Primeira Batalha de Rastan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Batalha de Rastan de 2011
Guerra Civil Síria
Data 27 de Setembro - 1 de Outubro de 2011
Local Al-Rastan, Síria
Desfecho Vitória do Governo Sírio
  • Cidade reconquistada
Beligerantes
Síria República Árabe Síria
Síria Oposição Síria
Comandantes
Desconhecido Síria Maj. Abdul Rahman Sheikh Ali
Síria Ten. Ahmad Mustafa al-Khalaf
Forças
900 soldados
250 veículos blindados
1 000 combatentes[1]
Baixas
Síria 130 mortos, 3.000 apoiantes da Oposição presos Síria 13 mortos, 32 feridos

A primeira batalha de Rastan foi um confronto militar travado durante a guerra civil síria, entre combatentes rebeldes e forças leais ao governo sírio. Começou em 25 setembro de 2011 e terminou em 2 de outubro do mesmo ano, com uma vitória do exército nacional, que assumiu o controle da cidade depois de intensos combates.

Batalha[editar | editar código-fonte]

Depois do exército sírio ter se mobilizado para avançar sobre a cidade de Homs para esmagar a revolta por lá, membros do exército livre da síria e os civis de al-Rastan se rebelaram contra o governo da Síria e tomaram facilmente o controle da cidade. O exército foi obrigado a mandar de volta soldados e cercou a cidade em 25 de setembro.[2]

Na terça-feira, madrugada de 27 de setembro, o exército sírio decidiu passar à ofensiva, movendo-se rapidamente para dentro da cidade e tomou o controle das estradas principais e secundárias da cidade; esta primeira operação fez 20 feridos.[3]

A luta durou até 2 de outubro, quando os poucos rebeldes que restavam fugiram da cidade e as autoridades sírias anunciaram o fim dos combates na região.[4]

Referências

  1. "Syrian tanks pound anti-Assad fighters for 2nd day". Página acessada em 25 de novembro de 2013.
  2. "Some 20 killed in 24 hours across Syria: report". Página acessada em 25 de novembro de 2013.
  3. "Neuf morts dans des opérations militaires en Syrie". Página acessada em 25 de novembro de 2013.
  4. "A Rastan, l’ «armée syrienne libre» a perdu la bataille". Página acessada em 25 de novembro de 2013.