Transamérica Salvador

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Transamérica Salvador
{{{alt}}}
Rádio Transamérica da Bahia Ltda.
País Brasil
Frequência(s) FM 100.1 MHz
Sede Salvador, BA
Slogan A sua rádio onde você estiver
Fundação 29 de maio de 1980 (40 anos)
Fundador Aloysio de Andrade Faria
Pertence a Conglomerado Alfa
Antigo(s) proprietário(s) Aloysio de Andrade Faria (1980-2020)
Formato Comercial
Gênero Musical
Faixa etária Público de 25 a 49 anos
Afiliações Rede Transamérica
Idioma Português
Prefixo ZYC 302
Nome(s) anterior(es) Transamérica FM Salvador (1980-2000)
Transamérica Pop Salvador (2000-2019)
Cobertura Região Metropolitana de Salvador e Recôncavo Baiano
Dados técnicos Potência: 126 kW
RDS: Sim
Agência reguladora ANATEL
Informação de licença
CDB
PDF
Página oficial radiotransamerica.com.br/play/salvador

Transamérica Salvador é uma emissora de rádio brasileira sediada em Salvador, capital do estado da Bahia. Opera no dial FM na frequência 100.1 MHz e é uma filial da Rede Transamérica. Lançada em 29 de maio de 1980, a emissora foi o último lançamento próprio da Transamérica desde a sua formação, em 1976.

História[editar | editar código-fonte]

A emissora surgiu na Capital Baiana em 1980 e tocava músicas do estilo música pop. Nessa década, a rádio já fazia parte da Rede Transamérica, porém a rádio não tinha sinal de satélite. No entanto seguia a sua programação nos padrões da sede em São Paulo.

Em 1991 foi criada a Rede Transamérica e a emissora passou a retransmitir alguns programas da sede paulista. Depois da criação das redes Transamérica Hits e Transamérica Light, a rádio foi redesignada de Transamérica Pop Salvador.

A partir de 2000 a rádio fugiu algumas vezes do padrão pop tocando até Axé e ritmos populares. Hoje em dia, emissora abre espaço para o axé music. É considerada a única Transamérica "híbrida", com programação jovem (rede) e popular (local).

Também tem equipe esportiva própria que acompanha os jogos da dupla Ba-Vi nos campeonatos Baiano, Copa do Brasil, Copa do Nordeste, Campeonato Brasileiro, Copa Sul-americana e Libertadores da América (nesses casos se houver time baiano disputando),além da NBB com o Universo/Vitória em casa.

Em 2019, com a mudança de formato da Rede Transamérica e a unificação de suas portadoras (Pop, Light e Hits) a Transamérica passou a adotar o formato jovem/adulto, com foco no Pop e no Rock nacional e internacional com o objetivo de atrair um público entre 25 e 49 anos.[1] Com isso, a até então Transamérica Pop Salvador passa a se chamar Transamérica Salvador.

Programas[editar | editar código-fonte]

  • Papo de Craque (Silva Rocha)
  • Hora Extra (Marcelo Luis)
  • Transamérica Esportes (Manoel Gomes)
  • Programação musical (Michely Santana)
  • Festa e Folia Transamérica (Érica Saraiva e Pio Medrado)
  • Arena Transamérica (Márcio Martins)
  • Radar Esportes Transamérica (João Andrade)
  • Radar Imobiliário Transamérica (Manuel Gomes, Silva Rocha e Michely Santana)
  • As Mais Pedidas
  • Transfolia Transamérica

Equipe esportiva[editar | editar código-fonte]

  • João Andrade, Jota Carlos e Atayde Barbosa; locutores
  • Paulo Cerqueira e Chico Queiroz; comentaristas
  • Manoel Nascimento, Emídio Pinto e Silva Rocha; repórteres
  • João Kalil; plantão esportivo
  • Manoel Gomes e Silva Rocha; apresentadores e coordenação

Referências

  1. Daniel Starck (23 de julho de 2019). «Em comunicado, Transamérica confirma unificação gradativa das portadoras Pop e Hits». Tudo Rádio. Consultado em 24 de dezembro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]