Prema Powerteam

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Prema Powerteam
Página oficial
http://www.premapowerteam.com

Prema Powerteam (competindo como Prema Racing no Campeonato de Fórmula 2 da FIA e no Campeonato de Fórmula 3 da FIA) é uma equipe italiana de automobilismo que foi fundada em 1984 e fez parte do Toyota Driver Program. Atualmente, a equipe mantém fortes laços com a Mercedes e a Ferrari, administrando muitos dos atuais pilotos da Ferrari Driver Academy. Seus sucessos mais recentes foram na GP2 Series de 2016, quando conquistou os títulos de construtor e de piloto com Pierre Gasly, no Campeonato de Fórmula 2 da FIA de 2017, quando conquistou o título de piloto com Charles Leclerc[1] e no Campeonato de Fórmula 3 da FIA de 2019, quando conquistou o título do Campeonato de Equipes e o de piloto com Robert Shwartzman.[2]

Atualmente compete no Campeonato de Fórmula 2 da FIA (desde 2017),[3] no Campeonato de Fórmula 3 da FIA (desde 2019), no Campeonato Europeu Regional de Fórmula, na Fórmula Abarth/Fórmula 4 Italiana (desde 2010) e na Fórmula 4 ADAC (desde 2015). Anteriormente também competiu na World Series by Renault (2006-2008), na Fórmula 3 Italiana (1984-1999, 2009-2012), na Fórmula 3 Alemã (2000-2002), na Fórmula Renault (2000–2008, 2012-2014) e no Formula 3 Euro Series/Campeonato Europeu de Fórmula 3 da FIA.

Referências

  1. «Driver Standings - Formula 2» (em inglês). fiaformula2.com. Consultado em 26 de agosto de 2018 
  2. «GP Rússia F3, Corrida 1: Robert Shwartzman campeão». autosport.pt. 28 de setembro de 2019. Consultado em 30 de setembro de 2019 
  3. «GP2 2016: Prema-Powerteam ersetzt Lazarus». Motorsport-Total. 7 de outubro de 2015. Consultado em 3 de março de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Prema Powerteam
Ícone de esboço Este artigo sobre Automobilismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.