Principal Igreja de Ulm

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Principal Igreja de Ulm
Ulmer Muenster Westseite.jpg
Fachada da principal Igreja de Ulm.
Catedral de Colônia
Philadelphia City Hall
Ulm,  Alemanha
Status Completo
Construção 1377-1890
Inauguração 1890
Pedra fundamental 1377
Uso Templo
Altura
Antena 162 m
Construção
Arquiteto Ulrich Ensingen
Contratante Conselho de Ulm

A Principal Igreja de Ulm (em alemão: Ulmer Münster) é a mais alta igreja do mundo, com a torre de 161,53m[1] de altura e 768 degraus[2]. É também um exemplo típico da arquitetura eclesiástica gótica. Embora seja chamada de catedral por seu grande tamanho, a "Catedral" de Ulm nunca foi sede de um bispo.

Assim como a famosa Catedral de Colônia, a Catedral de Ulm permaneceu incompleta até o século XIX. Sua construção, iniciada com o lançamento da pedra fundamental em 1377, foi concluída apenas 513 anos depois, com a colocação de um florão na torre em 31 de maio de 1890.[3]

História[editar | editar código-fonte]

No século XIV, a paróquia de Ulm se localizava fora dos muros da cidade e os burgueses decidiram unir forças para erguer uma nova igreja no centro da cidade e em 1377 foi lançada a pedra fundamental[1]. Para a igreja foram concebidas três naves principais de mesma altura e uma única torre.

Em 1392, Ulrich Ensingen (um dos autores da Catedral de Estrasburgo) foi nomeado arquiteto chefe. Ulrich imediatamente desenvolveu planos para tornar a Catedral a mais alta igreja da Europa.

A Catedral foi consagrada no ano de 1405, no entanto, danos estruturais começaram a surgir devido principalmente a altura das naves e ao peso do pavimento. Para resolver os problemas estruturais foram adicionadas uma centena de colunas nas naves laterais.

Em 1530, a congregação de Ulm converteu-se ao Protestantismo e a igreja tornou-se luterana. Em 1543, as obras foram interrompidas antes que o campanário atingisse a altura de 100 metros[2]. As paralisações foram causadas por fatores políticos e religiosos como a Guerra dos Trinta Anos em 1618 e a Guerra da Sucessão Espanhola em 1703. O resultado foi uma estagnação econômica causando o corte de gastos públicos.

Em 1817, as obras finalmente foram retomadas e, em Maio de 1890, a Catedral era concluída. A Catedral de Ulm sobreviveu praticamente incólume aos bombardeios durante a Segunda Guerra Mundial, embora 80% do centro histórico da cidade tenha sido desvastado.

Arte[editar | editar código-fonte]

Planta da igreja de Ulm.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Ulm Minster» 
  2. a b Tourist Information Ulm/Neu-Ulm. «Ulm Minster (Ulmer Münster)». Atlas Obscura 
  3. «Ulm Münster». Sacredestinations.com. Consultado em 10 de junho de 2011 


Ver também[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Principal Igreja de Ulm


Ícone de esboço Este artigo sobre construção civil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.