Este é um artigo bom. Clique aqui para mais informações.

Pretérito Imperfeito, mais que Perfeito

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pretérito Imperfeito, mais que Perfeito
Álbum de grandes êxitos de Resgate
Lançamento 22 de julho de 2011[1]
Gravação 19912010
Gênero(s) Rock cristão, hard rock, pop rock
Duração 78:19
Idioma(s) Português
Formato(s) CD, download digital
Gravadora(s) Sony Music Brasil
Produção Resgate
Arranjos Resgate
Cronologia de Resgate
Último
Último
Ainda não É o Último
(2010)
Este Lado para Cima
(2012)
Próximo
Próximo
Singles de Pretérito Imperfeito, mais que Perfeito
  1. "Assim Caminha a Humanidade?"
    Lançamento: Julho de 2011[2]

Pretérito Imperfeito, mais que Perfeito é um álbum de grandes êxitos da banda brasileira de rock Resgate, lançado em julho de 2011 pela gravadora Sony Music Brasil em comemoração dos 20 anos do grupo.

Escolhendo faixas de todos os álbuns até então lançados, além da inédita "Assim Caminha a Humanidade?", o Resgate decidiu lançar o álbum como forma de relembrar a sua evolução musical e conceitual. Nas palavras do vocalista e guitarrista Zé Bruno, a banda realizou várias seleções, procurando encontrar as canções que mais agradaram ao público e o quarteto. O seu projeto gráfico conteve fotos do arquivo pessoal do conjunto, além de depoimentos dos integrantes a respeito do processo de composição das músicas escolhidas para a compilação.

Pretérito Imperfeito, mais que Perfeito foi lançado em CD, posteriormente distribuído no formato digital, recebendo avaliações positivas da mídia especializada, principalmente referente à escolha do repertório. É o último projeto com a participação do tecladista Dudu Borges, que deixaria o Resgate no ano seguinte.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Entre 2009 e 2010, o Resgate gravara o álbum Ainda não É o Último no estúdio VIP,[3] pertencente ao tecladista e produtor da banda, Dudu Borges.[4] Para o disco, o grupo gravou treze canções, mas os integrantes achavam que a quantidade final era grande, sendo necessário retirar uma das músicas do repertório. Dentre elas, tinham que escolher dentre "O Vesúvio" e "Assim Caminha a Humanidade?". O vocalista Zé Bruno preferiu que a última ficasse para o projeto, mas os demais optaram pela primeira.[5]

O lançamento do álbum, primeiro disco lançado pelo selo gospel da gravadora Sony Music Brasil recebeu boas avaliações da mídia especializada[3] [6] [7] e também do público. A banda passou a viajar numa constância maior em relação aos anos anteriores, incluindo uma pequena turnê em Londres ocorrida entre outubro e novembro de 2010, onde gravaram o clipe de "Jack, Joe and Nancy in the Mall".[8] [9] Nesta época, a Gospel Records, gravadora que distribuía os discos mais antigos do Resgate encerrou as atividades, fazendo com que todos os discos anteriores do quarteto deixassem de ser comercializados.[10] O lançamento de uma coletânea de seus maiores sucessos tornou-se então uma forma de substituir o antigo catálogo.[11]

Cquote1.svg Estamos acelerando a cada dia, recuperando o tempo perdido. Creio que o balanço é muito positivo. Somos uma banda velha desbravando um caminho que pra nós é novo. É como se a banda estivesse começando, tocando em lugares que nunca tocou. As pessoas estão nos vendo pela primeira vez, só que com uma diferença, já cantam as músicas há anos. É uma banda nova que o povo já conhecia. Tá bão. Cquote2.svg
Zé Bruno, a respeito da maior quantidade de shows feito pela banda neste período.[12]

Conceito e repertório[editar | editar código-fonte]

Achamos legal a ideia do título, a vida de cada um de nós mortais, é feita de imperfeições. Se não fosse assim, não teria graça. Ser imperfeito é o caminho perfeito para depender do que é perfeito e nunca depender da nossa imperfeição.

