Queijo picante da Beira Baixa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Queijo Picante da Beira Baixa
Queijo picante da Beira Baixa.jpg
País de origem
Origem do leite
Pasteurizado
não
Designação
Tempo de envelhecimento
120 dias

Queijo picante da Beira Baixa é um queijo português oriundo da região da Beira Baixa. Constitui uma denominação de origem protegida, de acordo com as normas da União Europeia.[1] No caso de produção não certificada, é designado como queijo queimoso, nome pelo qual é reconhecido na maioria das aldeias beirãs.[2]

Fabricado com leite de ovelha, ou de cabra, ou com ambos os tipos, é um queijo curado, de pasta semi-dura, com pequenos olhos irregulares ou uniforme, apresentando uma cor acizentada ou branca suja. A coalhada é obtida usando coalho de origem animal, aplicado ao leite cru.[1] Para além do coalho e do leite, inclui também sal, nos seus ingredientes[3]

Possui um aroma intenso e um sabor muito picante, também intenso. A sua forma é cinlíndrica, baixa, com faces lisas, apresentando diâmetros entre 10 e 15 cm e alturas entre 3 e 5 cm. O seu peso pode variar entre 400 g e 1 kg.

A maturação do queijo picante da Beira Baixa leva cerca de 120 dias, devendo realizar-se a uma temperatura compreendida entre os 10 e os 18 ℃ e uma humidade situada entre os 70% e os 80%.

O queijo é produzido nos concelhos de Belmonte, Castelo Branco, Covilhã, Fundão, Idanha-a-Nova, Mação, Oleiros, Penamacor, Proença-a-Nova, Sertã, Vila de Rei e Vila Velha de Ródão.[1]

Deve ser conservado a temperaturas entre os 0 e os 10 ℃, em local limpo.[3]

Consumo[editar | editar código-fonte]

O queijo picante da Beira Baixa pode ser consumido como sobremesa, como entrada ou como merenda, com pão a acompanhá-lo.[1] Pode ainda ser acompanhado por vinho tinto ou café, no fim de uma refeição.[2]

Valor económico[editar | editar código-fonte]

Segundos dados de 2019, foram produzidos neste ano cerca de 26.075 kg de Queijo Picante da Beira Baixa DOP, sendo o décimo queijo com DOP mais produzido em Portugal (cerca de 1,3% da produção nacional). O preço médio do queijo, incluindo IVA, foi de 11,90 euros por kg[4].

Produção[editar | editar código-fonte]

O sistema produtivo do Queijo Picante da Beira Baixa DOP é composto por 96 explorações abastecedoras de leite e 5 queijarias certificadas (dados de 2020)[5].

Referências

  1. a b c d Lifecooler: Queijo picante da Beira Baixa
  2. a b http://www.queijarialourenco.com.pt/queijo/picante[ligação inativa]
  3. a b http://www.beiralacte.com/queijo2.htm
  4. Inovcluster (2021). O Estado da Arte dos Queijos com DOP/IGP em Portugal e na Europa, Dados da DGADR
  5. Inovcluster (2021). Avaliação da Qualidade Físico-Química e Microbiológica do Leite de Pequenos Ruminantes, António Moitinho Rodrigues do Centro de Apoio Tecnológico Agro-Alimentar, Dados da DGADR