Presidência Imperial

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Presidência Imperial (em inglês: Imperial Presidency) é um termo popular nos Estados Unidos que surgiu na década de 1960 que serviu como título para uma das obras do historiador americano Arthur M. Schlesinger Jr. que descrevia o papel moderno da presidência dos Estados Unidos. Ele escreveu o termo no livro The Imperial Presidency, de 1973, que fala sobre suas preocupações sobre o cargo como o fato da, segundo ele, a presidência está fora de controle e que o papel do Presidente extrapolou seus limites constitucionais.[1][2]

Referências

  1. Schlesinger, Arthur M., Jr., The Imperial Presidency, Boston: Houghton Mifflin Company, 1973. (ISBN 0395177138)
  2. "The Making of an Imperial President". The New York Times. Página acessada em 27 de agosto de 2016.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]