Alice de Albany

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Alice
Princesa do Reino Unido e Condessa de Athlone
Alice com o uniforme da Força Aérea Real do Canadá, em 1945.
Cônjuge Alexandre de Teck
Descendência
May Abel Smith
Rupert Cambridge, Visconde Trematon
Maurício de Teck
Nome completo
Alice Mary Victoria Augusta Pauline
Casa Windsor
Saxe-Coburgo-Gota
Pai Leopoldo, Duque de Albany
Mãe Helena de Waldeck e Pyrmont
Nascimento 25 de fevereiro de 1883
Castelo de Windsor, Berkshire, Inglaterra
Morte 3 de janeiro de 1981 (97 anos)
Palácio de Kensington, Londres, Inglaterra
Enterro Cemitério de Frogmore, Windsor, Berkshire, Inglaterra

Alice Maria Vitória Augusta Paulina, Condessa de Athlone (em inglês: Alice Mary Victoria Augusta Pauline; Castelo de Windsor, 25 de fevereiro de 1883 - Palácio de Kensington, 3 de janeiro de 1981) foi um membro da família real britânica, e uma das netas da rainha Vitória. Ela também deteve os títulos de Princesa de Saxe-Coburgo-Gota e Duquesa da Saxónia, por casamento, até 1917, quando foi ordenada a renunciar os seus títulos germânicos pelas cartas patente do rei Jorge V.

Infância e adolescência[editar | editar código-fonte]

A princesa Alice nasceu em 25 de fevereiro de 1883, no Castelo de Windsor. Seu pai era o príncipe Leopoldo, Duque de Albany, o filho mais novo da rainha Vitória e do príncipe Alberto. Sua mãe era a princesa Helena de Waldeck e Pyrmont. Ela tinha um irmão, o príncipe Carlos Eduardo, que mais tarde subiu ao trono ducal de Saxe-Coburgo-Gota (1900-1918). Como neta de um soberano, através da linha masculina, ela foi princesa do Reino Unido e recebeu o tratamento de Sua Alteza. Como filha do Duque de Albany, recebeu o tratamento de Sua Alteza Real, a princesa Alice de Albany.

Ela foi batizada na capela privada do Castelo de Windsor, em 26 de março de 1883. Seus foram padrinhos a sua avó, a rainha Vitória; a imperatriz Augusta de Saxe-Weimar; o rei Guilherme III dos Países Baixos; Luís IV, Grão-Duque de Hesse; sua avó materna, a princesa Helena de Nassau; o príncipe herdeiro de Bentheim, seu tio Eduardo, Príncipe de Gales (mais tarde rei Eduardo VII), o príncipe Guilherme II de Württemberg; a sua tia paterna, a princesa de Bentheim e Steinfurt, Paulina; e a duquesa de Cambridge, Augusta de Hesse-Cassel.

Casamento[editar | editar código-fonte]

A princesa em 1911.

Em 10 de fevereiro de 1904, a princesa Alice de Albany casou-se com o seu primo em segundo grau, o príncipe Alexandre de Teck, irmão da rainha consorte Maria de Teck, na capela do Castelo de Windsor. Após o casamento, a princesa Alice foi tratada como Sua Alteza Real, a Princesa de Teck. Eles tiveram três filhos:

Tal como a sua avó, a rainha Vitória, a princesa Alice foi também portadora de hemofilia, que ela herdou do seu pai. Seu filho mais velho, Rupert, herdou a doença dela, o que o levou à sua morte prematura num acidente de viação.

Deveres Reais[editar | editar código-fonte]

Em sua vida, a princesa Alice realizou muitos deveres reais. Ela assistiu à coroação de quatro reis: Eduardo VII, Jorge V, Jorge VI e Isabel II, e a abdicação do rei Eduardo VIII. Ela também foi a coronel-chefe das duas unidades do exército britânico, e uma unidade do exército da Rodésia.

Durante a Segunda Guerra Mundial foi comandante honorária da divisão feminina da Royal Canadian Air Force. Em 1950, ela se tornou a primeira chanceler da Universidade das Índias Ocidentais (University College, em seguida, das Índias Ocidentais). Em 1930 até 1960, ela foi presidente do conselho (órgão de gestão) do Royal Holloway College, na Universidade de Londres.

Últimos dias e morte[editar | editar código-fonte]

A princesa Alice morreu em 1981 no Palácio de Kensington, em Londres, durante o reinado de Isabel II. Ela morou lá até 1981, quando ela morreu com a idade de 97 anos e 312 dias. À época de sua morte, ela foi a princesa de sangue real que viveu mais tempo, e a última neta sobrevivente da rainha Vitória.

No entanto, a rainha-mãe Isabel Bowes-Lyon tornou-se, mais tarde, o mais antigo membro vivo da família real britânica, até sua morte em 2002. Pouco tempo depois, a sua cunhada, a princesa Alice, Duquesa de Gloucester, quebrou o recorde, ultrapassando a idade de 100 anos, tendo falecido em 2004.

A condessa encontra-se sepultada no Cemitério de Frogmose, em Windsor, em Berkshire.[1]

Títulos e estilos[editar | editar código-fonte]

Brasão da Condessa de Athlone.
  • 25 de fevereiro de 1883 – 10 de fevereiro de 1904: Sua Alteza Real Princesa Alice de Albany
  • 10 de fevereiro de 1904 – 14 de julho de 1917: Sua Alteza Real Princesa Alexandre de Teck, Duquesa da Saxónia
  • 14 de julho de 1917 – 17 de julho de 1917: Sua Alteza Real Princesa Alice, Lady Cambridge
  • 17 de julho de 1917 – 3 de janeiro de 1981: Sua Alteza Real Princesa Alice, Condessa de Athlone

Honras[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Alice de Albany