido a esmo. Não vejo como um problema um aumento da predefinição pois já traduzi algumas inglesas que são imensas em relação a esta e não houve reclamação dos usuários. Este termo (Kalango) incluí inocentemente. Alguém ainda tem algo a opor para a inclusão de mais distros? Eonzoikos (discussão) 00h44min de 13 de abril de 2012 (UTC)

Free BSD[editar código-fonte]

FreeBSD não é Linux! BSD deriva directamente do Unix, como tal, é um paralelo ao Linux!comentário não assinado de 46.189.219.225 (discussão • contrib) (data/hora não informada)

O FreeBSD está inserido na predefinição como uma "distro independente" (tal como o CRUX, o Parted Magic e o SolusOS, por exemplo). Nenhuma prerrogativa quanto a presença do mesmo em tal listagem está sendo "ferida", sendo sua alocação justificada. Att: Carlírio Neto (discussão) 18h55min de 2 de abril de 2019 (UTC)