Programa da Tarde

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre programa de 2006 a 2009. Para programa de 2012, veja Programa da Tarde (2012).
Programa da Tarde
Informação geral
Formato Programa de variedades
Duração 90 minutos
País de origem Brasil
Idioma original (em português)
Produção
Diretor(es) Bruno Gomes
Produtor(es) Vildomar Batista
Apresentador(es) Maria Cândida
Olivier Anquier
Exibição
Emissora de televisão original Rede Record
Formato de exibição 480i (SDTV)
Transmissão original 9 de outubro de 20063 de julho de 2009
Cronologia
Programas relacionados Tudo a Ver
Programa da Tarde (2012)

Programa da Tarde foi um programa de televisão brasileiro exibido pela Rede Record e apresentado por Maria Cândida. Entre 2007 e 2008 foi também apresentado pelo chef de cozinha Olivier Anquier.

História[editar | editar código-fonte]

Em março de 2006 Maria Cândida é convocada para apresentar uma segunda versão do Tudo a Ver, que ia ao ar as 14h30 como Tudo a Ver - 1ª edição e trazia algumas diferenças da versão convencional ao apresentar um formato mais próximo do entretenimento. Meses depois a direção da emissora avaliou que o formato fugia a proposta do original do programa, que tinha foco no jornalismo como uma revista eletrônica, e decidiu mover a apresentadora para um programa próprio. Em 9 de outubro entra no ar o Programa da Tarde, seguindo os moldes do formato produzido anteriormente e incluindo outras vertentes do entretenimento, como jogos com o público de casa. Em 9 de julho de 2007 o programa muda o cenário e ganha a co-apresentação de Olivier Anquier[1] e a estreia do Jogo do Namoro, que era apresentado por Maria Cândida e exibido depois das 18h como um programa à parte.[2] Durante a transmissão dos Jogos Panamericanos o programa ganhou férias para dar lugar as transmissões dos torneios esportivos.

Em 2008, Olivier deixou a atração. Nesta época a direção avaliou que o formato tradicional dos programas vespertinos que apresentavam jogos e culinária estava em baixa e decidiu buscar novos moldes, apostando em mais reportagens externas e quadros de viagens. No final de 2008, no entanto, o programa voltou a ser ao vivo com atrações no palco como originalmente criado. Em 2009 o programa ganhou um novo cenário e novos quadros, como "O Contratado", que dava um emprego por semana para apenas um candidatos pré-selecionados pelo portal Curriculum.com.[3] Em 16 de março o programa perdeu uma hora de exibição para a reprise da telenovela Bicho do Mato.[4] Em 3 de julho o programa chega ao fim, sendo substituído por Geraldo Brasil.[5]

Apresentação[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Daniel Castro (maio de 2007). «Novos quadros derrubam audiência do 'Fantástico' - Tudo a Ver». Zapping. Folha. Consultado em 1 de setembro de 2012 
  2. Daniel Castro (janeiro de 2007). «Governo dá canal de TV à Igreja Renascer - Azaração». Zapping. Folha. Consultado em 1 de setembro de 2012 
  3. Miguel Arcanjo Prado (9 de janeiro de 2009). «Flora leva tiro de Lara e é presa em "A Favorita" - Reality da tarde». Zapping. Folha. Consultado em 1 de setembro de 2012 
  4. Dayanne Mikevis (3 de março de 2009). «Mesmo com novo quadro, programa da Record perde do SBT». Folha. Consultado em 1 de setembro de 2012 
  5. «"Programa da Tarde" sai da grade da Record». Folha. 7 de julho de 2009. Consultado em 1 de setembro de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.