Professor Girafales

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Professor Girafales
Nome completo Inocencio Jirafales
Língua original Mexicano
Morada Desconhecida
Nascimento 1933
Idade 40
Origem  México
Dublagem Portiguara Lopes
Osmiro Campos (1984-2015)
Dário de Castro
Série(s) Chaves
Temporada(s) 1973-1992
2006-presente
Outros Los Supergénios de la Mesa Quadrada
Primeira aparição Seu Madruga Pintor (1973)
Roupa Suja Lava-se em Público (1980)
Última aparição Antes Um Tanque Funcionando Que Uma Lavadora Encrencada (1980)
Aula de Inglês (1992)
Interpretado por Rubén Aguirre
Projecto Televisão  · Portal Televisão

O Professor Girafales (no original espanhol, Profesor Jirafales) é um personagem do seriado Chaves, seu nome completo é Inocencio Jirafales interpretado pelo ator Rubén Aguirre.

Antes mesmo da criação do seriado Chaves, o professor integrava o elenco do programa Los Supergénios de la Mesa Cuadrada, onde Chespirito interpretava o Dr. Chapatín. Em contrapartida, foi o último dos personagens secundários a estrear no seriado: Senhor Barriga e Dona Clotilde estrearam em 1972, enquanto Girafales estreou somente em 1973. Depois dele estrearam Nhonho e Pópis.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Girafales trabalha como professor da segunda série do primeiro ano da escola primária em que as crianças da vila estudam. Na sala de aula ele ensina seus alunos diversas matérias, como aritmética, higiene, geometria, botânica, geografia, história, espanhol/português, inglês e canto. Em alguns episódios mostra também que tem habilidades em carpintaria, calistenia e esgrima.

Como professor, tem grande apreço pelo seu trabalho e se apresenta como sendo uma pessoa culta e de bons costumes, por vezes sendo orgulhoso e arrogante. Irrita-se facilmente com qualquer atitude incorreta, negativa ou anti-ética dos que se relaciona. Por vezes, é tratado como Professor Linguiça (por ser muito alto) ou outros apelidos, fatos estes que o causam grande irritação.

Girafales também tem um relacionamento com Dona Florinda e, por isso, faz visitas regulares para tomar café em sua companhia, sempre trazendo um buquê de flores para presenteá-la. Eventualmente também presenteia Quico, filho de Dona Florinda.

Adaptação para o português[editar | editar código-fonte]

A adaptação do seriado Chaves para o português possui erros que afetam o reconhecimento do personagem.

Por vezes o personagem é tratado como "mestre" ao invés de "professor" devido a uma tradução literal do termo espanhol maestro que é comumente utilizado para se referir a um professor. Em outro episódio, uma carta escrita por Girafales é assinada com as iniciais P.J., que são as iniciais de seu nome original em espanhol, Profesor Jirafales.

Relacionamento com outros personagens[editar | editar código-fonte]

  • Chaves: Assim como todos os outros personagens, Girafales é uma das vítimas das trapalhadas do garoto Chaves (tanto na vila quanto na escola onde leciona), que sempre cria apelidos para o professor por este ser muito alto, como "trilho em pé", "mestre linguiça" e "mangueira de bombeiro". Girafales, em contraste, tem muito carinho pelos seus alunos (inclusive Chaves), acreditando que eles são o futuro da pátria, e sempre sai em defesa de todos quando necessário.
  • Dona Florinda: Como já dito acima, Girafales tem um romance com Florinda e sempre que chega à vila, a presenteia com um buquê de flores e é convidado para entrar em sua casa e tomar uma xícara de café.
  • Quico: Pelo que se pode ver, Girafales pensa que, para chegar ao coração de Florinda, deve-se conquistar Quico. O professor prometeu a ele uma bola quadrada, a qual o menino espera todos os dias. Girafales também o presenteia com coisas como gatos, raquetes e bolas de pingue-pongue. Em contrapartida, Quico o chama de pápi, mas sempre corrige para querido professor. Quico sempre tem esperanças de um dia tê-lo como seu pai. Assim como os demais alunos, Girafales também tem que aguentar as besteiras e burrices do garoto.
  • Seu Madruga: Por ser namorado de Dona Florinda, que se acha superior a Seu Madruga e aos outros vizinhos, Girafales se sente superior ao estar com Seu Madruga, pois adora corrigir os erros e zombar da ignorância do caloteiro, além de se envolver em problemas pessoais de Madruga que não lhe convém, bancando o pedagogo ou querendo se mostrar mais sábio que Madruga. Inseguro, Girafales imagina que possa ser trocado por Madruga, no coração de Florinda, em algumas situações, nas quais se mostra bastante ciumento. Porém, se mostra muito amigo de Madruga em alguns episódios, tanto que por diversas vezes, o vê como um galante, um conquistador a quem pode pedir conselhos amorosos, assim como quando auxiliou Madruga ou se juntou a este para ensinar esportes ás crianças.
  • Seu Barriga: Girafales tem uma relação de respeito para com Seu Barriga, por ambos haverem tido educação de qualidade e serem cultos. É muito raro ver ambos em conflito, a não ser em situações quando Girafales discorda das posições tomadas por Barriga, ou quando o professor sente um clima de paquera entre Barriga e Florinda, dando a entender que possui por ele, em relação a Florinda, o mesmo ciúme que por Madruga.
  • Dona Clotilde: É muito difícil ver ambos se interagindo. Apesar de investir mais em Seu Madruga, Dona Clotilde ainda tem uma queda por Girafales, na verdade, tem uma queda por qualquer homem.
  • Demais crianças: Nas crianças, Girafales vê o futuro da pátria e tenta de tudo para fazê-las aprender. Entretanto, elas se mostram ignorantes na escola, seguidamente falando asneiras.
  • Glória: No episódio As Novas Vizinhas, Girafales tem um interesse por Glória, e quando vê-la fica encantado (ele chega a ponto até de fazer o favor de pegar a cesta para ela, quando ela deixa acidentalmente cair), e se encanta por ela, deixando Dona Florinda de lado. Assim como Dona Clotilde e a Chiquinha, Dona Florinda fica com inveja da vizinha, e convida Seu Madruga para tomar uma xícara de café, no lugar do professor, dizendo que "São regras de educação elementar que a gente pratica naturalmente".

