Psycho (canção de Muse)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Psycho"
Single promocional de Muse
do álbum Drones
Lançamento 12 de março de 2015
Gravação 2014-15
The Warehouse Studio, Vancouver, Canadá
Gênero(s) Hard rock
Duração 5:16
Gravadora(s) Helium 3, Warner Bros.
Composição Matthew Bellamy
Produção Robert Lange, Muse
Faixas de Drones
"[Drill Sergeant]"
(2)
"Mercy"
(4)

"Psycho" é uma canção da banda britânica de rock Muse, que esta no seu sétimo álbum intitulado Drones. Foi liberado pela primeira vez em 12 de março de 2015 como o primeiro single promocional do disco. Mais tarde ele foi lançado como um b-side da música "Dead Inside".[1]

Composição[editar | editar código-fonte]

O riff principal da canção já era apresentado há anos nos shows ao vivo da banda, mais notavelmente na canção "Stockholm Syndrome", conforme pode ser visto no dvd HAARP.[2] Ao responder a um fã no twitter Twitter, o guitarrista e vocalista do grupo, Matthew Bellamy, referiu-se às letras explícitas da música como "ofensivas demais para os rádios".[3]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Em 28 de fevereiro de 2015, Matthew Bellamy anunciou, no seu twitter, que a canção seria liberado oficialmente, acompanhada de um artigo falando sobre lavagem cerebral, confirmando a narrativa que o álbum teria como um todo.[4] A 11 de março, "Psycho" foi lançado para que fez a pré-compra do disco.[5] No mesmo dia, um vídeo com a letra da música foi lançado na conta da banda no site YouTube.[6]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

A canção dividiu algumas opiniões, mas no geral foi bem recebida. Na sua resenha, a revista NME descreveu a música como "de volta ao básico". A revista elogiou a 'franqueza' da canção. Foi comentado que, após a gravação do The 2nd Law, a banda queria "voltar as origens" com Drones e a NME disse que eles conseguiram isso. Eles afirmaram: "pela primeira vez em 11 anos, esta faixa parace que foi feita por três homens numa sala, arrebentando seus instrumentos, escrevendo o som mais eviscerado que eles conseguem fazer, ao contrário dos últimos álbuns. Foi-se embora a grandeza ficção-científica transcendental que nos acostumamos a ouvir do trio. No seu lugar, está algo mais humano e baseado em realidade. [...] Muse reapareceu como um provocador, mais direto e cheio de fúria do que nos seus trabalhos anteriores".[2]

O vocal de Bellamy também foi elogiado pela NME, onde afirmaram que era "uma malevolência ... algo não visto antes". Se referindo a letra da canção foi dito: "a raiva é mais direta do que nunca. Sem alegorias de lagartos do espaço. Nada de filosofar sobre a era espacial ou ecos profundos de aviso ... No seu lugar temos uma explosão cheia de palavrões, sem enrolações, sobre a natureza da sociedade moderna". Especulando sobre a letra da faixa e a vida pessoal de Bellamy, a resenha sugere que "o rosnado que ele faz na letra, como na parte 'amor, ele te levará a lugar nenhum', sem dúvida fará alguns fãs questionarem se é sobre o termino do seu relacionamento com Kate Hudson, o que pode ter impactado sua psique durante o processo de criação do álbum".[2]

Tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

Paradas (2015) Melhor
posição
 Alemanha (Media Control Charts)[7] 96
 Austrália (ARIA Charts)[7] 44
 Áustria (Ö3 Austria Top 40)[7] 56
 Bélgica (Ultratop 50 Flandres)[8] 10
 Bélgica (Ultratop 40 Valônia)[9] 38
Flag of Spain.svg Espanha (PROMUSICAE)[7] 25
 Finlândia (Billboard)[10] 10
 França (SNEP)[7] 13
 Países Baixos (Single Top 100)[7] 58
Suíça (Schweizer Hitparade)[7] 13
 México (Billboard Airplay)[11] 20
Escócia (Official Charts Company)[12] 33
 Reino Unido (UK Singles Chart)[13] 55
 Estados Unidos (Billboard Hot Rock Songs)[14] 18

Referências

  1. "Muse premieres new song 'Psycho'". Página acessada em 6 de junho de 2015.
  2. a b c «Muse 'Psycho' Track Review: Matt Bellamy And Co Supercharge A 16-Year-Old Riff For Back-To-Basics New Sound». NME. Consultado em 24 de março de 2015 
  3. «Matthew Bellamy Tweet». Twitter. Consultado em 24 de março de 2015 
  4. «Matthew Bellamy Tweet». Twitter. 28 de fevereiro de 2015. Consultado em 5 de junho de 2015 
  5. «iTunes accidentally reveal new Muse album pre-order info». NME. 11 de março de 2015. Consultado em 24 de março de 2015 
  6. "Watch creepy "Psycho lyric video by Muse". Página acessada em 5 de junho de 2015.
  7. a b c d e f g "Muse - Psycho (song)". Charts.com. Página acessada em 5 de junho de 2015.
  8. «Ultratop.be – Muse – Psycho». Ultratop 50. Consultado em 5 de junho de 2015 
  9. «Ultratop.be – Muse – Psycho». Ultratop 40. Consultado em 5 de junho de 2015 
  10. «Finland Digital Songs : Mar 28, 2015». Billboard biz. Consultado em 21 de março de 2015. (pede subscrição (ajuda)) 
  11. «Mexico Ingles Airplay : Mar 28, 2015». Billboard biz. Consultado em 21 de março de 2015. (pede subscrição (ajuda)) 
  12. «15 March 2015». Scottish Singles Chart. Consultado em 21 de março de 2015 
  13. «15 March 2015». The Official Charts Company. Consultado em 21 de março de 2015 
  14. "Muse - Hot Rock Songs". Página acessada em 5 de junho de 2015.
Ícone de esboço Este artigo sobre um single de Muse é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.