Rádio O Povo CBN

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Rádio O Povo CBN
{{{alt}}}
Rádio O Povo CBN
Max Comunicação Ltda.
País Brasil
Frequência(s) FM 95,5 MHz
AM 1 010 kHz
Canais 238[1]
Sede Fortaleza, CE
Slogan A rádio que toca notícia
Fundação 25 de março de 1982 (41 anos)
Fundador Demócrito Dummar
Pertence a Grupo de Comunicação O Povo
Proprietário(s) Luciana Dummar[2]
Antigo(s) proprietário(s) Demócrito Dummar (1982–2008)
Sócio(s) André Filipe Dummar de Azevedo[3]
Sarah Maciel Maia Dummar[3]
Formato comercial
Gênero all news
Afiliações CBN
Afiliações anteriores Rádio Bandeirantes
Jovem Pan
Idioma português
Prefixo ZYC 406 (FM)[1]
ZYH 625 (AM)[4]
Nome(s) anterior(es) AM do Povo (1982–2005)
AM do Povo CBN (2005–2007)
Emissoras irmãs Novabrasil FM Fortaleza
Canal FDR
Coord. do transmissor 3° 44' 46.79" S 38° 30' 1.01" O (FM)[1]
3° 49' 31.87" S 38° 30' 5.38" O (AM)[4]
Dados técnicos Potência ERP: 22,5 kW (FM)[1] e 50 kW (AM)[4]
Classe: A3 (FM)[1] e B (AM)[4]
RDS: sim[5]
Agência reguladora ANATEL
Informação de licença FM: CDB e PDF
AM: CDB e PDF
Webcast cbn.opovo.com.br
Aplicativo móvel App Store
Google Play
Página oficial cbn.opovo.com.br
Mix FM Fortaleza (FM)
Rádio Globo O Povo (AM)

A Rádio O Povo CBN é uma emissora de rádio brasileira sediada em Fortaleza, capital do estado do Ceará, que opera nas frequências de 95,5 MHz e 1 010 kHz. Pertencente ao Grupo de Comunicação O Povo, foi inaugurada em 1982 como AM do Povo, operando pela amplitude modulada, após o êxito da FM do Povo. Historicamente sua programação é voltada ao jornalismo de prestação de serviços, sendo consolidada como uma all news em 2005, quando afiliou-se à Central Brasileira de Notícias (CBN).

História[editar | editar código-fonte]

Com o êxito obtido pela FM do Povo, lançada em 1980 operando na frequência modulada de 95,5 MHz, Demócrito Dummar, um dos diretores do jornal O Povo, teve a iniciativa de criar uma emissora em amplitude modulada. Jaime Azulai, que havia projetado a FM com a experiência adquirida na Rádio Globo do Rio de Janeiro, ficou encarregado de montar a programação da AM com prestação de serviços de utilidade pública, entretenimento, esporte e música. Após quinze dias de treinamentos da equipe e ajustes dos equipamentos, a AM do Povo foi inaugurada às 5 horas de 25 de março de 1982 operando pelos 1 010 kHz. A primeira locução foi de Paulo Roberto, que disse: "Uma nova voz está ecoando, hoje, transmitida pelas ondas eletromagnéticas que se propagam no espaço celeste cearense".[6] Depois, foi transmitido o primeiro programa, O Secretário da Cidade.[7]

A estação, também chamada de AM O Povo, foi lançada com um transmissor de 50 kW localizado no bairro Messejana, mas devido a um incêndio passou a operar com um reserva de 10 kW. Após seis meses no ar, a AM do Povo consolidou a liderança na audiência entre as emissoras em AM de Fortaleza, posto ocupado até então pela Rádio Verdes Mares.[8] Com o slogan "A companheira" e vinhetas musicadas por Dominguinhos, Lulu Santos e Lincoln Olivetti, a AM do Povo veiculava notícias obtidas por sua unidade móvel nas ruas e de agências nacionais e internacionais. Em maio de 1986, foi a primeira estação das regiões Nordeste e Norte do Brasil a transmitir com som estéreo, de alta definição.[6]

A AM do Povo possuía programação integralmente local até sua afiliação à Rádio Bandeirantes, em 1993,[9] e à Jovem Pan, na década de 2000. Em 6 de maio de 2005, a emissora afiliou-se à Central Brasileira de Notícias, alterando seu nome para AM do Povo CBN e reduzindo a quantidade de produções locais. Segundo o então diretor geral João Dummar Neto, a parceria foi fechada pela abrangência nacional da programação jornalística da CBN em contraponto à da Jovem Pan, voltada principalmente para São Paulo.[10][11][12] Em 2007, a estação alterou seu nome para Rádio O Povo CBN.[13][14]

Em 27 de outubro de 2012, o Grupo de Comunicação O Povo realizou uma troca de frequências: a Rádio O Povo CBN passou para os 95,5 MHz em substituição à Mix FM Fortaleza, enquanto os 1 010 kHz, num primeiro momento, também transmitiu a programação da emissora jornalística até serem ocupados pela Rádio Globo O Povo, em 3 de dezembro.[15][16] Em agosto de 2013, os estúdios e o escritório da estação, localizados na Praia de Iracema, foram transferidos para a sede do grupo, no bairro José Bonifácio.[17] Em 30 de novembro, retornou aos 1 010 kHz simultaneamente com os 95,5 MHz.[18][19]

Em 2018, a redação de jornalismo da Rádio O Povo CBN integrou-se à do jornal O Povo.[20] Em 20 de novembro do mesmo ano, foi lançada a Rádio O Povo CBN Cariri, filial da emissora instalada em Juazeiro do Norte e com estúdios também no Crato.[21]