-Banda sobre o disco, em seu encarte.[5]

O título Pretérito Imperfeito, mais que Perfeito foi escolhido pelo Resgate como síntese do disco. Na opinião de seus integrantes, a coletânea conta a história da banda, desde as composições mais simples e elementares do início, os problemas encontrados durante este tempo e as ações do grupo para contorná-los. Desta forma, o quinteto se viu na posição de imperfeitos, mas evoluindo para a perfeição.[5]

Após o fim da Gospel Records, a banda decidiu lançar uma coletânea que viesse a representar os discos mais antigos, cuja distribuição seria descontinuada. O guitarrista Hamilton Gomes afirmou: "O objetivo de lançarmos esse trabalho é registrar através da nova gravadora os grandes sucessos de CDs que não mais estaremos lançando. Optamos por reunir os nossos sucessos neste trabalho e a partir daí descontinuar os trabalhos anteriores que ainda têm uma procura pelo público, mas que não tínhamos como atendê-los. Dessa forma, atendemos o público mais jovem que ainda não teve tanto acesso à nossa discografia e atendemos aos nossos fãs de longa estrada que a partir de agora têm a possibilidade de rever nossos sucessos num mesmo CD."[11]

Segundo o vocalista Zé Bruno, o repertório do álbum foi escolhido através de quatro listas que a banda fez. A seleção levou em conta canções que agradam a banda e o público gostam, descartando as que não cumpriam os critérios exigidos. "Foi engraçado, tem gente que pergunta, “por que não aquela?”. É difícil agradar a todos, mas acho que fizemos uma boa seleção."[12] Dos álbuns até Até eu Envelhecer (2006), o Resgate chegou a dezenove canções,[13] com três faixas dos discos On The Rock (1995) e Praise (2000). Segundo Zé, o destaque em On The Rock ocorre pela produção de Paulo Anhaia na época, considerando que o músico foi uma "Escola do rock", assistindo e supervisionando os ensaios, melhorando arranjos e auxiliando o conjunto na época. Na visão de Hamilton, Praise foi um trabalho importante para sua discografia, principalmente por ter sido gravado no estúdio Midas, de Rick Bonadio (produtor que gravou com o grupo anteriormente) e ter sido produzido com equipamentos até então nunca utilizados por seus membros. Por outro lado, Eu Continuo de Pé abrangeu somente a música "Pra Todos os Efeitos", na qual, na visão de Zé Bruno, foi um dos poucos pontos positivos do álbum.[5]

Trecho de "Assim Caminha a Humanidade?".

Problemas para escutar este arquivo? Veja a ajuda.

A inédita "Assim Caminha a Humanidade?" foi gravada nas sessões de Ainda não É o Último, e foi guardada após a banda entrar numa discussão. Segundo Zé Bruno, havia muitas canções no repertório do disco, e acharam necessário retirar uma do álbum. "O Vesúvio" e "Assim Caminha a Humanidade?" eram as candidatas. O vocalista optou por manter a última, no entanto, os demais preferiram deixar "O Vesúvio" no projeto.[5] [12] Escrita pelo cantor, a faixa é, em sua opinião autobiográfica, abordando os erros e acertos dos seres humanos, assim como dos membros do Resgate. Mais tarde, o músico afirmou que a faixa foi a mais apropriada para Pretérito Imperfeito, mais que Perfeito.[5]

A produção musical da coletânea como um todo foi creditada ao Resgate, embora "Assim Caminha a Humanidade?" tenha créditos exclusivos ao tecladista Dudu Borges, que a gravou no estúdio VIP, pertencente ao músico. A masterização da compilação ficou a cargo de Cláudio Abuchaim e a edição por Perle Amandini. Algumas canções foram reduzidas na coletânea. "Ele Vem", "Palavras" e "Passo a Passo" são estes casos.[5] [14] Sua produção ocorreu em meados de abril de 2011.[15]

Projeto gráfico[editar | editar código-fonte]

O encarte do álbum foi produzido por Carlos André Gomes, designer responsável pelo trabalho anterior do Resgate.[16] O material contém várias fotos pertencentes ao arquivo pessoal da banda, incluindo depoimentos de como cada canção surgiu, abrangendo também a letra de "Assim Caminha a Humanidade?". A obra foi lançada em formato digipack.[5] [14]

Lançamento e recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Super Gospel (favorável)[14]
O Propagador 5 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svg[6]

Pretérito Imperfeito, mais que Perfeito foi planejado para ser lançado entre o final de maio e o início junho de 2011, para coincidir com o aniversário da banda,[15] mas seu lançamento atrasou, saindo no final de julho de 2011 no formato físico.[1] O álbum, distribuído pela Sony Music recebeu avaliações positivas da mídia especializada. O portal O Propagador atribuiu cinco estrelas de cinco, alegando que o disco não possui apenas a função de compilar os maiores sucessos da banda, mas que, juntamente com fotos e depoimentos dos integrantes transforma-se em uma espécie de documentário.[6]

Integrantes do Resgate durante apresentação da banda em 2013. Da esquerda para a direita: Marcelo Amorim, Zé Bruno e Hamilton Gomes.

