Presente (álbum)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde agosto de 2012). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Presente
Coletânea musical de Renato Russo
Lançamento 2003
Gênero(s) MPB/Entrevistas
Duração 64:09
Idioma(s) Português/Inglês
Formato(s) CD
Gravadora(s) EMI
Cronologia de Renato Russo
Identidade: Renato Russo
(2002)
O Talento de Renato Russo
(2004)
Singles de Presente
  1. "Mais uma Vez"
    Lançamento: 14 de março de 2003 (2003-03-14)[1]

Presente é um álbum póstumo do cantor e compositor Renato Russo, lançado em março de 2003, sete anos após sua morte.[2][3]

Os familiares de Renato Russo permitiram que o jornalista e produtor Marcelo Fróes vasculhasse os arquivos pessoais do cantor em busca de alguma espécie de material que pudesse ser utilizado em um disco ou algo do tipo. Com este material e a ajuda do então diretor artístico da gravadora EMI, Jorge Davidson, Fróes começou o projeto de um disco a ser lançado no aniversário de nascimento de Renato e, por isso, se chamaria "Presente".

Fróes encontrou parte das canções em gravações caseiras de Renato, como "Hoje" (dueto com a cantora Leila Pinheiro), "Boomerang Blues" (composição de Renato gravada pelo Barão Vermelho) e "Thunder Road" (cover do cantor norte-americano Bruce Springsteen). Também foram incluídas canções já lançadas anteriormente, como "A Cruz e a Espada" (dueto com Paulo Ricardo, ex-RPM), "A Carta" (dueto com Erasmo Carlos), "Quando Eu Estiver Cantando" (regravação de Cazuza, gravada ao vivo no show Viva Cazuza, realizado em Outubro de 1990, três meses após a morte de Cazuza) e "Gente Humilde" (dueto com o violonista Hélio Delmiro, gravada para o Songbook Vinícius de Moraes vol. 3, em homenagem aos 90 anos de nascimento de Vinícius de Moraes), além de uma edição das canções "Cathedral Song" (cover da cantora Tanita Tikaram) e "Catedral" (versão em português da mesma, gravada pela cantora Zélia Duncan) em uma só canção. Também foram incluídos trechos de entrevistas raras concedidas por Renato a Marcelo Fróes, em 1994, 1995 e 1996.

O principal sucesso desde álbum é "Mais uma Vez", composição de Renato Russo em parceria com Flávio Venturini, que foi gravada pelo grupo 14 Bis (do qual Venturini ainda era membro) em 1987. Foi produzida uma nova versão da canção, em 2002, apenas com a voz de Renato Russo. Esta versão se tornaria o single principal do disco, além de ser incluída na trilha sonora da telenovela Mulheres Apaixonadas, exibida pela Rede Globo em 2003. Também foi incluída no disco a versão original gravada em 1987, que foi remixada.

Faixas[editar | editar código-fonte]

N.º Título Compositor(es) Participação especial Duração
1. "Mais uma Vez"   Flávio Venturini / Renato Russo   3:58
2. "Hoje"   Renato Russo / Leila Pinheiro Leila Pinheiro 4:14
3. "Boomerang Blues"   Renato Russo   3:29
4. "Cathedral Song" /
"Catedral"  
Tanita Tikaram
Tanita Tikaram - Versão: Christian Oyens

Zélia Duncan
2:55
5. "A Cruz e a Espada"   Luiz Schiavon / Paulo Ricardo Paulo Ricardo 3:10
6. "A Carta"   Benil Santos / Raul Sampaio Erasmo Carlos 4:08
7. "Gente Humilde"   Chico Buarque / Garoto / Vinicius de Moraes Hélio Delmiro 3:37
8. "Thunder Road"   Bruce Springsteen   3:34
9. "Quando Eu Estiver Cantando" /
"Endless Love" (Ao vivo)
João Rebouças / Cazuza
Lionel Richie
  4:23
10. "Entrevista 1" (Trechos de entrevista concedida no dia 1 de dezembro de 1994)     10:07
11. "Entrevista 2" (Trechos de entrevista concedida no dia 20 de setembro de 1995)     8:36
12. "Entrevista 3" (Trechos de entrevista concedida no dia 6 de julho de 1996)     7:27
13. "Mais uma Vez" (Versão original) Flávio Venturini / Renato Russo 14 Bis 4:31
Duração total:
64:09

Referências


Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.