Querei Cã

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Querei Cã
Cã dos Cazaques
Reinado c.1465 - 1473/1474
Sucessor(a) Janibegue Cã
Descendência Burunduque Cã
Casa Borjiguim
Nascimento 1424
  Horda Branca
Morte 1473 ou 1474 (49 ou 50 anos)
  Canato Cazaque
Pai Palat Sultan

Querei Cã ou Kerei Khan (Cazaque; Керей хан , Kereı han: 1424 - 1480) foi o primeiro cã do Canato Cazaque e co-fundador do Cazaquistão juntamente com seu irmão Janibegue. Reinou entre 1473 ou 1474 até sua morte em 1480.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido no Canato da Horda Branca em 1424, sendo membro de uma das famílias governantes daquele estado. No final da década de 1450 ele e seu irmão Janibegue lideraram uma migração de vários súditos ao Mongulistão, com o objetivo de se desvincular do governo de Abu Alcair Cã do Canato Uzbeque. As tribos comandadas pelos irmãos cazaques se estabeleceram entre os rios Chu e Talas. O cã do Mongulistão ofereceu apoio militar e político aos irmãos. Cerca de 2 mil nômades e uniram como súditos de Querei e Janibegue, fundando assim em 1465 o Canato Cazaque e gerando medo em Abu Alcair que em resposta empreendeu uma campanha militar ao Mongulistão em 1468, onde morreu em batalha. Após a morte de Abu Alcair o trono uzbeque foi sucedido por Sheik Haidar. Na mesma época várias tribos oponentes do Canato Uzbeque declararam apoio á Janibegue e Querei. Quanto a Sheik Haidar, ele acabou sendo assassinado pelo siberiano Khan Ibak. Os irmãos dividiram suas regiões de comando, com Querei ficando sob o comando do leste e Janibegue do oeste.

Após 1471 o Canato Cazaque conquistou o Uzbequistão e logo em seguida entrou em guerra contra o Império Timurida. Neste conflito Querei e Janibegue conquistaram várias regiões anteriormente sob o comando timurida. Foi em um destas batalhas que Querei acabou morrendo durante o inverno de 1473 (Ou 1474).[1] O comando do Canato foi sucedido por seu irmão Janibegue que assim como seu irmão, comandou várias batalhas contra os timuridas e outras tribos da região da Ásia Central, consolidando o Canato Cazaque.

Legado[editar | editar código-fonte]

Desde o final do século XV, o termo "Cazaque" adquiriu um caráter político, que passou a designar propriedades feudais individuais que foram criadas por Querei e Janibegue, e a partir do início do século XVI, após parte das tribos se mudarem ao território moderno do Cazaquistão chefiado por Xaibani Cã em Maverannahr, o termo começou a adquirir um caráter étnico. Não se sabe o que separou Querei de Jenibegue e em que local se originou o Canato do Cazaquistão. Vários autores escreveram que o Canato foi formado na virada dos séculos XV para XVI e que a migração de Querei e Janibegue foi apenas o início da formação do Canato do Cazaquistão. [2]

Memorial

Em 1º de junho de 2010, em Astana (Atual Nursultan), próximo ao Museu Presidencial do Cazaquistão, com a participação do então presidente Nursultan Nazarbaev, um monumento a Querei e Janibegue foi inaugurado pelo escultor Renat Abenov. A altura total do monumento desde a base até a coroa do banner é de 12 m, a altura da figura de Janibeque Cã em comprimento total é de 5,25 m, com um spline de 5,45 m. A altura da figura sentada de Querei Cã é de 4 m. O peso do monumento é de 16,2 toneladas. [3]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Kerey Khan». e-history.kz (em russo). Consultado em 8 de novembro de 2020 
  2. «Establishment of the Kazakh Khanate». e-history.kz (em russo). Consultado em 8 de novembro de 2020 
  3. INFORM.KZ (1 de junho de 2010). «Президент Казахстана открыл в столице памятник основоположникам Казахского ханства Керею и Жанибеку». www.inform.kz (em russo). Consultado em 8 de novembro de 2020