Província de Satsuma

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mapa das províncias japonesas (1868) com a província de Satsuma em destaque

Satsuma (薩摩国, Satsuma no Kuni?) foi uma antiga província do Japão na parte ocidental da prefeitura de Kagoshima na ilha de Kyūshū. Sua abreviação é Sasshū (薩州). [1]

Durante o Período Sengoku, Satsuma era um feudo dos daimyō Shimazu, que dominava a maior parte do sul de Kyūshū a partir do seu castelo na cidade de Kagoshima. Em 1871, com a abolição dos domínios feudais e a criação de prefeituras após a Restauração Meiji, as províncias de Satsuma e Ōsumi foram combinadas para formar a prefeitura de Kagoshima.

Satsuma era uma das principais províncias opostas ao Xogunato Tokugawa no século XIX. Por isso, a oligarquia que subiu ao poder com a "Restauração Meiji" de 1868 tinha uma forte representação de Satsuma, com líderes como Ōkubo Toshimichi e Saigō Takamori ocupando posições-chave no governo.

Satsuma é conhecida pela sua produção de batata-doce, conhecida no Japão como 薩摩芋 (satsumaimo ou "Batata de Satsuma").

Referências

  1. Frédéric, Louis. Japan Encyclopedia. [S.l.]: Harvard University Press, 2002. 1102 p. ISBN 0674017536

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia do Japão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.