Problema Diffie–Hellman

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikitext.svg
Este artigo ou seção precisa ser wikificado (desde julho de 2011).
Por favor ajude a formatar este artigo de acordo com as diretrizes estabelecidas no livro de estilo.

O problema Diffie-Hellman (PDH), em inglês Diffie–Hellman problem (DHP) é um problema matemático que foi primeiramente proposto por Whitfield Diffie e Martin Hellman no contexto de criptografia. A motivação para este problema é que muitos sistemas seguros usam operações matemáticas que são fácil de calcular, mas difíceis para inverter. Por exemplo, eles possibilitam encriptar uma mensagem, mas inverter a encriptação é difícil. Se resolver o PDH fosse fácil, estes esquemas seriam facilmente quebrados.

Descrição do problema[editar | editar código-fonte]

O problema Diffie-Hellman é declarado informalmente como seguinte: Dado um elemento g e os valores de gx e gy, qual o valor de gxy? Formalmente, g é um gerador de algum grupo (tipicamente o grupo multiplicativo de um corpo finito ou m grupo de curva elíptica) e x e y são inteiros escolhidos aleatoriamente. Por exemplo, na troca de chave Diffie-Hellman, um abelhudo observa gx e gy, trocados como parte do protocolo, e as duas partes ambas calculam a chave partilhada gxy. Um meio rápido de resolver o PDH permitiria um abelhudo violar a privacidade da troca de chave de Diffie-Hellman e muitas das suas variantes, incluindo o esquema de encriptação ElGmal.

Outras variantes[editar | editar código-fonte]

Muitas variantes do problema Diffie-Hellman foram consideradas. A variante mais significativa é o problema decisional Diffie-Hellman (decisional Diffie-Hellman problem, DDHP), que consistir em distinguir gxy de um grupo de elementos aleatórios, dados g, gx e gy. Algumas vezes o PDH é chamado o problema computacional Diffie-Hellman (computacional Diffie-Hellman problem) para distinguir mais claramente do DDHP. Recentemente, grupos com emparelhamentos tornaram-se populares e nestes grupos o DDHP é fácil, no entanto, o DHP é ainda assumido ser difícil.

Referências

Tradução do artigo em inglês [Diffie–Hellman]