Processo de Czochralski

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O processo Czochralski.

O Processo Czochralski é um método de cultura de cristais usado para a produção industrial de monocristais de uma diversidade de materiais cristalinos para os quais se pretende elevada pureza e cristais isentos de defeitos. A metodologia é utilizada na produção de materiais semicondutores, como o silício, o germânio e o arseneto de gálio, de metais para os quais se pretende um elevado grau de pureza química, como o paládio, a platina, a prata e o ouro, e de diversos sais e gemas sintéticas. A designação do processo honra o cientista polaco Jan Czochralski, que descobriu o método em 1916, quando estudava a velocidade de cristalização de alguns metais.[1][2]

Referências

  1. (Polish), (English), Paweł Tomaszewski, ""Jan Czochralski i jego metoda" (ang.Jan Czochralski and his method), Oficyna Wydawnicza ATUT, Wrocław–Kcynia 2003, ISBN 83-89247-27-5
  2. J. Czochralski (1918) "Ein neues Verfahren zur Messung der Kristallisationsgeschwindigkeit der Metalle" [A new method for the measurement of the crystallization rate of metals], Zeitschrift für Physikalische Chemie, 92 : 219–221.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre metalurgia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.