Pyotr Dubrov

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Pyotr Dubrov
Nome completo Pyotr Valerievich Dubrov
Nascimento 30 de janeiro de 1978 (43 anos)
Khabarovsk, Rússia, RSFS
Nacionalidade Russo
Ocupação Engenheiro de software
Carreira espacial
Cosmonauta da Roscosmos
Tempo no espaço Em missão espacial desde 9 de abril de 2021: 288 dia(s) e 11 hora(s)
Seleção 08.10.2012[1]
Tempo de AEV 29h 49m[2]
Missões
Insígnia da missão Soyuz-MS-18-Mission-Patch.png ISS Expedition 64 Patch.png ISS Expedition 65 Patch.png ISS Expedition 66 Patch.svg Soyuz MS-19 Mission Patch.png

Pyotr Valerievich Dubrov (russo: Пётр Валерьевич Дубров) (30 de janeiro de 1978) é um engenheiro russo e cosmonauta selecionado pela Roscosmos em 2012.

Juventude e educação[editar | editar código-fonte]

Dubrov nasceu no dia 30 de janeiro de 1978 em Khabarovsk, Rússia. Atendeu a escola secundária Nº.13 de Khabarovsk e estudou na Universidade Estatal de Khabarovsk, formando-se em 1999 em Software para Engenharia de Computadores e Sistemas Automáticos. Após formar-se, foi trabalhar como um engenheiro de software no CBOSS Development International LLC.[3]

Carreira como cosmonauta[editar | editar código-fonte]

Dubrov foi selecionado pela Roscosmos como um cosmonauta no dia 8 de outubro de 2012, como um dos oito cosmonautas do grupo de 2012. Anna Kikina, uma das poucas cosmonautas selecionadas pela agência, também foi desse grupo.[4]

Dubrov e seus sete colegas começaram a treinar no Centro de Treinamento de Cosmonautas Yuri Gagarin no dia 29 de outubro de 2012. De 4 até 6 de fevereiro de 2013 ele participou no treino de sobrevivência no inverno ao lado de Anna Kikina e Oleg Blinov, para o caso improvável da Soyuz pousar e as equipes de resgate não puderem chegar na nave por vários dias. Ele formou-se como cosmonauta no dia 14 de julho de 2014.[5]

Em 2020, foi-lhe atribuída a posição de reserva na Soyuz MS-17, sendo reserva do cosmonauta Sergei Kud-Sverchkov como engenheiro de voo nas expedições 63/64.[6]

Dubrov ficará cerca de um ano entre as expedições 64 e 67, onde ajudou na produção do filme dos participantes da Soyuz MS-19 e abrirá caminho para outras expedições de um ano da Rússia.[7]

Referências[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Pyotr Dubrov
  1. «Cosmonaut Biography: Pyotr Dubrov». 9 de abril de 2021. Consultado em 9 de abril de 2021 
  2. «Pyotr Dubrov: EVA experience». 19 de janeiro de 2022. Consultado em 20 de janeiro de 2022 
  3. «Биографии космонавтов СССР и РФ» (em russo). Consultado em 14 de junho de 2020 
  4. «Набор 2012 года» (em russo). 4 de fevereiro de 2019. Consultado em 14 de junho de 2020 
  5. «Пётр Валерьевич Дубров» (em russo). 14 de outubro de 2020. Consultado em 14 de junho de 2020 
  6. «Экипажи на подготовке» (em russo). Consultado em 14 de junho de 2020 
  7. «Russia to switch to year-long expeditions to orbital outpost, says Roscosmos chief». 16 de junho de 2021. Consultado em 12 de julho de 2021