Quinto milénio a.C.

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O quinto milênio a.C. viu a disseminação da agricultura a partir do Oriente Próximo e em todo sul da Europa Central.

Culturas urbanas na Mesopotâmia e na Anatólia florescem, desenvolvendo a roda. Ornamentos de cobre se tornam mais comum, marcando o período Calcolítico. Pecuária se espalha em toda a Eurásia, alcançando a China. A população mundial cresce um pouco, talvez de 5 para 7 milhões de pessoas.

Culturas[editar | editar código-fonte]

Eventos[editar | editar código-fonte]

Invenções e descobertas[editar | editar código-fonte]

Notas e referências

Notas

  1. Apesar do resultado do cálculo de Ussher ter sido motivo de piada por cientistas, no prefácio do livro ele explica como chegou a esta data: arbitrando 4000 anos entre a criação do mundo e o nascimento de Jesus, e observando que 1000 anos separam a sua estimativa para a construção do Templo de Salomão e o nascimento de Jesus. A data foi estimada com base no calendário hebreu, cujo primeiro dia é o primeiro domingo após o equinócio de outono.

Referências

  1. James Ussher, The Annals of the World, 4004 BC.