Procópio (guardião de Olímpia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Procópio
Morte século IV
Nacionalidade
Vexilloid of the Roman Empire.svg
Império Romano
Ocupação Oficial

Procópio (em latim: Procopius) foi um romano do século IV, ativo em Constantinopla. Tornou-se guardião de Olímpia em 386 após a morte de seu pai; foi descrito por Gregório de Nazianzo como um dos grandes (megaloi). Talvez fosse proeminente senador na cidade e criou uma filha cujo nome é desconhecido e que casou em 386. Procópio recebeu algumas epístolas de Gregório: 90, 128 (de 381/2) e 193—4 (de 386). Talvez seja identificável com algum dos homônimos do período.[1]

Referências

  1. Martindale 1971, p. 744.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Martindale, J. R.; A. H. M. Jones (1971). «Procopius 7». The Prosopography of the Later Roman Empire, Vol. I AD 260-395. Cambridge e Nova Iorque: Cambridge University Press