Rádio O Povo CBN

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Rádio O Povo CBN
{{{alt}}}
Max Comunicação Ltda.
País Brasil
Frequência(s) FM 95,5 MHz
AM 1010 kHz
Sede Fortaleza, CE
Slogan A rádio que toca notícia
Fundação 25 de março de 1982 (37
anos)
Fundador Demócrito Rocha Dummar
Pertence a Grupo de Comunicação O Povo
Sócio(s) André Filipe Dummar de Azevedo
Sarah Maciel Maia Dummar[1]
Formato Comercial
Gênero All news
Afiliações CBN
Afiliações anteriores Jovem Pan[2]
Idioma Português
Prefixo ZYC 406 (FM)
ZYH 625 (AM)
Nome(s) anterior(es) AM do Povo (1982-2005)
AM do Povo CBN (2005-2012)
Emissoras irmãs
Cobertura Grande Fortaleza e áreas próximas (FM)
Parte do Estado do Ceará e regiões vizinhas (AM)
Dados técnicos Potência:
  • 5,9 kW (FM)
  • 50 kW (AM)

Classe: A3 (FM)
B (AM)
RDS: Sim
Aplicativo móvel iOS
Página oficial radios.opovo.com.br/opovocbn/
Mix FM Fortaleza (FM)
Rádio Globo O Povo (AM)

Rádio O Povo CBN é uma emissora de rádio brasileira sediada em Fortaleza, capital do estado do Ceará. Opera no dial FM, na frequência 95,5 MHz, e no dial AM, na frequência 1010 kHz, e é afiliada a Central Brasileira de Notícias, sendo pertencente ao Grupo de Comunicação O Povo.

História[editar | editar código-fonte]

A iniciativa de criação da rádio partiu depois do êxito da FM do Povo, lançada em 1980 e que tomou popularidade a partir de julho, quando atingiu o primeiro lugar na audiência.[3] A ideia de Jaime Azulai, executivo do Sistema Globo de Rádio que havia montado a rádio FM, era montar uma emissora dinâmica, com muita prestação de serviços de utilidade pública, mas também com notícias, humor, música e esporte. Após quinze dias de treinamentos e ajustes dos equipamentos, a AM do Povo foi inaugurada em 25 de março de 1982, às 5h da manhã, com locução inicial de Paulo Roberto: "Uma nova voz está ecoando, hoje, transmitida pelas ondas eletromagnéticas que se propagam no espaço celeste cearense".[3] Posteriormente, foi transmitido o primeiro programa, O Secretário da Cidade.[4]

A emissora teve como slogan "A companheira" e trabalhou com o formato all news, um formato inédito para o rádio cearense da época, com conteúdo jornalístico 24 horas por dia, durante os sete dias da semana.[3] Na época, a emissora também era chamada de AM O Povo. Foi inaugurada com um transmissor de 50 kW localizado no bairro Messejana, mas após um incêndio, passou a operar com um reserva de 10 kW. Após seis meses no ar, a AM do Povo consolidou a liderança de audiência no dial, posto que até então era da Rádio Verdes Mares.[5]

A AM do Povo foi pioneira no Nordeste, junto com a Rádio Sociedade da Bahia a fazer suas transmissões em AM-Stereo (em 2 canais). Tecnologia, iniciada em meados dos anos 80 no Brasil mas que não teve êxito, pois a indústria não acompanhou o avanço, tornando assim inúteis as transmissões das emissoras AM em Stereo. As emissoras transmitiam em Stereo mas os aparelhos receptores continuavam a receber o som em mono (em um canal).

Inicialmente possuía uma programação integralmente local, permanecendo neste formato até sua afiliação com a Jovem Pan AM e, na madrugada de 5 de maio de 2005, virou afiliada da Central Brasileira de Notícias (CBN), alterando seu nome para AM do Povo CBN.[6] Em 27 de outubro de 2012 o Grupo de Comunicação O Povo realizou uma troca de canais. A partir de meia-noite, então Rádio O Povo CBN passou para o FM no lugar da Mix FM Fortaleza.[7] Já o AM 1010, num primeiro momento, passou a transmitir a mesma programação da emissora jornalística nos dois canais e no dia 3 de dezembro esse canal de AM foi ocupado pela Rádio Globo que se passou a se chamar Rádio Globo O Povo.[8] Em 30 de novembro de 2013 por decisão estratégica do Grupo de Comunicação O Povo, a rádio O Povo/CBN volta a ser transmitida simultaneamente em 1010 AM e 95,5 FM.[9][10]

Em outubro de 2013, os estúdios e o escritório da emissora, que funcionavam na Praia de Iracema, foram transferidos para a sede do Grupo de Comunicação O Povo na Avenida Aguanambi.[11] Desde 1.º de setembro de 2018, a programação jornalística da emissora é coordenada pelo jornalista e colunista Ítalo Coriolano Honório. Em 20 de novembro de 2018, estreia a Rádio O Povo CBN Cariri, filial da emissora instalada em Juazeiro do Norte, também com estúdios no Crato.[12]

