Prosper Jolyot de Crébillon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Prosper Jolyot de Crébillon
Nascimento 13 de janeiro de 1674
Dijon
Morte 17 de junho de 1762 (88 anos)
Paris
Cidadania França
Filho(s) Claude-Prosper Jolyot de Crébillon
Alma mater Collège des Quatre-Nations, Universidade de Paris
Ocupação poeta, dramaturgo, escritor

Prosper Jolyot de Crébillon (Dijon, 13 de janeiro de 1674 - Paris, 17 de junho de 1762) foi um poeta trágico francês.

Formou-se em direito em Dijon e a seguir empregou-se com um procurador parisiense que o incentivou a escrever. Sua primeira peça, a tragédia La Mort des Enfants de Brutus, foi um fracasso. Idimenée, de 1705 teve um pouco mais de sucesso e com Atrée et Thyeste, de 1707, Crébillon firmou sua inclinação para o terror, que seria sua caracterísitca. Em 1711 escreveu Rhadamiste et Zénobie, considerada sua melhor obra e que teve êxito até a época romântica. Em 1714 escreveu Xerxés, mas a obra não teve uma repercussão maior. Em vista disso, o poeta isolou-se da sociedade por nove anos. Inesperadamente, foi eleito para a Academia Francesa.

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Prosper Jolyot de Crébillon
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.