Predrag Pažin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Predrag Pažin
Предраг Пажин
Informações pessoais
Nome completo Predrag Pažin
Data de nasc. 14 de março de 1973 (44 anos)
Local de nasc. Nevesinje, Iugoslávia
Nacionalidade búlgaro
Altura 1,87 m
Informações profissionais
Posição Treinador (Ex-Defensor)
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1991–1993
1993–1995
1995–1999
1999–2000
2001
2002
2002
2003–2005
2005–2007
2008–2010
Total
Flag of FR Yugoslavia.svg Sutjeska Nikšić
Flag of FR Yugoslavia.svg Rudar Pljevlja
Flag of FR Yugoslavia.svg Partizan
Bulgária Levski Sófia
Turquia Kocaelispor
Bulgária Spartak Pleven
China Beijing Guoan
Ucrânia Shakhtar Donetsk
China Shandong Luneng
Bulgária Lokomotiv Mezdra
36 (2)
40 (4)
185 (18)
34 (2)
31 (6)
9 (0)
26 (4)
22 (1)
102 (8)
46 (4)
491 (49)
Seleção nacional
2000–2004 Flag of Bulgaria.svg Bulgária 32 (0)
Times/Equipas que treinou
2011– Bulgária Botev Kozloduy

Predrag Pažin - em sérvio e búlgaro, Предраг Пажин - (Nevesinje, 14 de março de 1973) é um futebolista servo-bósnio naturalizado búlgaro, que esteve na Eurocopa de 2004.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Como Jogador[editar | editar código-fonte]

Pažin iniciou sua carreira em 1991, no Sutjeska Nikšić, quando a então Iugoslávia sofria seu processo de desintegração. Em 1993 foi para o Rudar Pljevlja, cujo desempenho (40 jogos, 4 gols) o levaram a ser contratado pelo Partizan Belgrado. O clube da capital foi o último em que Pažin atuou como atleta da ex-Iugoslávia[1].

Em 1999, foi contratado pelo Levski Sófia, conseguindo a naturalização búlgara, já no ano seguinte. Entretanto, a temporada 1999-00 foi de altos e baixos para o defensor, que deixou o Levski ainda em 2000, para se juntar ao Kocaelispor da Turquia, sendo sua passagem pelos Yeşil Şimşekler foi boa: 31 jogos e seis gols marcados. Em 2002, retornou à Bulgária, para jogar no Spartak Pleven. Foi um fracasso: nove jogos, nenhum gol[1].

Ainda em 2002, foi à China, para militar no Beijing Guoan, reerguendo sua carreira. A curta passagem de Pažin no estado comunista chinês foi modesta: 26 jogos, quatro gols[1]. regressou à Europa em 2003, desta vez para atuar no Shakhtar Donetsk, até então um clube sem expressão no futebol europeu. Foram 26 partidas e apenas um gol assinalado. retorna novamenteà China em 2005, desta vez para atuar pelo Shandong Luneng. Sua passagem no clube laranja foi bem-sucedida: em 62 partidas, foram cinco gols marcados[1].

Isto o relança o futebol búlgaro, que repatria o defensor em 2008, desta vez para atuar no Lokomotiv Mezdra, sua atual equipe[1].

Seleção[editar | editar código-fonte]

Apesar de ser bósnio de nascimento, Pažin recusou propostas para defender a Seleção de seu país natal. Em 2000, quando atuava pelo Levski, conseguiu a autorização para se naturalizar búlgaro. Estreou pela sua nova Seleção no mesmo ano, mas a equipe não se classificou para a Euro 2000, nem para a Copa de 2002.

Esteve entre os convocados para a Eurocopa de 2004, mas não participou em nenhum jogo da equipe, que capitulou na primeira fase. Foi à Euro ao lado de outros sérvios naturalizados búlgaros: Zlatomir Zagorčić e Zoran Janković.

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Pažin iniciou sua carreira em 2011, no modesto . onde permanece no comando dessa equipe até atualmente.

Referências

  1. a b c d e National Football Teams. «Estatísticas de Predrag Pažin». Consultado em 16 de dezembro de 2013 
Bandeira de BulgáriaSoccer icon Este artigo sobre futebolistas búlgaros é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.