Editoração

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Publicações)

Editoração ou publicação é o gerenciamento da produção de publicações de caráter periódico e não periódico. É ainda o ato pelo qual um texto (enunciado lingüístico oral ou escrito) é enviado para várias pessoas, que a ele poderão ter livre acesso por vontade própria; ou seja, a publicação é o momento em que uma comunicação deixa de ser particular, privada, individual ou pessoal e torna-se pública.

Os objectos de produção editorial, também chamados de publicações, das quais há três grandes categorias: livros (classificados internacionalmente por ISBN), periódicos (revistas e jornais, classificados internacionalmente com ISSN) e publicações on-line (encontráveis pelo localizador ou URL). Mais recentemente, a produção editorial foi elevada a todo tipo de material de comunicação impresso ou eletrônico, reproduzido em gráfica ou em série, como CDs, fitas e até websites e CD-Roms.[1] A editoração de um livro é o processo de transformar as ideias de um determinado autor em informação acessível e útil para um certo grupo ou para certa finalidade, compreendendo as etapas de: seleção de originais, preparação dos originais, projeto gráfico, diagramação, revisão e produção gráfica para a impressão. Portanto, inclui a edição de textos (ligada à área de letras) e de arte (ligada à área de design). Por ser abrangente, o conceito de editoração é mais amplo que o de editoração eletrônica, uma das fases do processo de produção editorial que compreende a diagramação/composição e a pré-impressão.

No Brasil[editar | editar código-fonte]

Embora ainda escassos, existem cursos de graduação em editoração no Brasil, entre os quais o de Editoração da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo e os de Produção Editorial da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Universidade Federal de Santa Maria e da Universidade Anhembi Morumbi, além do curso de Letras com ênfase em Tecnologias da Edição, do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais. Outras instituições brasileiras de ensino superior chegaram a ter ofertas de cursos de editoração ou similares, mas estas foram interrompidas.

Devido à desproporção entre a baixa quantidade de alunos formados por esses cursos e a oferta de trabalho no mercado editorial, somada ao quase nulo conhecimento dos cursos existentes por boa parte dos empreendimentos da área, muitos trabalhos editoriais acabam sendo feitos por profissionais graduados em outros cursos, como jornalismo, biblioteconomia, design gráfico, publicidade, letras, história e filosofia. Cada vez mais, editoras, no entanto, têm dado preferência a profissionais formados em Editoração e Produção Editorial, cuja formação é direcionada ao desempenho das funções exigidas.

Referências

  1. «Editoração» (em inglês). Tesauro de Arte e Arquitetura. Consultado em 13 de agosto de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]