Prodromus Systematis Naturalis Regni Vegetabilis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Frontispício do Volume 1

Prodromus Systematic Naturalis Regni Vegetabilis, também conhecido pela sua abreviatura Prodr. (DC.), é um tratado de Botânica em 17 volumes, iniciado por A. P. de Candolle. De Candolle tencionava torná-lo num sumário de todas as espécies vegetais com semente conhecidas até então, compreendendo material sobre taxonomia, ecologia, evolução e biogeografia. Foi o autor de sete volumes, entre 1824 e 1839, tendo morrido em 1841. O seu filho, Alphonse de Candolle, retomou o trabalho, editando mais dez volumes, com a contribuição de uma variedade de autores.

Lista de autores[editar | editar código-fonte]

Lista de autores que colaboraram em Prodromus[1] .

Referências

  1. Frans A. Stafleu & Richard S. Cowan (1976) : Taxonomic literature. A selective guide to botanical publications and collections with dates, commentaries and types. Volume 1: A–G, p. 446. Utrecht: Bohn, Scheltema & Holkema.

Notas[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.