Programas[editar | editar código-fonte]

A programação jornalística da Rádio O Povo CBN é composta pelos programas diários O Povo no Rádio, O Povo da Tarde e Debates do Povo (o mais antigo da grade, criado após a inauguração da emissora[12][22]), e pelo Jornal de Amanhã, aos sábados. Outras atrações são o Agir, o Guia Econômico e o semanal Saúde do Povo, que está no ar desde a década de 1990.[23][24][25]

Na cobertura esportiva, a estação transmite o Esportes do Povo[23] e, apenas pelos 1 010 kHz, duas edições do Trem Bala. Com o sucesso, o programa foi levado para a televisão em 2011, tendo estreado na TV O Povo e encerrado na TV Ceará, em 2023.[25][26][27] A AM da emissora também retransmitia a versão televisiva ao vivo.[28] A Rádio O Povo CBN iniciou a transmissão regular de partidas dos clubes de futebol cearenses em 1994, quando foi lançada a equipe Timão do Povo, que por muitos anos utilizou este nome.[29]

Referências

  1. a b c d e «Spectrum-E: SRD Formulário TV». ANATEL 
  2. «O Povo 94 anos: Luciana Dummar e Alexandre Medina comentam a tradição e o sucesso do grupo de comunicação». Nosso Meio. 7 de janeiro de 2022 
  3. a b BRASIL. PORTARIA Nº 956, DE 14 DE MARÇO DE 2016. Diário Oficial da União, Brasília, p. 44, 18 de março de 2016.
  4. a b c d «Spectrum-E: SRD Formulário TV». ANATEL 
  5. «Lista de Rádios online - Dial / Cidade: Fortaleza». Tudoradio.com 
  6. a b Raymundo Netto (19 de junho de 2013). «O POVO: 85 anos presente no Ceará XI». O Povo. Consultado em 25 de dezembro de 2016 
  7. Sá 2013, p. 47.
  8. Sá 2013, p. 31 e 32.
  9. Souza Neto, Mário Jorge Teles de (2008). “A VIDA DO ALVINEGRO”: UM CASO DE RÁDIO ESPORTIVO APAIXONADO (PDF) (Tese). Fortaleza: Faculdade 7 de Setembro. 62 páginas 
  10. Pinheiro, Andréa; Lima, Nonato; Marques, Paula (2010). Panorama do Rádio em Fortaleza (PDF). XXXIII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. Intercom. Consultado em 30 de julho de 2016 
  11. «AM do Povo investe no radiojornalismo». Noolhar.com. 6 de maio de 2005. Consultado em 4 de maio de 2019. Cópia arquivada em 7 de maio de 2005 
  12. a b Andrade, Mônica Araújo (2011). A PARTICIPAÇÃO DOS OUVINTES NO PROGRAMA DEBATES DO POVO (PDF) (Monografia). Fortaleza: Faculdade 7 de Setembro 
  13. «O Povo Online :: Capa». O Povo Online. Cópia arquivada em 8 de março de 2007 
  14. «Página Inicial». O Povo Online. Cópia arquivada em 5 de abril de 2007 
  15. «Mudança leva jornalismo para a frequência FM». O Povo. 18 de outubro de 2012. Consultado em 18 de dezembro de 2012 
  16. «A partir de hoje, Rádio O POVO/CBN é FM 95.5». O Povo. 27 de outubro de 2012. Consultado em 7 de março de 2016 
  17. «TV O POVO muda para a sede da Aguanambi». O Povo. 1 de julho de 2014. Consultado em 18 de dezembro de 2016 
  18. Massaro, Carlos (6 de novembro de 2013). «Rádio Globo deixa Fortaleza no dia 30 e CBN será transmitida em AM e FM». Tudoradio.com. Consultado em 1 de agosto de 2016 
  19. Castro, Bruno de (30 de novembro de 2013). «O POVO CBN agora também na frequência AM». O Povo. Consultado em 18 de dezembro de 2016 
  20. Braga, Lauriberto Carneiro (15 de julho de 2018). «Estúdio da Rádio O Povo funciona na Redação do jornal». Blog do Lauriberto 
  21. Lima, Eliomar de (8 de novembro de 2018). «CBN Cariri entra no ar dia 20 de novembro». O Povo. Consultado em 16 de novembro de 2018 
  22. «Há 30 anos no ar, programa Debates do Povo, da Rádio O POVO CBN, ganha novo formato». O Povo. 20 de outubro de 2018 
  23. a b «Programas». CBN Fortaleza 
  24. «Agir». Spotify 
  25. a b Carneiro, Gabriel (12 de novembro de 2021). «O que há por trás do sucesso do programa Trem Bala?». UOL 
  26. «Programa esportivo que virou fenômeno na internet vai sair do ar; saiba o motivo». Oniverso Abominável. 25 de agosto de 2023 
  27. Trindade, Wanderson (17 de setembro de 2023). «Título do Ferroviário e jogos de Ceará e Fortaleza: Trem Bala estreia nesta segunda-feira». O Povo 
  28. «Trem Bala». TV Ceará 
  29. Balacó, Bruno (novembro de 2019). Futebol nas redes sociais digitais: as emissoras de rádio all news de Fortaleza na era das transmissões de jogos via streaming. 17.º Encontro Nacional de Pesquisadores em Jornalismo. Goiânia: Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Sá, Adísia (2013). AM do Povo: a trajetória de uma pioneira (1982-2012). Fortaleza: Edições Demócrito Rocha. ISBN 9788575295649 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]