Presença de Anita (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Presença de Anita
Presença de Anita (BRA)
 Brasil
1951 •  p&b •  88 min 
Direção Ruggero Jacobbi
Produção Mario Civelli
Roteiro Mário Donato
Ruggero Jacobbi
Género romance
Música Enrico Simonetti
Direção de fotografia Mario Pagés
Edição Carla Civelli
Companhia(s) produtora(s) Cinematográfica Maristela
Idioma português

Presença de Anita é uma adaptação cinematográfica do livro homônimo de Mário Donato, dirigida em 1951 por Ruggero Jacobbi.

Primeiro filme produzido pela Cinematográfica Maristela, tem música de Enrico Simonetti.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Baseado num “best-seller” de Mário Donato, conta a história de um homem casado com mulher da alta sociedade que, apaixonado por outra mulher e não encontrando solução para seu matrimônio, mata a amante Anita, porém fracassa ao tentar suicidar-se.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.