Violência[editar | editar código-fonte]

Como costuma demonstrar em muitos episódios, Girafales é contra qualquer ato de violência, tanto que costuma apartar muitas brigas envolvendo outros personagens(essas cenas envolvem principalmente crianças como Chaves e Quico) e costuma dizer que "violência não resolve nada!", declarando-se inimigo das lutas e brigas. Mas se contradiz em muitas situações, como nas vezes em que sua forma de resolver contratempos era batendo em Madruga ou Senhor Barriga, assim como quando agrediu fisicamente o dono de um parque de diversões que ironicamente zombou de Dona Florinda.

Já se mostrou espancando Seu Madruga muitas vezes, às vezes sem motivo algum ou devido a um mal entendido, como em "Bilhetes Trocados" e "Seu Madruga Sapateiro"; ou com a intenção de evitar que Dona Florinda machuque suas "delicadas mãozinhas", como no episódio "A Falta de Água"; ou como no episódio "Os Toureadores" em que um dia ele chegou pronto a vila com uma espada para duelar com Seu Madruga por ter sido visto abraçado com Dona Florinda, sem querer; sentindo-se traído, o professor promete vingança, mas não consegue perfurar Madruga com a espada pois, segundo Chaves, "foi uma punhalada traseira"; por um carrinho de toureiro empurrado pelo garoto.

Foi mostrado batendo em Seu Barriga praticamente pelas mesmas razões, como no episódio "Um bolo para o Professor" (versão de 1974 do episódio "Mal Entendido"), quando o dono da vila acredita que Dona Florinda está interessada nele e então a paquera, gerando ciúmes no professor; Ou quando Barriga fala mal de Madruga e Girafales acredita que o dono da vila está se referindo a ele, ao invés de Madruga.

São raras as ocasiões em que Girafales é mostrado apanhando de outro homem, como no episódio "Um fantasma na vila", onde leva um soco de Madruga, intencionalmente. Também é atingido e nocauteado por um martelo lançado por Madruga no episódio "Seu Madruga Marceneiro", porém esta situação trata-se de um acidente.

Bordões[editar | editar código-fonte]

  • Tá, tá, tá, tá... tá! (quando alguém faz alguma atitude incorreta ou erra seu nome, na maioria das vezes é sempre Chaves que acaba deixando irritado).
  • Que foi que você disse? (quando alguém fala mal dele sem perceber mas é sempre descoberto, porém é sempre Chaves que acaba causando isso).
  • Sou professor e meu nome é Girafales (às vezes fala isso quando alguém lhe fala de Professor Linguiça ou Mestre Linguiça, também às vezes confunde como Sou Linguiça e meu nome é Professor).
  • Por que causa motivo, razão ou circunstância? (fala isso as vezes quando alguém toma uma atitude radical em respeito de algo).
  • Vim lhe trazer este humilde presente! (toda vez que vem visitar Dona Florinda e que afirma que sempre está levado um presente na qual sempre é um buquê de flores, raramente Professor Girafales lhe deu um outro presente).
  • Não seria muito incômodo?
  • Depois da Senhora.
  • Que vergonha, meu Deus!
  • Dona Florinda! (fica encantado quando sempre a visita).
  • Silêncio!
  • É melhor não dizer nada! (dito ao Senhor Madruga, no episódio A Festa da Boa Vizinhança).
  • ''Dona...(às vezes ele erra o nome da Doña Florinda, ele fala por exemplo: Dona Encanamento,Dona Sanguessuga, Dona Poça de Lama, etc.)''

Apelidos[editar | editar código-fonte]

Esses são os apelidos que os personagens que colocaram no Professor Girafales escrito em ''Diário do Chaves'':

  • Mestre (Professor) Linguiça
  • Trem Parado
  • Tobogã de Salto-Alto
  • Laço de Rodeio
  • Tubo de Encanamento
  • Pau-de-Sebo
  • Vara com Pés
  • Intestino Desenrolado
  • Poste de Telefone
  • Espaguete Cru
  • Sinal Vermelho
  • Coluna da Independência
  • Mangueira de Bombeiro
  • Encanamento de 1 km
  • Quilômetro Parado

Dublagem[editar | editar código-fonte]

O Professor Girafales foi dublado inicialmente por Potiguara Lopes, que foi substituído por Osmiro Campos. Com a morte de Osmiro, em 2015, não escolheram um novo dublador para o personagem. O mais cotado é Dário de Castro.