Rádio Inconfidência

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Rádio Inconfidência
Rádio Inconfidência Ltda.
País  Brasil
Frequência(s) AM 880 kHz
FM 100,9 MHz
OC 6010 kHz
OC 15190 kHz
Sede Belo Horizonte, MG
Slogan A Brasileiríssima!
O gigante do ar!
Fundação 3 de setembro de 1936 (83 anos) (rádio AM, O Gigante do Ar)
2 de fevereiro de 1979 (40 anos) (rádio FM, Brasileiríssima)
Fundador Benedito Valadares
Pertence a Empresa Mineira de Comunicação
Proprietário(s) Governo do Estado de Minas Gerais
Afiliações anteriores Nativa FM[nota 1]
Rádio Bandeirantes[nota 1]
Idioma Língua portuguesa
Prefixo ZYL 275 (rádio AM)
ZYC 696 (rádio FM)
ZYE 521 (Ondas Curtas 49m)
ZYE 522 (Ondas Curtas 19m)
Emissoras irmãs Rede Minas
Webcast Ouça ao vivo (rádio AM)
Ouça ao vivo (rádio FM)
Página oficial radioinconfidencia.com.br

Rádio Inconfidência é uma emissora de rádio pública do estado de Minas Gerais.

Transmite em AM 880 kHz  FM 100.9 MHz e em Ondas Curtas de 6010 kHz  e 15190 kHz através dessas duas ultimas é escutada em todo o Brasil.

História[editar | editar código-fonte]

A emissora iniciou suas transmissões na faixa de ondas médias em 1936, com o indicativo de chamada PRI-3 e o slogan A Voz de Minas para Toda a América. Em 1938 transmitiu para o Brasil a Copa do Mundo de futebol realizada na França e em 1940 começou a transmitir na faixa de ondas curtas com os indicativos PRK-5 e PRK-9. Durante a chamada era de ouro do rádio, era a emissora mais ouvida de Minas Gerais, ganhando o slogan de O Gigante do Ar. A transmissão em frequência modulada teve início em 1979, transmitindo apenas músicas brasileiras e programas culturais (daí o slogan Brasileiríssima), enquanto a cadeia AM e os canais em ondas curtas mantiveram a programação generalista tradicional, com vários tipos de programas.[3]

Equipe esportiva[editar | editar código-fonte]

As emissões esportivas da Inconfidência são retransmitidas por emissoras de Minas Gerais e de outros estados. Entre seus profissionais, estão:

  • Paulo Azeredo e Adriano Kesley narrador
  • José Augusto Toscano, Fábio Vital, Thais Santos e Kleiber Pacífico comentaristas
  • Karina Amélia (América Mineiro), Léo Gomide (Atlético Mineiro), Sulimar Silva (Cruzeiro), repórteres
  • Paulo Azeredo, plantão esportivo;
  • José Augusto Toscano, coordenação

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas e referências

Notas

  1. a b A afiliação com as duas redes era mínima, com 1h diária na programação da FM.[1][2]

Referências

  1. Daniel Starck (22 de fevereiro de 2008). «Exclusivo: Nativa retoma rede e estréia no interior paulista». Tudo Rádio. Consultado em 8 de maio de 2019 
  2. «FM 100,9 - "BRASILEIRÍSSIMA" - PROGRAMAÇÃO DE SEGUNDA A SEXTA-FEIRA». Rádio Inconfidência. Consultado em 8 de maio de 2019. Cópia arquivada em 27 de fevereiro de 2003 
  3. «Rádio Inconfidência, 74 anos no ar». Consultado em 7 de janeiro de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Rádio é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.