Programas[editar | editar código-fonte]

Atuais
  • O Povo no Rádio (Luiz Viana)[13]
  • Toque Esportivo (Sérgio Ponte e Evaristo Nogueira)
  • Debates do Povo (Marcos Tardin)[14]
  • Trem Bala (Alan Neto)[nota 1]
  • O Povo Economia (Neila Fontenele)[15]
  • Mercado Imobiliário (Jocélio Leal)
  • Tecnologia no Dia a Dia
  • Papo de Mulher (Maísa Vasconcelos)[13]
  • Gastronomia & Vinhos (Ivonilo Praciano)
  • Revista O Povo (Maísa Vasconcelos)[13]
  • Saúde do Povo (Evaristo Nogueira)[16]
  • Vida&Arte (Rachel Gomes)[17]
  • Futebol O Povo CBN
Antigos
  • Grande Jornal (Ruy Lima)
  • Revista O Povo CBN (Farias Júnior)
  • É Gol[18]

Notas e referências

Notas

  1. Somente AM. FM fica com a programação de rede.

Referências

  1. Imprensa Nacional (18 de março de 2016). «PORTARIA Nº 953, DE 14 DE MARÇO DE 2016». Diário Oficial da União. Consultado em 12 de dezembro de 2016 
  2. «Cansada». Coluna do Abidoral. O Povo. 18 de junho de 2005. Consultado em 18 de dezembro de 2016. Que isso venha acompanhado de uma ampla campanha publicitária e de marketing, medidas que, lamentavelmente, não aconteceram quando da mudança da AM do POVO/Jovem Pan para AM do POVO/CBN. 
  3. a b c Raymundo Netto (19 de junho de 2013). «O POVO: 85 anos presente no Ceará XI». O Povo. Consultado em 25 de dezembro de 2016 
  4. Sá 2013, p. 47.
  5. Sá 2013, p. 31-32.
  6. PINHEIRO, A.; LIMA, N.; MARQUES, P. (2010). «Panorama do Rádio em Fortaleza» (PDF). Fortaleza. Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (em português brasileiro): 1-15. Consultado em 30 de julho de 2016 
  7. «A partir de hoje, Rádio O POVO/CBN é FM 95.5». O Povo. 27 de outubro de 2012. Consultado em 7 de março de 2016 
  8. «Mudança leva jornalismo para a frequência FM». O Povo. 18 de outubro de 2012. Consultado em 18 de dezembro de 2012 
  9. Carlos Massaro (6 de novembro de 2013). «Rádio Globo deixa Fortaleza no dia 30 e CBN será transmitida em AM e FM». Tudo Rádio. Consultado em 1 de agosto de 2016 
  10. Bruno de Castro (30 de novembro de 2013). «O POVO CBN agora também na frequência AM». O Povo. Consultado em 18 de dezembro de 2016 
  11. «TV O POVO muda para a sede da Aguanambi». O Povo. 1.º de julho de 2014. Consultado em 18 de dezembro de 2016 
  12. Eliomar de Lima (8 de novembro de 2018). «CBN Cariri entra no ar dia 20 de novembro». O Povo. Consultado em 16 de novembro de 2018 
  13. a b c «Maísa Vasconcelos, Luiz Viana e Plínio Bortolotti reforçam equipe da rádio O Povo/CBN». Portal dos Jornalistas. 13 de janeiro de 2015. Consultado em 23 de setembro de 2018 
  14. Rose Serafim (20 de outubro de 2018). «Há 30 anos no ar, programa Debates do Povo, da Rádio O POVO CBN, ganha novo formato». O Povo. Consultado em 21 de março de 2019 
  15. Eliomar de Lima (4 de dezembro de 2017). «Neila Fontenele – Jornalista do O POVO será homenageada pelo Sindicarnes». Blog do Eliomar. Consultado em 23 de setembro de 2018 
  16. Carlos Massaro (13 de janeiro de 2015). «Programa Saúde do POVO completa 20 anos na rádio O POVO/CBN de Fortaleza». Tudo Rádio. Consultado em 18 de dezembro de 2012 
  17. Cristina Brito (10 de março de 2017). «Programa Vida&Arte estreia amanhã, às 10h, na rádio O POVO/CBN». O Povo. Consultado em 18 de março de 2017 
  18. Carlos Massaro (31 de dezembro de 2012). «Programa esportivo volta à programação local da CBN em Fortaleza». Tudo Rádio. Consultado em 18 de dezembro de 2012 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Sá, Adísia (2013). AM do Povo: a trajetória de uma pioneira (1982-2012). Fortaleza: Edições Demócrito Rocha. ISBN 9788575295649 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]