Quirinus Quirrell

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.
Quirinus Quirrell
Quirino Quirrell
Dados pessoais
Sexo Masculino
Nascimento 26 de Setembro de 1960
Cabelo Careca
Olhos Marrom
Sangue Puro
Família Quirrell
Dados biográficos
Casa Blason Serdaigle.svg Ravenclaw
Organizações as
quais pertence
Professores de Hogwarts; Comensais da Morte
Na série
Primeira aparição
em filme
Harry Potter e a Pedra Filosofal
Intérprete Ian Hart
Personagem da série Harry Potter

Quirinus Quirrell fazia parte do grupo de funcionários de Hogwarts, exercendo o cargo de professor de Defesa Contra as Artes das Trevas entre 1991-1992. Quirrell provavelmente era um Comensal da Morte, já que estava seguindo ordens de Lord Voldemort.

Segundo informações divulgadas por J.K. Rowling num chat da Bloomsbury em 30 de julho de 2007, Quirrell ocupava o cargo de professor de Estudo dos Trouxas antes de Defesa Contras as Artes das Trevas.

Características[editar | editar código-fonte]

Era um jovem pálido, que falava gaguejando e sempre muito nervoso. De acordo com Rúbeo Hagrid, havia rumores de que o professor encontrara vampiros na Floresta e depois disso nunca mais foi o mesmo. Aparentava sempre estar amedrontado. Tinha medo de seus alunos e de sua própria matéria.

O Personagem[editar | editar código-fonte]

Poucos sabem sobre a vida pessoal de Quirrell. Ele nos é apresentado quando Harry Potter vai ao Caldeirão Furado, juntamente com Hagrid, que o ajudaria a fazer compras no Beco Diagonal. O professor se comporta de maneira bastante tímida.

É visto novamente conversando com Severo Snape, professor de Poções, durante o banquete de abertura das aulas. Quirrell sempre aparece usando um turbante roxo, que, segundo ele, fora um presente de um príncipe africano por tê-lo ajudado a se livrar de um Zumbi.

Durante a festa de Halloween, Quirrell adentra no salão para avisar a todos de que havia um Trasgo nas masmorras. Harry, Rony Weasley e Hermione Granger acabam por suspeitar que Snape pretendia roubar a Pedra Filosofal, que estava fortemente guardada numa câmara debaixo da escola por Fofo, o cão de três cabeças, já que o veêm com uma mordida na perna. Harry se surpreende quando finalmente chega na câmara; ao invés de encontrar Snape, o garoto acaba encontrando Quirrell.

Comensal da Morte[editar | editar código-fonte]

Enfim, conhecemos toda a verdade sobre Quirrell. Durante suas viagens pela Europa, Quirrell acaba esbarrando no semi-vivo Lord Voldemort, que estava escondido desde sua queda, quando tenta matar Harry, 10 anos atrás. Quirrell é atraído pelas ofertas de poder dadas por Voldemort e retorna para a Inglaterra juntamente com o Lorde das Trevas.

Inicialmente, Voldemort faz com que Quirrell tente roubar a Pedra Filosofal que estava em um cofre no banco Gringotes mas a Pedra havia sido retirada pouco antes por Hagrid, seguindo as ordens de Alvo Dumbledore.

Após o fracasso da tentativa, Voldemort acaba por possuir o corpo do jovem professor, fazendo com que sua cabeça aparecesse na parte de trás da cabeça de Quirrell; e é exatamente por isso que ele usa o famoso turbante.

Para manter Voldemort vivo, Quirrell é obrigado a matar unicórnios, cujo sangue oferece uma semi-vida a quem bebê-lo.

Havia sido Quirrell quem deixara o Trasgo entrar na escola, na esperança de que todos desviassem sua atenção para o fato. Então, tenta roubar a Pedra, mas é impedido por Snape, que tem sua perna mordida por Fofo. Quirrell embebeda Hagrid e lhe dá um ovo de dragão como presente; em troca descobre como passar pelo cão. Manda uma carta para Dumbledore, dizendo ser do Ministério da Magia, o que faz com que o diretor se afaste da escola. Aproveitando a situação, Quirrell volta a tentar roubar a Pedra, perseguido por Harry, Rony e Hermione, que acreditavam estar seguindo Snape.

Já na sala da Pedra, Quirrell retira seu turbante, revelando a face de Lord Voldemort atrás de sua própria cabeça. Voldemort ordena que ataque Harry mas o professor morre na tentativa: já que está possuído por Lord Voldemort, não pode tocar em Harry, que recebera uma proteção de sua mãe, Lílian Potter, quando ela morreu tentando salvá-lo.

Principais Citações[editar | editar código-fonte]

"— Severo? — Quirrell deu uma gargalhada e não era aquela gargalhadinha tremida de sempre, era fria e cortante. — É, Severo faz o tipo, não faz? Tão útil tê-lo esvoaçando por aí como um morcegão. Perto dele, quem suspeitaria do c... C... Coitado do gaguinho do P... Professor Quirrell?"

"Conheci-o quando estava viajando pelo mundo. Eu era um rapaz tolo naquela época, cheio de idéias ridículas sobre o bem e o mal. Lord Voldemort me mostrou como eu estava errado. Não existe bem nem mal, só existe o poder, e aqueles que são demasiado fracos para o desejarem."

"Trasgo... nas masmorras!! Trasgo... nas masmorras!!"

Relíquias da Morte[editar | editar código-fonte]

É revelado, no capítulo 33 do livro Harry Potter e as Relíquias da Morte (A História do Príncipe), que Snape estava mesmo é vigiando Quirrell por ordens de Dumbledore, afinal ele já estava desconfiado de Quirrell desde à volta às aulas.

Além disto, recentemente a autora dos livros, revelou no Pottermore sua inspiração para criar o personagem Quirrell!

Ator[editar | editar código-fonte]

O ator Britânico Ian Hart interpretou Quirrell em Harry Potter e a Pedra Filosofal