Pussy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Pussy"
Single de Rammstein
do álbum Liebe ist für alle da
Lançamento 18 de setembro de 2009
Formato(s) CD, LP, Download digital
Gravação Sonoma Mountain Recording Estate, San Rafael, Califórnia, Estados Unidos, 2009
Gênero(s) Neue Deutsche Härte, Metal industrial
Duração 9:07
Gravadora(s) Universal Music
Produção Jacob Hellner
Rammstein
Cronologia de singles de Rammstein
"Mann gegen Mann"
(2006)
"Ich tu dir weh"
(2010)

"Pussy" é um single da banda alemã Rammstein. Foi lançado como o primeiro single do sexto álbum da banda, Liebe ist für alle da, em 18 de setembro de 2009.

A música foi lançada com um vídeo controverso e sexualmente explícito, no qual os membros da banda, retratados por dublês, durante alguns dos closes de partes específicas do corpo, são vistos fazendo sexo com mulheres.[1]

O primeiro vídeo promocional do single foi lançado on-line em 16 de setembro de 2009 no Gauntlet.[2] O vídeo também confirmou o novo título do álbum.

"Pussy" foi o primeiro single número um do Rammstein na Alemanha. A música também foi remixada pela banda Scooter, e o remix apareceu mais tarde no single "Ich tu dir weh". Foi a primeira música do Rammstein a ser lançada após um hiato de 3 anos.

Vídeo[editar | editar código-fonte]

O vídeo foi dirigido por Jonas Åkerlund e foi lançado em 16 de setembro de 2009. No vídeo, os membros da banda são vistos com jovens mulheres, cada um deles em um contexto diferente: Till como um playboy, Christoph como um executivo e chefe de uma secretária sedutora, Paul como um cowboy, Oliver como um masoquista, Richard como um festeiro e Flake como um hermafrodita. Essas cenas são intercaladas com cenas da banda tocando a música em um ambiente escuro. As cenas ficam cada vez mais pornográficas conforme o vídeo avança, tornando-se sexo explícito nos últimos segundos. O vídeo termina com cada um dos membros ejaculando em suas respectivas parceiras.

Letra[editar | editar código-fonte]

As letras abordam o turismo sexual com linhas como "Alleine in das Ausland fahren" ("Para dirigir sozinho em um país estrangeiro") e "Eu não posso transar na Alemanha". As letras da música são parcialmente em inglês, e incluem uma menção à Autobahn, e a linha aparentemente sem sentido "Reise, Reise, Fahrvergnügen", uma referência às aparições da cultura alemã. No comercialismo americano (este último de uma campanha publicitária da Volkswagen, o primeiro de um dos álbuns anteriores de Rammstein). Juntos, esses aspectos da música criam um contraste entre os costumes sexuais da sociedade alemã e da América.

Performance ao vivo[editar | editar código-fonte]

"Pussy" estreou ao vivo, como a maioria das músicas de Rammstein, durante os concertos exclusivos para fãs realizados em Berlim em outubro de 2009. "Pussy" foi a última música do set principal da turnê "Liebe ist für alle da", e continuou em todas as outras turnês. Quando tocado ao vivo, o vocalista Till Lindemann monta em um canhão gigante que se assemelha a um pênis (embora um maior e mais realista tenha sido usado durante os primeiros concertos da turnê Made in Germany, mas foi substituído pelo original por razões desconhecidas) e jorra espuma sobre o público, enquanto confetes caem do teto, muito parecido com "Amerika".

Faixas[editar | editar código-fonte]

N.º Título Duração
1. "Pussy" (Radio Edit) 3:48
2. "Rammlied"   5:19
Duração total:
9:07

Paradas[editar | editar código-fonte]

Paradas (2009) Posição
 Bélgica (Belgium Singles Chart)[3] 7
 Noruega (Norwegian Singles Chart)[4] 16
 Países Baixos (Dutch Singles Chart)[5] 18
 Áustria (Austrian Singles Chart)[6] 4
 Dinamarca (Danish Singles Chart)[7] 37
União Europeia (Eurochart Hot 100)[8] 6
 Finlândia (Finnish Singles Chart)[9] 1
 França (French Singles Chart)[10] 13
 Alemanha (German Singles Chart)[11] 1
 Suécia (Swedish Singles Chart)[12] 22
Suíça (Swiss Singles Chart)[13] 12
 Reino Unido (UK Singles Chart)[14] 95
 Reino Unido (UK Rock Chart)[15] 2

Paradas de fim de ano (2009)[editar | editar código-fonte]

Paradas Posição
 Alemanha[16] 42

Referências

  1. [1]
  2. [2]
  3. [3] [ligação inativa]
  4. [4]
  5. [5]
  6. [6]
  7. [7]
  8. «Charts». Billboard. Consultado em 10 de janeiro de 2015 
  9. [8]
  10. «MCM - La chaîne 100% mec». MCM. Consultado em 10 de janeiro de 2015. Arquivado do original em 14 de outubro de 2009 
  11. «MusikWoche - News - Charts KW 41: Madonna und Rammstein vorn». Mediabiz.de. Consultado em 10 de janeiro de 2015 
  12. «Sverigetopplistan - Sveriges Officiella Topplista». Sverigetopplistan.se. Consultado em 10 de janeiro de 2015 
  13. [9]
  14. [10] Arquivado em 14 de março de 2009 no Wayback Machine.
  15. «Rock singles». Consultado em 30 de setembro de 2009. Arquivado do original em 29 de junho de 2009 
  16. «Single Jahreschrts 2009». Consultado em 26 de maio de 2010. Arquivado do original em 25 de janeiro de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]