Roberto Azevedo do Super Gospel também foi favorável à compilação, afirmando que através do disco nota-se "a evolução da banda". O autor também teceu comentários a respeito do projeto gráfico, produzido por Carlos André Gomes, relacionando com o projeto anterior, Ainda não É o Último. Em sua opinião, o design do disco tornou-o mais atrativo.[14]

Na época do lançamento do disco, a canção "Assim Caminha a Humanidade?" foi divulgada para audição nas redes da gravadora como single.[2] Ainda, a banda lançou um aplicativo para a plataforma iOS em comemoração dos vinte e dois anos do Resgate, contendo sua discografia, agenda e outras informações.[17]

Um mês antes do lançamento de Pretérito Imperfeito, mais que Perfeito, o tecladista Dudu Borges disse que seu tempo estava cada vez mais escasso para a banda: "Só quero poder tocar mais com minha banda Resgate, que é uma coisa que me deixa muito feliz e infelizmente não tenho tido tempo nesses últimos meses... e quem sabe ainda essa começar um disco novo da banda".[18] O disco sucessor, Este Lado para Cima, lançado em 2012 não possui a participação de Dudu e retoma a parceria do Resgate com Paulo Anhaia,[19] enquanto Borges continuou a trabalhar com músicos e duplas da música sertaneja.[20]

Faixas[editar | editar código-fonte]

A seguir está a lista de faixas do disco Pretérito Imperfeito mais que Perfeito, segundo seu encarte.[5]

N.º Título Compositor(es) Álbum original Duração
1. "Rock da Vovó"   Hamilton Gomes e Zé Bruno Vida, Jesus & Rock'n'Roll 3:43
2. "Ele Vem" (editada) Zé Bruno Vida, Jesus & Rock'n'Roll 3:55
3. "Daniel"   Zé Bruno Novos Rumos 3:55
4. "Todo Som"   Zé Bruno Novos Rumos 4:26
5. "Acusador"   Zé Bruno On The Rock 3:31
6. "5:50 AM"   Hamilton Gomes e Zé Bruno On The Rock 3:33
7. "Palavras" (editada) Zé Bruno On The Rock 4:03
8. "Liberdade"   Zé Bruno Resgate 3:23
9. "Em Todo o Lugar"   Zé Bruno Resgate 3:57
10. "Restauração"   Hamilton, Marcelo, Zé e Jorge Bruno Praise 4:04
11. "Infinitamente Mais"   Hamilton, Marcelo, Zé e Jorge Bruno Praise 3:38
12. "Nome da Paz"   Hamilton, Marcelo, Zé, Jorge e Estevam Hernandes Praise 3:55
13. "Luciféia"   Hamilton, Marcelo, Zé, Jorge e Estevam Hernandes Acústico 3:22
14. "Água Viva"   Hamilton, Marcelo, Zé, Jorge e Sônia Hernandes Acústico 4:32
15. "Para Todos os Efeitos"   Zé Bruno Eu Continuo de Pé 4:07
16. "O Rio"   Zé Bruno Ao Vivo 3:43
17. "Meu Lugar"   Zé Bruno Ao Vivo 3:54
18. "Passo a Passo" (editada) Hamilton, Marcelo, Zé e Jorge Bruno Até eu Envelhecer 3:48
19. "Astronauta"   Hamilton Gomes e Zé Bruno Até eu Envelhecer 4:33
20. "Assim Caminha a Humanidade?"   Zé Bruno   4:08
Duração total:
78:19

Ficha técnica[editar | editar código-fonte]

A seguir estão listados os músicos envolvidos na produção de Pretérito Imperfeito, mais que Perfeito:[5]

Banda
Músicos convidados
  • Paulo Anhaia - teclado, vocal de apoio
  • Rick Bonadio - engenheiro de áudio
  • Edson Guidetti - guitarra
  • Woody - piano, órgão hammond
  • Priscila - vocal de apoio
  • Dani Quirino - vocal de apoio
  • Fati - vocal de apoio
  • Érica - vocal de apoio
  • Léia - vocal de apoio
  • Débora - vocal de apoio
Equipe técnica
  • Resgate - produção musical
  • Claudio Abuchaim - masterização
  • Perle Amandini - edição
Projeto gráfico e design
  • Carlos André Gomes - design e direção de arte
  • Rony Santos - assistência de arte
  • Sandro Mesquita - supervisão de arte

