Quinteto em Branco e Preto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Quinteto em Branco e Preto
Página oficial
http://www.quintetoembrancoepreto.com

O Quinteto em Branco e Preto é um grupo de samba formado em 1997[1] por jovens instrumentistas, cantores e compositores que se conheceram na noite da cidade de São Paulo, mais precisamente em um bar chamado boca da noite que frequentavam no bairro do Bixiga.

Inicialmente chamado de Quinteto Café com Leite, nome dado pela madrinha Beth Carvalho[2], integram o grupo os irmãos Yvison (Casca), Everson e Vitor Pessoa de São Mateus, Zona Leste de São Paulo e Magnu Sousá e Maurílio de Oliveira, de Santo Amaro, Zona Sul.

Nestes dezessete anos de carreira o quinteto já se apresentou ao lado de alguns dos maiores nomes do samba de nosso país[3], como a própria Beth Carvalho e também Guilherme de Brito, Wilson Moreira, Luiz Carlos da Vila, Nei Lopes, Almir Guineto[4], Walter Alfaiate, Ivone Lara, João Nogueira[5] e Elton Medeiros, Maria Rita[6], Paulo Miklos[7], Seu Jorge, Zélia Duncan, Emicida, Fabiana Cozza, Zeca Pagodinho, Paulinho da Viola, Caetano Veloso, Maria Bethânia, Gilberto Gil, Wilson Moreira, Jamelão, Jair Rodrigues, entre outros.[8]

Gravaram o seu primeiro CD em 2000[9], pela CPC-Umes, chamado "Riqueza do Brasil", com participações de Almir Guineto, Wilson das Neves, Mauro Diniz e Oswaldinho da Cuíca.

Em 2003 lançaram o segundo álbum, pela mesma gravadora, chamado "Sentimento Popular", do qual participaram como convidados Beth Carvalho, Xangô da Mangueira, Nei Lopes e Laércio de Freitas. Composições dos integrantes do Quinteto podem ser encontradas também em discos de Beth Carvalho e Alcione.

No ano de 2004 o Quinteto em Branco e Preto por meio de voto popular, foi um dos artistas premiados no Troféu Raça Negra[10] - como Melhor Grupo Musical.

Em 2008, lançaram o CD "Patrimônio da Humanidade", e em 2012 - o CD "Quinteto" que contou com as participações especiais de Dona Ivone Lara, Banda Mantiqueira e Edi Rock do grupo Racionais MC's, também ano de 2012 o grupo participou do renomado Festival Montreux Jazz Festival

Os irmãos de Santo Amaro, Magnu e Maurílio, são compositores fundadores da Comunidade Samba da Vela, tradicional roda de samba que ocorre no bairro às segundas-feiras há treze anos

Em 2013 o grupo foi vencedor[11] do Prêmio da Música Brasileira, na categoria Melhor Grupo de Samba. E no mesmo ano, teve participação no Álbum: O Glorioso Retorno de Quem Nunca Esteve Aqui do rapper Emicida na cação Hino Vira-lata.

Após a extinção do Quinteto em Branco e Preto - o violonista Everson integrou o grupo Demônios da Garoa[12]. Os irmãos Magnu Sousá e Maurílio de Oliveira seguiram carreira conjunta formando a dupla Prettos[13], lançando em 2016 o album Essência da Origem

Formação[editar | editar código-fonte]

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • Riqueza do Brasil (2000, CPC-Umes)[14]
  • Sentimento Popular (2003, CPC-Umes)
  • Patrimônio da Humanidade (2008, Trama)[15]
  • Quinteto (2012, Sambistica / Radar Record)[16]

Referências

  1. Lima, Luiz Paulo (14 de fevereiro de 2013). «Quinteto em Branco e Preto 15 anos». Instituto Feira Preta 
  2. «Folha de S.Paulo - Música: Pagode sobe na mesa e divide com o samba show de Beth Carvalho - 11/02/2001» 
  3. «Quinteto Em Branco e Preto». Ritmo Melodia. 1 de fevereiro de 2003. Consultado em 27 de maio de 2020 
  4. «Almir Guineto faz roda de samba na capital paulista». DCI Diário Comércio Indústria e Serviços. 26 de outubro de 2012 
  5. Monzillo, Marina. «Folha de S.Paulo - Samba e Choro: Shows têm Nogueira e Paulinho - 22/04/2000». www1.folha.uol.com.br. Folha de S.Paulo. Consultado em 23 de agosto de 2018 
  6. «Maria Rita e Quinteto em Branco e Preto fazem encontro do samba». Guia Folha. 12 de julho de 2008. Consultado em 17 de setembro de 2020 
  7. «Paulo Miklos e Quinteto em Branco e Preto fazem homenagem a Noel Rosa». 30 de novembro de 2010 
  8. «Agora São Paulo - Show - Grupo Quinteto em Branco e Preto se despede de projeto - 27/07/2010». agora.folha.uol.com.br. Consultado em 27 de maio de 2020 
  9. «Quinteto em Branco e Preto lança álbum de estréia - Cultura». Estadão. Consultado em 27 de maio de 2020 
  10. «Troféu Raça Negra :: TV - Premiações Artísticas». m.tv-premiacoes-artisticas.webnode.com. Consultado em 30 de maio de 2020 
  11. EFE, Agencia (13 de junho de 2013). «Lista completa de vencedores do 24º Prêmio da Música Brasileira». Pop & Arte. Consultado em 23 de agosto de 2018 
  12. «Demônios da Garoa canta a tradição do samba no Recife». Folha - PE. Consultado em 27 de maio de 2020 
  13. Ferreira, Mauro (11 de fevereiro de 2017). «Álbum da dupla de samba Prettos, 'Essência da origem', sai em março | G1 Música Blog do Mauro Ferreira». Mauro Ferreira 
  14. «Folha Online - Ilustrada - Quinteto em Branco e Preto é atração do Sesc Pompéia na sexta - 18/06/2003». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 27 de maio de 2020 
  15. «Quinteto em Branco e Preto lança 'Patrimônio da humanidade' no Teatro Rival». O Globo. 31 de julho de 2008. Consultado em 27 de maio de 2020 
  16. Amaral, Fundação Ubaldino do. «Quinteto em Branco e Preto é atração nesta quinta-feira no Sesc». Jornal Cruzeiro do Sul. Consultado em 27 de maio de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]