PublishNews

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Logo oficial do PublishNews
PublishNews
Carrenho Editorial LTDA ME
Slogan Aqui você lê o mercado editorial
Requer pagamento? Não
Gênero Portal de notícias editoriais
Cadastro Gratuito
País de origem  Brasil
Idioma(s) Português
Lançamento 20 de julho de 2001 (16 anos)
Proprietário Carlo Carrenho
Página oficial publishnews.com.br

PublishNews é um portal especializado em notícias e informações sobre a indústria do livro. Foi criado em 20 de julho de 2001 pelo editor e consultor Carlo Carrenho. O PublishNews publica a lista de mais vendidos mais completa e sua aferição é considerada pelas editoras a mais confiável do país,[1] sendo uma referência para os livreiros brasileiros.[2] O site possui uma newsletter diária e gratuita que já conta com 13 mil assinantes.[3][4] Desde janeiro de 2013, o editor-chefe do PublishNews é o jornalista e dramaturgo[5] Leonardo Neto.

História[editar | editar código-fonte]

Em 20 de julho de 2001, chegava à caixa de entrada de cerca de 30 profissionais do livro a primeira edição do PublishNews. Criada por Carlo Carrenho, a newsletter diária, cuja primeira edição foi enviada apenas para seus amigos, começou então a informar seus assinantes o que se publicava e falava sobre mercado editorial nos principais jornais do Brasil e de outros países. No início, a newsletter era apenas um clipping de notícias.

Com sete anos de idade, o PublishNews já alcançava mais de 5.500 pessoas e, aos dez anos, passou dos 11 mil assinantes. A maioria dos assinantes são profissionais do livro, tanto do mercado editorial como do livreiro.

Meio na contramão da maioria das histórias internéticas, primeiro veio a newsletter e só depois de oito anos de existência o PublishNews disponibilizou um portal.

Em setembro de 2010, o PublishNews lançou sua lista de mais vendidos, que hoje é a mais respeitada do Brasil.

A lista de mais vendidos[editar | editar código-fonte]

A lista de mais vendidos do PublishNews foi publicada pela primeira vez em 19/09/2010. Desde então, é publicada ininterruptamente toda sexta-feira. Sua aferição é considerada pelas editoras a mais confiável do país,[1] sendo uma referência para os livreiros brasileiros.[2] Entre seus diferenciais, ela traz os números apurados, possui um ranking de editoras, tem cinco categorias de 20 livros cada uma e ainda aponta os livros mais vendidos do país em uma categoria geral.

As cinco categorias da lista de mais vendidos do PublishNews são: Ficção, Não Ficção, Autoajuda, Infantojuvenil e Negócios. As informações são fornecidas pelas seguintes redes de livrarias:

Presença internacional[editar | editar código-fonte]

O PublishNews publica anualmente, desde 2012, o Global Ranking of the Publishing Industry, em parceria com Livres Hebdo, The Bookseller, buchreport e Publishers Weekly. O relatório é o resultado de uma pesquisa realizada pelo consultor austríaco Ruediger Wischenbart e traz uma análise do ranking dos maiores grupos editoriais do mundo.[6]

Com os mesmos parceiros, também desde 2012, o PublishNews realiza o CEO Talk na Feira do Livro de Frankfurt, que já teve entre seus convidados executivos como Brian Murray e Marcus Dohle.[7]

Em 2012 e em 2015, o PublishNews foi media sponsor da conferência Digital Book World, organizada em Nova Iorque.

Os editores-chefes[editar | editar código-fonte]

Alicia Klein,  a 

Renata Sturm,  a 

Maria Fernanda Rodrigues, janeiro de 2010 a setembro de 2011

Roberta Campassi,  a 

Iona Teixeira Stevens, agosto de 2012 a janeiro de 2014

Leonardo Neto, fevereiro de 2014 até a presente data

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Notas e Referências

  1. a b Marco Rodrigo Almeida (3 de janeiro de 2013). «Eles não chegam lá». Folha de S.Paulo. Consultado em 17 de maio de 2015 
  2. a b Reinaldo Azevedo (7 de outubro de 2012). «O País dos Petralhas II». Veja. Consultado em 17 de maio de 2015 
  3. «"Nada a perder" já vendeu meio milhão de cópias em 100 dias». noticias.r7.com. Consultado em 31 de dezembro de 2012 
  4. «Briga de cachorro grande». observatoriodaimprensa.com.br. Consultado em 31 de dezembro de 2012 
  5. Dirceu Alves Jr. «Ele, Ela, os Outros». VEJA SP. Consultado em 22 de maio de 2015 
  6. Ruediger Wischenbart. «The Global Ranking of the Publishing Industry». Consultado em 17 de maio de 2015 
  7. «Frankfurt CEO Talk featuring Brian Murray, President and CEO of HarperCollins». Frankfurt Buchmesse. 29 de julho de 2014. Consultado em 17 de maio de 2015 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um website é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.