Psycho Killer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Psycho Killer"
Single de Talking Heads
do álbum Talking Heads: 77
Lado B Psycho Killer (Versão acústica)
Lançamento Estados Unidos 1977
Formato(s) Vinil compacto
Gravação 1977
Gênero(s)
Duração 4:20
Gravadora(s) Sire Records
Composição David Byrne, Chris Frantz e Tina Weymouth
Produção Tony Bongiovi, Lance Quinn
Cronologia de singles de Talking Heads
"Uh-Oh, Love Comes to Town"
(1977)
"Pulled Up"
(1978)

"Psycho Killer" é uma canção da banda Talking Heads, do álbum Talking Heads: 77 de 1977.

Sobre a música[editar | editar código-fonte]

Bill Janovitz, crítico do Allmusic, diz: "De alguma forma, David Byrne ficou assustadoramente convincente fazendo o papel de um estranho perturbado. A narrativa de Byrne entoa sinistros avisos, acompanhados por um ritmo insistente e uma memorável linha de contra-baixo por Tina Weymouth.[1]

Parte do refrão e a ponte são cantadas em francês. A frase "Qu'est-ce que c'est?" significa "O que é isso?". A ponte tem o seguinte significado:

Ce que j'ai fait, ce soir-là (O que eu fiz naquela noite)
Ce qu'elle-à dit, ce soir-là (O que ela disse naquela noite)
Réalisant mon espoir (Realizando minhas esperanças)
Je me lance vers la gloire, okay (Eu me atiro em direção a glória, OK)

A parte do "Fa Fa Fa Fa" vêm da música "Fa-Fa-Fa-Fa-Fa (Sad Song)", do cantor de soul Otis Redding. A música soul foi uma influência para o Talking Heads.[4]

Faixas do Single[editar | editar código-fonte]

N.º TítuloCompositor(es) Duração
1. "Psycho Killer"  David Byrne, Chris Frantz e Tina Weymouth[5] 4:20
2. "Psycho Killer (Versão acústica)"  David Byrne, Chris Frantz e Tina Weymouth 4:20

Recepção e crítica[editar | editar código-fonte]

A música alcançou o 92º lugar na Billboard Hot 100, passando 5 semanas no chart.[6] Na Holanda, "Psycho Killer" chegou ao 13º lugar.[7]

Presença na Mídia[editar | editar código-fonte]

"Psycho Killer" aparece na trilha sonora dos filmes Julie & Julia, Behind the Mask: The Rise of Leslie Vernon e Summer of Sam, entre outros. A música também é presente nos seriados Heroes (Episódio "Chapter Three "Building 26""), Os Simpsons (Episódio "Treehouse of Horror XIX") e Shameless.[8] É uma das faixas interativas do videogame Rock Band 2. A música também faz parte do episódio Because the Night, da série The Vampire Diaries, e do episódio 2 da série Mindhunter.

Outras versões[editar | editar código-fonte]

"Psycho Killer" foi interpretada por Barenaked Ladies e Velvet Revolver, entre outros.[9] A banda Tom Tom Club, formada pelos ex-integrantes do Talking Heads Tina Weymouth e Chris Frantz, toca a música em apresentações ao vivo, com Tina nos vocais.[4]

Referências

  1. a b c «Psycho Killer - Talking Heads | Song Info | AllMusic». AllMusic. Consultado em 27 de outubro de 2018 
  2. Leicht, Angelica (1 de janeiro de 2015). «10 '70s Songs That Will Give You Your Groove Back». Houston Press 
  3. Potton, Ed (15 de agosto de 2015). «David Byrne: composer, curator, cyclist — not just a Talking Head». The Times (em inglês). ISSN 0140-0460 
  4. a b «"Psycho Killer" em Songfacts.com» (em inglês). Songfacts.com. Consultado em 24 Julho 2011 
  5. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome Allmusic
  6. «Talking Heads Chart History na Billboard» (em inglês). Billboard.com. Consultado em 24 Julho 2011 
  7. «Dutch Charts: Talking Heads - Psycho Killer» (em Holândes). Dutchcharts.nl. Consultado em 9 de agosto de 2012 
  8. «IMDB - "Psycho Killer" em Trilhas Sonoras» (em inglês). IMDB.com. Consultado em 24 Julho 2011 
  9. «"Psycho Killer" em WhoSampled.com» (em inglês). WhoSampled.com. Consultado em 24 Julho 2011