Psyche (sonda espacial)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Impressão artística da sonda Psyche

Psyche é uma sonda espacial que irá explorar a origem dos núcleos planetários, estudando o asteroide metálico 16 Psique.[1] Este asteroide pode ser o núcleo de ferro exposto de um protoplaneta, provavelmente sendo o remanescente de uma colisão violenta com outro objeto que removeu sua crosta exterior. Lindy Elkins-Tanton da Universidade do Estado do Arizona, em Tempe, Arizona, é o investigador principal, que propôs esta missão ao Programa Discovery da NASA. O Laboratório de Propulsão a Jato da NASA gerenciará o projeto.

16 Psique é o asteroide do tipo M conhecido mais pesado. As observações de radar do asteroide realizados a partir da Terra indicam uma composição de ferro e níquel.[2] Em 4 de janeiro de 2017, a missão Psique foi escolhida juntamente com a missão de Lucy como a próxima missão da classe Discovery da NASA.[3]

A Psyche está programada para ser lançada em 1 de agosto de 2022,[4] e a inserção da sonda na órbita do asteroide está prevista para ocorrer em 31 de janeiro de 2026.

Referências

  1. Chang, Kenneth (6 de janeiro de 2017). «A Metal Ball the Size of Massachusetts That NASA Wants to Explore». New York Times. Consultado em 5 de maio de 2017 
  2. «33th Largest Asteroid, 16 Psyche». Astronomy: The Solar System and Beyond. 15 de abril de 2012. Consultado em 5 de maio de 2017 
  3. «In the 2020s NASA will launch spacecraft to study Jupiter's asteroids, and another made of metal». The Verge. 4 de janeiro de 2017. Consultado em 5 de maio de 2017 
  4. Brown, Dwayne (4 de janeiro de 2017). «NASA Selects Two Missions to Explore the Early Solar System». NASA News. Consultado em 5 de maio de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Psyche (sonda espacial)