Programar por exemplo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Em ciência da computação, programar por exemplo (PpE), também conhecido como programar por demonstração ou, mais comumente, programação demonstracional, é uma técnica de desenvolvimento utilizada por usuários finais para ensinar a um computador novos comportamentos demonstrando ações sobre exemplos concretos. O sistema registra ações do usuário e infere um programa (rotina) genérico que pode ser usado em novos exemplos.

PpE pretende ser mais fácil do que a programação tradicional, a qual via de regra requer aprendizagem e utilização de uma linguagem. Muitos sistemas PpE foram desenvolvidos como protótipos de pesquisa, porém alguns poucos encontraram larga aplicação na vida cotidiana, como é o caso das planilhas eletrônicas. Mais recentemente, PpE provou ser um paradigma útil para criar fluxos de trabalhos científicos. PpE é usada em dois clientes independentes para o protocolo BioMOBY: Seahawk e Gbrowse Moby. Ainda, o termo “programar por demonstração” foi amplamente adotado pelos pesquisadores em robótica para designar o ensino de novos comportamentos a um robô através da demonstração física da tarefa.