Cartão private label

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Private label)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Cartão private label ou cartão de crédito de loja é um tipo de cartão de crédito emitido por um varejista e usualmente válido apenas para a realização de compras nos estabelecimentos de propriedade deste varejista. É diferente dos cartões de crédito de uso universal, pois não tem uma bandeira de aceitação universal em todo o comércio, tais como as bandeiras Mastercard,American Express,Visa e Dinners. Por ter uma aceitação limitada a uma única cadeia de varejistas, é cartão direcionado a um público alvo específico e que, na maioria das vezes, já é cliente deste varejista. O cartão Private Label, quando emitido com uma bandeira universal em nome do estabelecimento, passa a ser chamado de Co-branded, e está habilitado a comprar em outras lojas afiliadas pelos adquirentes das bandeiras universais, além daquela a que foi emitido.

História no Brasil[editar | editar código-fonte]

Seu surgimento no Brasil remonta à década de 1970 com os extintos cartões Mappin e Mesbla, precursores do conceito no Brasil.

De acordo com dados da ABECS (Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços), existiam em 2006, mais de 115 milhões de cartões de loja Private Label, no Brasil.

Administradoras no Brasil[editar | editar código-fonte]

Uma das maiores e mais conhecidas administradoras de Cartões Private Label do Brasil é a Supcard, empresa que tem atuação em todo o território nacional e com maior predominância no Norte e Nordeste do Brasil.

A Supcard fornece soluções inovadoras para pequenos, médios e grandes varejistas e além do Cartão Private Label, eles oferecem o cartão fidelidade, cartão convênio, cartão recargas, cartão presentes e muitos outros.

Vantagens de ter o Cartão Private Label em sua Loja[editar | editar código-fonte]

Fidelização

Esta é uma das principais características do cartão private label, pois aumenta a probabilidade do cliente frequentar a sua loja por mais vezes, quer seja para efetuar um pagamento, quer seja para usufruir de outras vantagens oferecidas pelo serviço.

No momento de realizar este controle, é importante ter o auxílio de um sistema de gestão, afinal a mensuração de resultados se dará com muito mais eficácia e assertividade.

Desburocratização

A obtenção do cartão private label é rápida e totalmente desburocratizada. Para ter um, na maioria dos estabelecimentos, basta apresentar CPF e um documento com nome. Não há a necessidade de grandes análises de cadastro. Também são poucas as lojas que exigem comprovantes de residência e de renda.

E mais interessante em se trabalhar com esta modalidade: não é necessário que o cliente tenha conta em banco, o que significa operar num universo de 40% da população.

Aumento certeiro em número de clientes e volume de vendas.

Crédito facilitado

Para o cliente que possui um cartão private label, o fato de não precisar se preocupar com o limite do seu cartão de crédito bandeirado e, muito menos, mexer com seu histórico bancário é uma vantagem, visto que sua loja determinará estes limites e eventuais descontos na compra e isso certamente colabora na relação de seu estabelecimento com o consumidor.

Com o cartão private label ele poderá parcelar as compras, contratar financiamentos com juros e prazos diferenciados e sem a autorização do sistema financeiro. A efetivação de qualquer negócio será entre lojista e cliente.

Parcerias

O cartão private label também permite estabelecer e reforçar parcerias com outros estabelecimentos. Obter vantagens em farmácias e restaurantes, por exemplo, vai depender apenas do credenciamento, desses, ao varejo emissor do cartão. Ganha seu cliente, ganha você.

Referências[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Tecnologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.