Referências

  1. a b Banda Resgate apresenta “Pretérito Imperfeito Mais que Perfeito” Padom (22 de julho de 2011). Visitado em 27 de fevereiro de 2015. Cópia arquivada em 6 de novembro de 2011.
  2. a b Resgate lança CD Pretérito Imperfeito, Mais Que Perfeito. Ouça o single Assim Caminha a humanidade? Super Gospel (23 de julho de 2011). Visitado em 27 de fevereiro de 2015. Cópia arquivada em 27 de fevereiro de 2015.
  3. a b Eduardo, Alex (Junho de 2010). Banda Resgate - Ainda não É o Último Casa Gospel. Visitado em 27 de fevereiro de 2015. Cópia arquivada em 11 de novembro de 2010.
  4. Banda Resgate fala de novo CD após quatro anos sem gravar Revista Comunhão (28 de junho de 2010). Visitado em 27 de fevereiro de 2015. Cópia arquivada em 27 de fevereiro de 2015.
  5. a b c d e f g h i j (2011) Créditos do álbum Pretérito Imperfeito, mais que Perfeito por Resgate. Sony Music Brasil.
  6. a b c Resgate - discografia e obra O Propagador. Visitado em 26 de fevereiro de 2015.
  7. Gomes, Gleison (9 de julho de 2010). CD Ainda não é o último (Resgate) - Análise Super Gospel. Visitado em 27 de fevereiro de 2015.
  8. Novidades da turnê da Banda Resgate em Londres Gospel Prime (4 de novembro de 2010). Visitado em 27 de fevereiro de 2015. Cópia arquivada em 13 de abril de 2013.
  9. 5 perguntas para Banda Resgate Guia-me. Visitado em 27 de fevereiro de 2015. Cópia arquivada em 27 de fevereiro de 2015.
  10. A gravadora Gospel Records encerra oficialmente as suas atividades Super Gospel (11 de abril de 2010). Visitado em 27 de fevereiro de 2015. Cópia arquivada em 26 de abril de 2012.
  11. a b Gregório, Neto (22 de julho de 2011). Banda Resgate apresenta “Pretérito Imperfeito Mais que Perfeito” Gospel Prime. Visitado em 27 de fevereiro de 2015. Cópia arquivada em 30 de setembro de 2013.
  12. a b c Banda Resgate - Entrevista com Zé Bruno Renatto Manga (Agosto de 2011). Visitado em 27 de fevereiro de 2015. Cópia arquivada em 28 de fevereiro de 2015.
  13. Ramos, Rafael (Junho de 2011). Assim caminha a Banda Resgate Gospel no Divã. Visitado em 27 de fevereiro de 2015. Cópia arquivada em 28 de fevereiro de 2015.
  14. a b c d Azevedo, Roberto (19 de agosto de 2011). CD Pretérito Imperfeito, mais que Perfeito (Resgate) - Análise Super Gospel. Visitado em 27 de fevereiro de 2015.
  15. a b Resgate finaliza coletânea com grandes sucessos Gospel Prime (26 de abril de 2011). Visitado em 27 de fevereiro de 2015. Cópia arquivada em 12 de abril de 2013.
  16. Ramos, Rafael (Julho de 2011). Conheça o novo CD da Banda Resgate Gospel no Divã. Visitado em 27 de fevereiro de 2015. Cópia arquivada em 28 de fevereiro de 2015.
  17. Lopes, Leiliane (6 de maio de 2011). Resgate em comemoração a 22 anos de carreira disponibiliza app gratuitamente Gospel Prime. Visitado em 27 de fevereiro de 2015. Cópia arquivada em 12 de abril de 2013.
  18. Azevedo, Roberto (21 de junho de 2011). Confira nossa conversa com Dudu Borges, considerado um dos melhores produtores musicais do país Super Gospel. Visitado em 28 de fevereiro de 2015. Cópia arquivada em 2 de setembro de 2011.
  19. Giammelaro, Jefferson Guedes (28 de novembro de 2013). Resenha - Este Lado para Cima - Resgate Whiplash.net. Visitado em 28 de fevereiro de 2015. Cópia arquivada em 20 de dezembro de 2014.
  20. Piunti, André (15 de abril de 2013). Bastidores: Entrevista com Dudu Borges Universo Sertanejo. Visitado em 28 de fevereiro de 2015. Cópia arquivada em 10 de agosto de 2014.