Quercus lusitanica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaQuercus lusitanica
Quercus Lusitanica
Quercus Lusitanica
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Spermatophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Fagales
Família: Fagaceae
Género: Quercus
Espécie: Q. lusitanica
Nome binomial
Quercus lusitanica
Lam.

A Quercus Lusitanica, também conhecida como Carvalhiça, Carvalho-anão, Cerqueiro-bravo é uma espécie natural de Portugal, Espanha e Marrocos.[1] É um pequeno arbusto que normalmente não passa dos 50 centímetros de altura, sendo encontrado predominantemente em matas e matagais e suas flores surgem entre abril e junho, agrupadas separadamente por sexo em espigas alongadas pendentes, designadas por amentilhos. O seu fruto é a bolota, que tem entre 10 e 15 milímetros.

Este tipo de Carvalho tem tanino - que se encontra na casca em forma de pó - e é utilizado em curtumes. É também usado no fabrico de barris (com a sua madeira).

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Quercus lusitanica». INaturalist (em inglês). Consultado em 20 de dezembro de 2019